Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

COMPARTILHE!

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

A Fiat Toro 2018 ficou conhecida como uma picape consolidada nas primeiras posições entre os comerciais leves, deixando claro que sua única rival (apenas em vendas, pois era de um segmento diferente) era a Fiat Strada.

Depois de seu lançamento, em 2016, a Toro comprovou que o mercado pedia por uma picape intermediária e que atendesse um público que buscava o modelo para andar apenas na cidade.

Ainda que as versões movidas a diesel fossem as mais vendidas, era nos centros urbanos que o modelo da Fiat se popularizava.

A Toro 2018 chegou com algumas boas novidades em sua gama de versões, incluindo uma atualização no motor 1.8 flex e uma nova versão diesel. Por outro lado, esse também foi um dos períodos com mais recalls para a picape, além dos usuais aumentos de preço.

Várias novidades marcam a chegada da linha 2018

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

Foi em maio de 2017, com pouco mais de um ano no mercado brasileiro, que a Toro recebeu suas primeiras mudanças substanciais. Elas vieram como parte da linha 2018, tendo inclusive a adição de uma nova versão diesel.

Antes de falar disso, porém, vale citar que a Fiat não deixou de lado a Toro 2018 com motor 1.8 flex. Esse propulsor recebeu o sistema HCSS (Heated Cold Start System), desenvolvido pela Magnetti Marelli, que é a partida a frio sem o tanque auxiliar.

Além disso, o motor 1.8 E.torQ ganhou a função Sport, que muda o comportamento do veículo, e o start/stop, que visa a economia de combustível e a redução da emissão de gases poluentes ao desligar o motor em certas paradas, como num semáforo.

Outras novidades aplicadas para as versões que usam esse motor foram a adição do sistema de monitoramento de pressão dos pneus (TPMS), capota marítima, borboletas para trocas de marcha e volante em couro com comandos de rádio.

A Toro 2018 também recebeu, em todas as suas versões, a tecnologia GSI (Gear Shift Indicator), que indica o melhor momento para trocas de marchas, e a 2ª luz de ré. As novidades para a versão Freedom com motor 2.4 flex foram mais discretas, incluindo apenas o sensor de pressão dos pneus e a sigla 2.4 Tigershark destacada nas laterais das portas dianteiras.

Mas como citamos acima, a Toro 2018 também recebeu uma nova versão movida a diesel, a Freedom com câmbio automático de nove velocidades e tração 4×4. Essa nova configuração vinha com todos os itens da versão 2.0 manual 4×4, adicionando apenas o novo câmbio.

Já a versão Freedom 2.0 4×2 acrescentava o brake light, retrovisores externos elétricos, iluminação na caçamba e alarme.

Por fim, a topo de linha Toro Volcano adicionava troca de marchas no volante e capota marítima, mantendo sua extensa lista de equipamentos anterior. Todas as versões diesel e também a Freedom 2.4 também passaram a contar com a pintura bicolor, que acrescentava o teto preto a qualquer tonalidade escolhida para a carroceria por R$ 499.

Conhecida por oferecer diversos pacotes opcionais, a Fiat manteve sua fama na linha da Toro 2018. Além dos pacotes que já eram oferecidos anteriormente, a picape ganhou o Kit Road, que vinha com central multimídia Uconnect de 5 polegadas (sim, apenas isso), ar-condicionado digital dual zone, rodas de liga-leve, entre outros.

Esse opcional também acrescentava detalhes visuais no exterior e interior.

Esse pacote poderia ser colocado em todas as versões, exceto a Volcano, e chegava para substituir o kit Opening Edition que foi oferecido no primeiro ano.

Nova versão Blackjack complementa a gama

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

Como visto em vários modelos da FCA, a Toro também teve sua vez com uma versão no estilo “all black”. Ao passo que muitos se agradavam com os vários cromados no exterior, existia uma parcela de clientes da marca que estava ansiosa por uma versão com esse estilo.

Com isso veio a Toro Blackjack 2018, lançada por R$ 112.990 e que vinha exclusivamente com o motor 2.4 Tigershark de 174/186 cv e 23,5/24,9 kgfm, câmbio automático de 9 velocidades e tração 4×2.

