São Paulo: novos casos de Covid em janeiro são recorde em toda a pandemia

COMPARTILHE!

O mês de janeiro bateu recorde de novos casos de COVID-19 no estado de São Paulo em todos os meses da pandemia, chegando a 268.997 infecções confirmadas até esta quarta-feira (27). Faltando quatro dias para terminar o mês, já são quase 7 mil novos casos a mais que em agosto, que havia registrado 262.038 novos casos e até então era o mês de maior número de infectados.

Desde a segunda semana de janeiro, a média móvel de sete dias de novos óbitos ultrapassa 200 mortes por dia. Este patamar é similar ao verificado entre junho e agosto, meses de pico da primeira onda da pandemia. o maior de toda a pandemia.

Leia Também: Covid-19: situação do Brasil é “particularmente preocupante”, diz Opas

No total, desde os primeiros registros da COVID-19 em SP, já ocorreram 52.170 óbitos e 1.731.294 casos confirmados do novo coronavírus. Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 1.488.343 pessoas estão recuperadas, sendo que 176.111 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

Leia Também: Brasil tem média móvel acima de mil mortes pelo sétimo dia consecutivo

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 70,7% na Grande São Paulo e 70,9% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.260, sendo 7.303 em enfermaria e 5.957 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 desta quarta-feira.

Hoje, os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 618 com um ou mais óbitos.

O mês de janeiro bateu recorde de novos casos de COVID-19 no estado de São Paulo em todos os meses da pandemia, chegando a 268.997 infecções confirmadas até o dia de hoje. Faltando quatro dias para terminar o mês, já são quase 7 mil novos casos a mais que em agosto, que havia registrado 262.038 novos casos e até então era o mês de maior número de infectados.

Desde a segunda semana de janeiro, a média móvel de sete dias de novos óbitos ultrapassa 200 mortes por dia. Este patamar é similar ao verificado entre junho e agosto, meses de pico da primeira onda da pandemia. o maior de toda a pandemia.

No total, desde os primeiros registros da COVID-19 em SP, já ocorreram 52.170 óbitos e 1.731.294 casos confirmados do novo coronavírus. Entre o total de casos diagnosticados de COVID-19, 1.488.343 pessoas estão recuperadas, sendo que 176.111 foram internadas e tiveram alta hospitalar.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 70,7% na Grande São Paulo e 70,9% no Estado. O número de pacientes internados é de 13.260, sendo 7.303 em enfermaria e 5.957 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 desta quarta-feira.

Hoje, os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 618 com um ou mais óbitos. A relação de casos e óbitos confirmados por cidade, junto com o perfil, pode ser consultada também em: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Notícias ao Minuto Brasil – Brasil
Read More