Seplag intensifica acompanhamento psicossocial dos servidores durante a pandemia

COMPARTILHE!

Seplag intensifica acompanhamento psicossocial dos servidores durante a pandemia

Ação consiste em prestar atendimento especializado aos servidores da Seplag, bem como aprimorar o atendimento realizado desde o início da pandemia


Nayara Takahara | Seplag

Todas as ações da CSST/Seplag foram adaptadas por conta da pandemia e passaram a ser realizadas por telefone ou vídeochamada. – Foto por: Éverton Anunciação | Seplag-MT

Todas as ações da CSST/Seplag foram adaptadas por conta da pandemia e passaram a ser realizadas por telefone ou vídeochamada.

Profissionais da área da saúde mental, em todo o mundo, alertam para o aumento do número de casos relacionados a transtornos de ansiedade e depressão durante a pandemia do coronavírus. Sensível aos cuidados com a saúde mental de seus servidores, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT) tem intensificado o processo de acompanhamento psicossocial na pasta.

A Secretaria vem intervindo em situações de vulnerabilidade que alguns servidores têm apresentado, sendo ofertada escuta qualificada, acolhimento, orientação e avaliação profissional de psicólogos e assistentes sociais.

A ação consiste em prestar atendimento especializado, por meio da Coordenadoria de Segurança e Saúde no Trabalho (CSST), aos servidores com problemas que possam interferir na sua vida funcional e visa também aprimorar o atendimento realizado desde o início da pandemia pela equipe.

Quando identificado como necessário, é feito o encaminhamento do funcionário para tratamento especializado externo, explica a psicóloga responsável pela unidade, Katya Rodrigues.

“O isolamento social, a privação de espaços de lazer e a alteração da dinâmica de socialização fizeram com que esses transtornos surgissem ou reaparecessem na população, demonstrando os impactos emocionais de estresse agudo e pressão psicológica envolto no cenário de pandemia”, comentou a psicóloga que ainda acrescentou “tudo isso aliado a recente descoberta da vacina, mas com acesso ainda escasso, é um agravante dos índices de depressão e ansiedade”, ponderou.

Somente no último ano, o índice de afastamento entre os servidores da Seplag por licença médica por CID F – classificação para doenças relacionadas à transtornos mentais e comportamentais –, foi de 31%, segundo o banco de dados da Gerência de Informação em Saúde do Servidor.  

Matheus de Musis, um dos psicólogos da CSST/Seplag, em atendimento por vídeochamada

O processo de acompanhamento psicossocial implantando na Seplag tornou-se referência para outras secretarias do Governo, que já somam mais de cinco mil atendimentos ao longo dos dois anos do projeto. Além de difundir entre os órgãos e entidades o modelo de trabalho a ser implantado, o treinamento e o suporte das equipes, assim como o monitoramento dos resultados alcançados são realizados pela Secretaria Adjunta de Gestão de Pessoas da Seplag, órgão central de Gestão de Pessoas do Executivo estadual.

Através da CSST também foram instituídos na pasta outros procedimentos para promover a melhoria das condições internas de saúde e bem-estar psicossocial dos servidores, entre eles um protocolo referente ao coronavírus contendo orientações sobre prevenção, atendimento ao público, apoio psicológico, entre outras informações.

Além disso, o acompanhamento de servidores com suspeitas ou casos confirmados da Covid-19 vem sendo feito desde o início da pandemia. De acordo com o dado mais recente da CSST, 127 servidores da pasta testaram positivo para a doença.

“Ainda é cedo para saber com precisão real o impacto da Covid-19 na saúde mental da população mundial. Entretanto, procuramos contribuir para a promoção da saúde mental no intuito de concretizar o desenvolvimento de relações mais humanas no ambiente de trabalho”, afirmou Katya.

Todas as ações da Coordenadoria, inclusive as citadas acima, foram adaptadas por conta da pandemia e passaram a ser realizadas por telefone ou vídeochamada.

Quando identificado como necessário, é feito o encaminhamento do funcionário para tratamento especializado externo, explica a psicóloga responsável pela CSST/Seplag, Katya Rodrigues. 

Atendimento

O servidor da Seplag que se identifique nas situações citadas ou por outro motivo necessite de apoio psicossocial deve entrar em contato com a CSST, unidade vinculada à Secretaria Adjunta de Administração Sistêmica (SAAS), pelos telefones (65) 9 9222-4568 e (65) 9 9280-3107 ou pelo e-mail: csstsistemica@seplag.mt.gov.br

Em caso de suspeita, confirmação ou contato com pessoa infectada pelo coronavírus, o servidor deve se afastar imediatamente do trabalho e informar o chefe imediato via e-mail, bem como notificar sua situação para o endereço eletrônico: covid19@seplag.mt.gov.br Os demais servidores do Governo devem comunicar suas respectivas unidades quanto a suspeita, confirmação ou contato com pessoa infectada.

 

C

Governo do Estado de Mato Grosso
Read More