Palmeiras encara rebaixado Coritiba como mais um treino para a final

COMPARTILHE!

O Campeonato Brasileiro deixou de ter importância para o Palmeiras. O que interessa agora é a decisão da Copa do Brasil a partir do fim do mês, contra o Grêmio. Ainda assim, os jogadores procuram fatores para motivá-los para a partida desta quarta-feira, às 19h30, contra o Coritiba, no Paraná. Os principais deles são manter o ritmo e a confiança para as finais com os gaúchos.

“Esse jogo tem importância muito grande, até para ter sequência de jogos. Alguns não vêm jogando, estão tendo a chance de jogar. Está todo mundo preparado para fazer um grande jogo, vamos em busca dos três pontos para nos prepararmos para as grandes finais que estão vindo. Sabemos que temos clássico para disputar, vamos nos preparar também para as duas grandes finais da Copa do Brasil”, disse Rony.

O meia Raphael Veiga segue o mesmo discurso. Ele pondera que vitórias dão confiança. “Jogando bem, jogadores fazendo gols, volta a confiança, é importante e o bom disso é que o grupo todo ganha. Espero que a gente vá lá e faça mais um grande jogo”, disse Veiga, que começou a carreira do Coritiba.

A partida desta noite faz parte da 35.ª rodada e foi adiada por causa da participação do Palmeiras no Mundial de Clubes. O clube, sexto no Brasileirão com 56 pontos, não disputa mais o título e o Coritiba já está rebaixado.

O técnico Abel Ferreira vai seguir poupado alguns jogadores, para que todo o grupo chegue bem condicionado para as partidas com o Grêmio. Nesta quarta-feira, Gustavo Gómez e, Marcos Rocha devem ser poupados. Zé Rafael também, pois sente dores musculares. Já Gabriel Veron continua em recuperação da contusão que o tirou do Mundial.

Rony, que descansou contra o Fortaleza no domingo, pode voltar e Raphael Veiga deve iniciar a partida. Mas Gustavo Scarpa, o melhor em campo contra o time cearense, talvez retorne ao banco esta noite.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More