Marília tem surto de Covid-19 após viagens forçadas para jogar Copa do Brasil

COMPARTILHE!

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRES) – O Marília, time do interior de São Paulo, teve constatado um surto de Covid-19 dentro da delegação que precisou viajar mais de 1.300 km de ônibus para enfrentar o Criciúma pela primeira fase da Copa do Brasil.

Foram 15 casos no total, entre jogadores, membros da comissão técnica e funcionários que fizeram parte da delegação de 31 pessoas. Dez são atletas, e o número ainda pode aumentar.

Segundo apurou a reportagem, aqueles que testaram positivo realizaram o exame assim que retornaram a Marília por já estarem sintomáticos. O restante só passou pelo procedimento nesta terça-feira (23), e os resultados devem sair nesta quarta (24).

O “mochilão pelo Brasil”, como definiu o clube em suas redes sociais, para jogar a competição nacional começou na segunda anterior (15) e só terminou na última sexta (19).

O Marília era mandante do duelo, mas não pôde atuar em seu estádio por causa do aumento das restrições com a fase vermelha do Plano São Paulo contra a pandemia do coronavírus.
O jogo foi transferido primeiramente para Varginha (MG), mas precisou sair da cidade após decreto do governo de Minas Gerais. A delegação do Marília chegou ao município mineiro na noite da segunda e se viu proibida de atuar no estado no dia seguinte.

A CBF transferiu então a partida para Cariacica (ES) e adiou em um dia. O Marília, que já tinha viajado cerca de 500 km, foi de ônibus até a nova sede, distante cerca de 800 km de Varginha.

O duelo terminou 0 a 0, e o Criciúma se classificou para a próxima fase pelo regulamento da Copa do Brasil, que prevê vantagem do empate na primeira fase ao visitante -clube de melhor ranking.

O vice-presidente do Marília, Alysson Souza, já havia alertado para o risco que os atletas estavam correndo ao precisar viajar 22 horas de ônibus entre Varginha (MG) e Cariacica (ES). No retorno ao interior paulista, foram mais 18 horas na estrada.

“Fica registrado o descontentamento do MAC com a transferência da partida pela Copa do Brasil que deveria ter ocorrido em Marília”, escreveu o clube em nota.

Adversário do Marília na partida, o Criciúma também teve um caso positivo confirmado em sua comissão técnica. Além desse, dois jogadores foram afastados preventivamente por suspeita de Covid-19 após o duelo.

A equipe catarinense realizou seus testes nesta terça e ainda aguarda os resultados.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More