Em seu visual externo, com carroceria em preto sólido ou metálico, a Toro Blackjack 2018 ganhava o tom grafite escuro nas rodas de 17 polegadas, frisos, retrovisores e barras de teto, além de uma faixa preta que se estendia do capô até a traseira e todos os emblemas escurecidos. Um detalhe curioso: essa era a primeira vez que um modelo da Fiat trocava o então logo vermelho pelo escurecido.

Já no interior, a novidade vinha com bancos parcialmente em couro com a inscrição alusiva à versão e detalhes em cinza claro, como na moldura da central multimídia, das saídas do ar-condicionado e dos alto-falantes.

A lista de equipamentos tinha como base a versão Freedom 2.4, acrescentando itens como bancos com revestimento exclusivo, ar-condicionado eletrônico dual zone, luzes diurnas (DRL) em LED, faróis de neblina, central multimídia de 6,2 polegadas, entre outros.

Um ano cheio de recalls

Não é raro ver um modelo recém-lançado sofrer com os recalls, mas no caso da Toro 2018 isso apareceu apenas depois de um ano no mercado. Mesmo sem nenhum problema mais sério, os proprietários da picape tiveram que visitar as concessionárias mais vezes do que gostariam.

O primeiro deles veio em abril de 2017, quando a marca emitiu um comunicado informando que 9.343 unidades precisam de um ajuste no motor. O problema estava no sistema eletrônico do propulsor 2.0 turbodiesel, que não permitia desligar o motor quando a alavanca de câmbio estivesse fora da posição P ou em velocidades superiores a 8 km/h.

Isso deveria ser possível em casos de emergência ou para travar as rodas caso os freios falhassem. Além da Toro, Compass e Renegade também foram afetados pelo mesmo problema.

O segundo recall veio em outubro do mesmo ano, dessa vez afetando apenas 223 unidades com o motor 2.4 flex. A falha estava no sistema de injeção do motor, causando perda de potência em retomadas ou ultrapassagens.

A terceira e última situação percebida pela Fiat que resultou num recall da Toro 2018 ocorreu em dezembro de 2017. Com 9.603 unidades envolvidas, foi a maior das três, afetando as versões turbodiesel com câmbio manual. O problema estava no sistema de regeneração de DPF (Filtro Particulado de Diesel), resultando em aumento da rotação por alterar o nível do óleo lubrificante do motor.

Toro ignora problemas e aumentos de preço e segue em alta

Mesmo depois do usual reajuste de preços com a chegada da linha 2018, com aumentos que variaram entre R$ 60 e R$ 1.630, e com um segundo aumento em março de 2018, dessa vez atingindo até R$ 2.300, a Toro não teve nenhuma dificuldade nas vendas.

Logo em fevereiro de 2017, a picape já se consolidava como o comercial leve mais vendido do Brasil, superando a briga interna com a Strada e vendendo muito mais que modelos maiores, como Hilux, S10 e Ranger. Com isso, a Toro completava quase um ano na liderança entre as picapes médias e grandes.

Ao final do ano, os números apenas comprovaram a preferência do público pela Toro 2018 em relação às versões mais baratas das picapes maiores. O modelo da Fiat fechou 2017 com 50.723 unidades vendidas, perdendo apenas para a Strada, que ficou com 54.870.

Isso representou uma parcela de 29,56% no segmento que antes era dominado por Toyota, Chevrolet e companhia. A diferença para a segunda colocada Hilux foi de expressivas 16,3 mil unidades.

Tudo isso mostrava que o futuro da Toro no mercado brasileiro era melhor do que até o mais otimista executivo da Fiat poderia ter sonhado.

Toro 2018 – detalhes

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

O visual da Toro 2018 não mudou muito em relação aos anos anteriores, já que as novidades apresentadas pela Fiat se concentraram em mudanças nos pacotes de equipamentos e composição da gama de versões.

A exceção foi a Toro Blackjack, que trouxe o tão pedido visual escurecido para a picape. Como destacamos acima, isso incluiu acrescentar o tom grafite escuro por todo o exterior, incluindo rodas, frisos, barras de teto e até o logo da marca, algo inédito até então.

No interior, o destaque ficava por conta do contraste entre o ambiente escuro e alguns detalhes em cinza claro, como nas molduras da central multimídia, saídas de ar e alto-falantes.

De resto, a Toro 2018 seguia com a receita que vinha dando certo. Sua dianteira sempre foi muito expressiva e chamativa, com o conjunto óptico dividido em dois blocos e a parte superior sendo ligada por uma barra cromada com o logo da marca ao centro.

