Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Investigação prende seis pessoas por tráfico e organização criminosa em Confresa

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

Investigação prende seis pessoas por tráfico e organização criminosa em Confresa

Foram apreendidos diversos materiais, dinheiro, drogas e rádio comunicadores usados para monitorar frequência da polícia


Raquel Teixeira

| Polícia Civil-MT

Seis pessoas, entre elas três adolescentes, foram detidas em Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá) nesta terça-feira (29.12), após investigação da Polícia Civil para identificar um grupo envolvido com tráfico de drogas e organização criminosa no município. A investigação foi realizada pela Delegacia Municipal com apoio da Delegacia de Roubos e Furtos de Confresa.

Os suspeitos são envolvidos com um grupo criminoso com atuação na região e utilizavam uma residência na área central da cidade como apoio para as práticas criminosas.

Os investigadores chegaram ao grupo depois de receber uma denúncia de que em uma residência havia movimentação intensa de pessoas que entravam e saíam rapidamente do local.

Com base em outra investigação sobre presença de arma de fogo e de tráfico de entorpecentes na mesma casa, os policiais abordaram várias pessoas e uma delas afirmou que havia droga na casa.

Nas buscas, os investigadores localizaram dentro de um travesseiro, munições intactas de calibre .38 e cédulas de moeda nacional em valores diversos. Foram apreendidas ainda porções de vários tamanhos de maconha e cocaína, um caderno de anotações, plástico filme, máquina de cartão, rádios comunicadores, celulares e equipamento de som.

Os policiais apuraram que os rádios eram utilizados para monitorar a frequência de comunicação da polícia e para estabelecer comunicação entre ambos.

Os adultos foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de arma de fogo, corrupção de menores e organização criminosa . Eles foram encaminhados para a unidade prisional de Porto Alegre do Norte.

Os adolescente foram ouvidos e depois liberados.

C

Governo do Estado de Mato Grosso
Read More

COMPARTILHE!