Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

MG: Bravo quer fábrica de elétricos com investimento de R$ 25 bi

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

MG: Bravo quer fábrica de elétricos com investimento de R$ 25 bi

R$ 25 bilhões. O montante chama mais atenção que o portfólio de produtos da chamada Bravo Motor Company, nome da filial brasileira da ArqBravo, uma companhia argentina que atua na produção de elétricos na Califórnia.

Foi a empresa que desenvolveu o projeto do APA, o chamado “Auto Popular Argentino”, e que agora desembarca em Minas Gerais com uma verdadeira fortuna em investimento, quase US$ 4,4 bilhões, mas eles serão gastos até 2029.

Na sexta (5), a Bravo Motor Company assinou um acordo de intenções com o governo de Minas, onde construirá uma fábrica de carros elétricos e outra para produção de baterias de lítio.

O empreendimento é chamado de Projeto Colosso 1 e em sua fase inicial, resultará nesse mega investimento. Contudo, a produção de baterias ficará para uma fase adiante, o que chama mais atenção. Entretanto, não ficou claro exatamente quais produtos a Bravo fará na região metropolitana de Belo Horizonte.

Eduardo Javier Muñoz, CEO da Bravo, revela que a coisa era ainda maior que a demonstrada no Estado das minas de ouro: “Industrialmente, nossa estratégia inicial era abrir três fábricas no Brasil. Uma em Minas, outra no Sul e outra no Norte. Em dezembro, na primeira visita aqui, entendi rapidamente que teríamos que fazer um esforço muito grande e que deveríamos nos concentrar em Minas Gerais.”

MG: Bravo quer fábrica de elétricos com investimento de R$ 25 bi

Muñoz reforçou: “É muito importante entender que estamos vindo para Minas Gerais para trazer a indústria 4.0, a eficiência e a transparência aumentadas. Eficiência aumentada do ponto de vista da tecnologia empreendedora, e transparência aumentada do ponto de vista da implantação e integração dessa tecnologia e serviços com a população”.

A Bravo datou e falou em números para seu empreendimento, que inclui a montagem de pacotes de baterias, com células importadas. As obras da fábrica começam em junho de 2021 e a operação deve iniciar-se em 2024. Já a produção para o ano seguinte tem até números exatos: “22.790 unidades de veículos e 43.750 de unidades de packs de baterias”.

Além do mercado nacional, a Bravo quer exportar seus carros elétricos e baterias, gerando 13.813 empregos diretos e indiretos. Nos EUA, a ArqBravo faz baterias, tetos solares e veículos elétricos.

No site americano, há um minicarro, dois tipos de buggies e o A!PA, agora denominado “Popular American Automobile” e sem detalhes, além de uma imagem digitalizada. Bom, veremos o que virá.

[Fonte: Agência Minas]

 

 

© Noticias Automotivas. A notícia MG: Bravo quer fábrica de elétricos com investimento de R$ 25 bi é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

COMPARTILHE!