A parte inferior, onde estão os faróis, é bem maior, ostentando uma enorme grade em formato de colmeia e com dois discretos frisos cromados. Completando o conjunto de luzes, a parte inferior do para-choque guarda os faróis de neblina, que também contam com uma moldura cromada.

Vendo a Toro 2018 na diagonal, percebe-se que sua linha de cintura alta é um detalhe muito importante para reforçar sua robustez, já que a linha que passa por toda a lateral e termina nas lanternas começa na altura da caixa de roda dianteira.

Na lateral também vemos o uso de plástico na parte inferior, que também aparece na dianteira e na traseira.

O capô tem vincos mais discretos, que acompanham bem o desenho da dianteira, sendo complementados pela posição das barras no teto, uma marca registrada da picape italiana.

Já na traseira, que hoje lembra muito a Nova Strada (e vice-versa), mas que na época era um desenho exclusivo da Toro 2018, vemos outra marca registrada da picape: sua tampa com abertura lateral em duas partes. As lanternas invadem a lateral e a parte inferior tem um para-choque menos robusto do que o dianteiro.

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

Por dentro, a Toro 2018 utiliza algumas soluções bem interessantes, como os vários porta-objetos, o puxador das portas num formato diferenciado e a boa posição da alavanca de câmbio e outros comandos.

Por outro lado, como sempre acontece nos modelos da marca, é feito um extenso uso de peças vindas de outros modelos. Como a Toro se posiciona no topo da gama da Fiat por aqui, isso pode dar aos seus proprietários uma impressão negativa ao ver tantos detalhes de modelos mais baratos.

Além disso, a Toro 2018 ainda utilizava a minúscula central multimídia de 5 polegadas, que aumentava para 6,2 polegadas apenas na versão Blackjack. Esse equipamento era constantemente alvo de críticas por parte do público, pois realmente não condizia com um modelo que beirava os R$ 130 mil.

Como prova de que isso era um ponto negativo que precisava ser corrigido, logo a Toro adotou uma tela de 7 polegadas. Já o modelo 2022, que sofrerá as maiores mudanças desde seu lançamento por aqui, terá um equipamento vertical similar ao da RAM, sendo bem maior que o atual usado pela Toro.

Toro 2018 – versões

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

Com algumas novidades ao longo de seu primeiro ano no mercado brasileiro, a linha da Fiat Toro 2018 foi ficando cada vez maior e mais completa. Confira abaixo:

  • Toro Freedom 1.8 Flex AT6 4×2 2018
  • Toro Freedom 2.4 Flex AT9 4×2 2018
  • Toro Blackjack 2.4 Flex AT9 4×2 2018
  • Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×2 2018
  • Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×4 2018
  • Toro Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4 2018
  • Toro Volcano 2.0 AT9 4×4 2018

Toro 2018 – equipamentos

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

Toro Freedom 1.8 Flex AT6 4×2 2018 – motor 1.8 de 135/139 cv e 18,8/19,3 kgfm de torque, com câmbio automático de seis velocidades.

