Estirpe sul-africana detectada pela primeira vez nos Estados Unidos

COMPARTILHE!

As autoridades de saúde detectaram os primeiros casos da estirpe sul-africana do SARS-CoV-2 nos Estados Unidos, revela a Associated Press. Os casos foram diagnosticados no estado da Carolina do Sul.

As duas pessoas infectadas com esta nova variante não parecem ter uma relação entre si, nem têm um histórico de viagens recentes, referiu o Departamento de Saúde e de Controle Ambiental da Carolina do Sul.

As autoridades informaram que se tratam de dois adultos que vivem em regiões diferentes do estado.

“É assustador”, afirmou Krutika Kuppalli, uma médica infectologista da Universidade de Medicina da Carolina do Sul. A especialista disse que isto pode significar que há mais casos da estirpe sul-africana no estado que ainda não foram detectados. “Provavelmente mais casos devem ter se propagado”, notou.

No início desta semana, as autoridades de saúde norte-americanas anunciaram que o primeiro caso da variante brasileira foi detectado no Minnesota. Nesta situação, porém, a pessoa que contraiu esta estirpe do SARS-CoV-2 tinha viajado recentemente para o Brasil.

A variante que teve origem na África do Sul foi detectada pela primeira vez em outubro. Desde então já foi identificada em pelo menos 30 países.

Notícias ao Minuto Brasil – Mundo
Read More