ITENS DE SÉRIE: ASR (Controle de Tração), Abertura elétrica bocal de abastecimento, Alertas de limite de velocidade e manutenção programada, Apoios de cabeça dianteiros com regulagem de altura, Apoios de cabeça traseiros (3) rebaixados e com regulagem de altura, Ar-condicionado, Banco do motorista com regulagem de altura, Borboletas para trocas de marcha, Capota marítima, Chave canivete com telecomando para abertura e fechamento das portas, Cintos de segurança dianteiros retráteis de 3 pontos com regulagem de altura, Cintos de segurança traseiros (laterais e central) retráteis de 3 pontos, Computador de Bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia), Console central com porta-objetos e porta-copos, Conta-giros, Direção elétrica, Drive by Wire (Controle eletrônico da aceleração), ESP (Controle Eletrônico de Estabilidade), Espelho no parasol lados motorista e passageiro, Estepe full size, Follow me home, Função Sport, Função Start/Stop, Gancho universal para fixação cadeira criança (Isofix), Ganchos para amarração de carga na caçamba, GSI (indicador de trocas de marcha), HCSS (partida a frio sem tanquinho auxiliar), HSD (High Safety Drive) – Airbag duplo (motorista e passageiro) e Freios ABS com EBD, Hill Holder (sistema ativo freio com controle eletrônico que auxilia nas arrancadas do veículo em subida), Hodômetro digital (total e parcial), Lanterna traseira a LED, Luz de leitura, Maçanetas e retrovisores externos na cor preta, My Car Fiat, Para-choque traseiro com soleira cromada, Piloto automático com controlador de velocidade, Porta-escadas, Porta-luvas iluminado, Porta-óculos, Quadro de instrumentos 3,5″ com relógio digital, calendário e indicador de temperatura externa multifuncional em TFT, personalizável, Radio Connect (RDS, entrada USB/AUX no console central, Viva-voz Bluetooth e função Audio Streaming), Retrovisores externos com comando manual, Retrovisores externos com luzes indicadoras de direção integradas, Revestimento de caçamba, Revestimento externo na coluna central das portas, Rodas de aço estampado 6.5 x 16 + Pneus 215/65 R16, Sensor de estacionamento traseiro, Sistema de monitoramento de pressão dos pneus (TPMS),  Suspensão traseira multilink, Tampa traseira dupla com abertura elétrica, Tomada 12V, Travas elétricas (Travamento automático a 20 km/h, indicador de portas abertas, luz interna com temporizador e tampa do combustível), Vidros climatizados verdes, Vidros elétricos dianteiros e traseiros com one touch e antiesmagamento lado motorista, Volante EAS – Energy Absorbing System, Volante em couro com comandos do áudio e telefone, Volante com regulagem de altura e profundidade, Válvula antirrefluxo de combustível e Lanterna traseira de neblina.

Toro Freedom 2.4 Flex AT9 4×2 2018 – motor 2.4 de 174/186 cv e 23,5/24,9 kgfm de torque, com câmbio automático de nove velocidades.

ITENS DE SÉRIE: acrescenta itens como retrovisores elétricos, luz de caçamba, sigla referente à versão nas portas, entre outros.

Toro Blackjack 2.4 Flex AT9 4×2 2018 – motor 2.4 de 174/186 cv e 23,5/24,9 kgfm de torque, com câmbio automático de nove velocidades.

ITENS DE SÉRIE: acrescenta bancos com revestimento exclusivo, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, ar-condicionado eletrônico dual zone, central multimídia com tela de 6,2 polegadas com rádio, DVD player, TV digital, navegador GPS, conexões USB e Bluetooth, câmera de ré e interação com os comandos no volante, barras de teto longitudinais, luzes diurnas (DRL) em LED, faróis de neblina, porta-objetos abaixo do banco do passageiro, descansa-braço traseiro, tapetes de carpete, entre outros.

Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×2 2018 – motor 2.0 diesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, com câmbio manual de seis velocidades.

ITENS DE SÉRIE: mesmos itens da versão Freedom + Alarme, Alça de segurança traseira com luz de leitura incorporada, Alças de segurança coluna A lado motorista e passageiro, Apoio de pé para o motorista, Brake Light, Cobertura da alavanca (empunhadura) do freio de mão, Limpador e lavador do para-brisas com intermitência, Para-choque dianteiro com pintura parcial na cor do veículo, Protetor de cárter, Retrovisores elétricos, Rodas de aço estampado 6.5 x 16″ (Super Spoke) + Pneus 225/70 R16, Skide Plate integrado ao para-choque dianteiro, entre outros.

Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×4 2018 – motor 2.0 diesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, com câmbio manual de seis velocidades.

ITENS DE SÉRIE: itens acima + Hill Descent Control (controle automático em descidas íngremes no fora de estrada), retrovisores externos elétricos com memória (tilt down / rebatimento / luz de conforto) brake light, alarme e iluminação de caçamba.

Toro Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4 2018 – motor 2.0 diesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, com câmbio automático de nove velocidades.

ITENS DE SÉRIE: itens acima +

Toro Volcano 2.0 Diesel AT9 4×4 2018 – motor 2.0 diesel de 170 cv e 35,7 kgfm de torque, com câmbio automático de nove velocidades.

ITENS DE SÉRIE: ar-condicionado dual zone, rodas de liga leve de 17”, câmera de ré, central multimídia Uconnect Touch NAV de 5”, quadro de instrumentos com display em TFT de 7” colorido, faróis de neblina cornering (que acompanham as curvas), faróis principais com DRL (LEDs de segurança diurnos), trocas de marcha no volante, entre outros.

Toro 2018 – preços

Confira os preços na época do lançamento da linha 2018. Esses valores tiveram um aumento que variou entre R$ 60 a 1.630, dependendo da versão, em relação à linha anterior.

  • Toro Freedom 1.8 Flex AT6 4×2 2018 – R$ 87.490
  • Toro Freedom 2.4 Flex AT9 4×2 2018 – R$ 98.790
  • Toro Blackjack 2.4 Flex AT9 4×2 2018 – R$ 112.990 (lançada em setembro de 2017)
  • Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×2 2018 – R$ 103.790
  • Toro Freedom 2.0 Diesel MT6 4×4 2018 – R$ 111.990
  • Toro Freedom 2.0 Diesel AT9 4×4 2018 – R$ 116.990
  • Toro Volcano 2.0 AT9 4×4 2018 – R$ 129.990

Toro 2018 – motor

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

A linha de motores da Toro 2018 seguiu a mesma desde o final de seu primeiro ano no mercado brasileiro, quando a picape recebeu o propulsor 2.4 flex e completou três opções.

A versão de entrada continuou sendo o motor 1.8 E.torQ, mas com algumas novidades. Em maio de 2017, ele ganhou o sistema HCSS, que é a partida a frio sem o tanque auxiliar, além do sistema start/stop e do botão Sport. Este último, segundo a Fiat, provocava modificações no comportamento do acelerador, câmbio e direção elétrica, gerando um desempenho superior e uma redução no consumo de combustível.

Essa foi uma mudança interessante, pois o motor 1.8 flex era a última preferência dos compradores da Toro 2018, perdendo em potência para o 2.4 e em torque para o 2.0 turbodiesel. Ainda assim tinha seu espaço, pois equipava a versão mais acessível.

De qualquer forma, esse motor continuava entregando 135 cv na gasolina e 139 cv no etanol, sempre a 5.750 rotações por minuto. O torque era de 18,8 ou 19,3 kgfm, respectivamente, a 3.750 giros. O câmbio era automático de seis marchas e a tração apenas dianteira.

A segunda opção na linha da Toro 2018 era o 2.4 Tigershark, que agora equipava duas versões com a chegada da Toro Blackjack 2018. Preenchendo bem a enorme lacuna entre o propulsor 1.8 e o 2.0 diesel, esse motor foi uma opção bem procurada nos primeiros anos da picape.

Seus números indicavam uma potência de 174/186 cavalos a 6.250 rpm, com gasolina e etanol, enquanto o torque ficava em 23,5/24,9 kgfm a 4.000 rpm. Ele sempre estava associado ao câmbio automático de nove velocidades e a tração dianteira.

Finalmente, a Toro 2018 também dispunha do motor 2.0 Multijet turbodiesel, com 170 cv a 3.750 rpm e 35,7 kgfm a 1.750 rpm. Esse motor diesel era o único da turma que poderia vir com duas opções de câmbio: manual de seis marchas ou automático de nove velocidades. A tração também poderia ser 4×2 ou 4×4.

Foi nesse período que a Toro teve sua linha mais completa em termos de motorização, já que posteriormente a marca abandonou o motor 2.4. Os motivos foram seu alto custo, por ele ser importado, e o elevado consumo de combustível, apesar do desempenho bem superior ao 1.8. Para o seu lugar, a Toro 2022 receberá o novo 1.3 turboflex.

Toro 2018 – desempenho

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

Com todas as opções acima, qual conjunto da Toro 2018 oferecia o melhor desempenho? Confira abaixo todos os números de aceleração e velocidade máxima:

  • Toro 1.8 Flex AT6 – 12,2 segundos e 175 km/h
  • Toro 2.4 Flex AT9 – 9,9 segundos e 200 km/h
  • Toro 2.0 Diesel MT6 – 9,5 segundos e 188 km/h
  • Toro 2.0 Diesel AT9 – 10 segundos e 188 km/h

Toro 2018 – consumo

Ainda mais importante que o desempenho, o consumo era um fator que poderia determinar a compra (ou não) da Toro 2018. Em relação aos anos anteriores, a principal mudança foi na opção de entrada com motor 1.8 flex e câmbio automático de seis velocidades, onde o consumo melhorou em todas as condições. Confira:

Consumo urbano:

  • Toro 1.8 Flex AT6 – 6,5 km/l com etanol e 9,6 km/l com gasolina
  • Toro 2.4 Flex AT9 – 5,9 km/l com etanol e 8,6 km/l com gasolina
  • Toro 2.0 Diesel MT6 – 10,4 km/l
  • Toro 2.0 Diesel AT9 – 9 km/l

Consumo rodoviário:

  • Toro 1.8 Flex AT6 – 7,8 km/l com etanol e 11,2 km/l com gasolina
  • Toro 2.4 Flex AT9 – 7,4 km/l com etanol e 10,8 km/l com gasolina
  • Toro 2.0 Diesel MT6 – 12,5 km/l
  • Toro 2.0 Diesel AT9 – 11,2 km/l

Toro 2018 – manutenção e revisão

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

Revisão

Custo

Custo

Custo

Quilometragem

Preços 1.8 E.torQ Evo

Preços 2.4 Tigershark (descontinuado)

Preços 2.0 Multijet II

10.000 km

R$ 420

R$ 484

20.000 km

R$ 728

R$ 704

R$ 720

30.000 km

R$ 680

R$ 732

40.000 km

R$ 904

R$ 888

R$ 1.212

50.000 km

R$ 760

R$ 724

60.000 km

R$ 1.448

R$ 1.976

R$ 1.328

Toro 2018 – ficha técnica

Motor

1.8 E.torQ Evo

2.4 Tigershark (descontinuado)

2.0 Multijet II

Tipo

Dianteiro, Transversal, Etanol e Gasolina

Dianteiro, Transversal, Etanol e Gasolina

Dianteiro, Transversal, Turbo e Diesel

Número de cilindros

4 em linha

4 em linha

4 em linha

Cilindrada em cm3

1747

2360

1956

Válvulas

16

16

16

Taxa de compressão

12,5:1

11,8:1

16,5:1

Injeção eletrônica de combustível

Multiponto

Multiponto

Direta

Potência Máxima Líquida (ABNT NBR 5484)

Gasolina: 135 cv @ 5750 rpm / Etanol: 139 cv @ 5750 rpm

Gasolina: 174 cv @ 6250 rpm / Etanol: 186 cv @ 6250 rpm

Diesel: 170 cv @ 3750 rpm

Torque Máximo Líquido (ABNT NBR 5484) 

Gasolina: 18,8 kgfm @ 3750 rpm / Etanol: 19,3 kgfm @ 3750 rpm

Gasolina: 23,5 kgfm @ 4000 rpm / Etanol: 24,9 kgfm @ 4000 rpm

Diesel: 35,7 kgfm @ 1750 rpm

Transmissão

Tipo

Automática 6 marchas

Automática 9 marchas

Manual 6 marchas / Automática 9 marchas

Tração

Tipo

4×2

4×2

4×2 / 4×4

Freios

Tipo

Disco ventilado / Tambor

Disco ventilado / Tambor

Disco ventilado / Tambor

Direção

Tipo

Elétrica

Elétrica

Elétrica

Suspensão

Dianteira

McPherson, barra estabilizadora

McPherson, barra estabilizadora

McPherson, barra estabilizadora

Traseira

Multilink

Multilink

Multilink

Rodas e Pneus

Rodas

Aço/Liga Leve 16 polegadas

Liga Leve 16 polegadas

Liga Leve 16 / 17 polegadas

Pneus

215/65 R16

215/65 R16

225/70 R16 / 225/65 R17

Dimensões

Comprimento total (mm)

4915

4915

4915

Largura sem retrovisores (mm)

1844

1844

1844

Altura (mm)

1680

1680

1690/1743

Distância entre os eixos (mm)

2990

2990

2990

Capacidades

Porta-malas (litros)

820

820

820

Tanque (litros)

60

60

60

Carga útil, com 5 passageiros mais bagagem (kg)

650

650

1000

Peso em ordem de marcha (kg)

1619

1704

1709 (4×2) / 1788 (4×4) / 1871 (4×4 AT9)

Ângulo de entrada/saída (graus)

25,7/28,3

25,7/28,3

24,6 (MT) 24,8 (AT)/29

Toro 2018 – fotos

Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos
Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos

 

© Noticias Automotivas. A notícia Toro 2018: detalhes, versões, motor, consumo e equipamentos é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More