Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

A Spin 2014 manteve o portfólio do lançamento, exceto pela inserção de transmissão automática de seis marchas, que deu à minivan um status de conforto muito bom e importante para sua proposta familiar.

O modelo compartilha com o Chevrolet Cobalt a mesma plataforma, assim como outros elementos com os Chevrolet Onix e Prisma, mantendo a base Gamma II que sustentava mais modelos da General Motors no exterior.

Com ótimo espaço interno e enorme porta-malas de 710 litros, que pode chegar a 1.841 litros com o banco traseiro rebatido, a minivan Spin é uma opção excelente no mercado de carros novos e usados, especialmente no segundo caso.

O modelo 2014 tinha oferta com três versões, sendo elas LT, Advantage e LTZ, em ordem de preço, sendo todas com opção de câmbio automático, o que trazia mais conforto.

Spin 2014 – detalhes

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

Robusta, a Spin 2014 vinha com suspensão McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira, além de rodas de aço ou liga leve aro 15 com pneus 195/65 R15. O monovolume ainda tinha barras longitudinais no teto, ampliando a versatilidade.

Com linha de cintura alta, ela apresentava espaço para cinco ou sete passageiros, sendo que este último era somente na versão LTZ. A minivan trazia vários recursos, como bancos em couro e a multimídia MyLink com tela de 7 polegadas.

Neste caso, a MyLink ainda era de geração anterior à instalada no Onix e Prisma, uma vez que a arquitetura elétrica não era a mesma dos irmãos menores e mais novos. Assim, ela foi inserida como um sistema 2din puramente.

Nesse ano/modelo, também não existia projeção por Google Android Auto ou Apple CarPlay. O navegador era oferta apenas na LTZ de série, sendo opcional nas demais. Ele era um app instalado direto na MyLink via revendedor.

O BrinGo era fraco em suas funcionalidades como quase todos os apps e aparelhos GPS para carros da época. O Google Maps ainda não estava disponível nos carros, apenas nos smartphones.

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

Ainda assim, a MyLink era um avanço importante para a Spin 2014, podendo assim o condutor indexar suas músicas e vídeos no aparelho de bordo com Bluetooth ou por USB.

O cluster com conta-giros analógico e display digital era outra coisa interessante na minivan, tendo velocímetro, marcadores de água e combustível, além do útil computador de bordo.

Ar condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, multimídia, rodas de liga leve, airbag duplo, faróis de neblina, freios com ABS e alarme na chave eram alguns dos recursos oferecidos.

Na rede Chevrolet, a GM havia liberado os concessionários para vender vários itens que seriam normalmente opcionais como acessórios, entre eles o próprio app BrinGo, sensor de estacionamento, câmera de ré e receptor de TV digital.

Era uma prática da montadora fazer isso nessa época, extendendo-se para mais itens, como módulos dos vidros, retrovisores elétricos, entre outros. Essa era a forma de compensar a rede com opcionais que viriam de fábrica.

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

Equipada com o longevo motor 1.8 FlexPower da Família I, a Spin 2014 tinha um bom desempenho com seus até 108 cavalos e 17,1 kgfm, trazendo um câmbio manual bem escalonado e uma caixa automática confortável.

A posição de dirigir alta era uma vantagem para pessoas de estatura baixa, dada a regulagem de altura do banco, mas pecava em não ter coluna de direção em profundidade. Para reduzir o gap entre as versões LT e LTZ, foi adicionada outra.

Tratava-se da versão Advantage, que veio com visual personalizado, ganhando faróis com máscara negra, lanternas escurecidas, rodas de liga leve escurecidas, retrovisores e barras de teto pretos, assim como frisos laterais.

Trazia mais itens que a LT e apresentava um layout mais agradável, sendo uma opção bastante desejada por seu preço competitivo. A Spin 2014 com sete lugares, apenas na LTZ, era a opção mais em conta nessa configuração.

Ela rivalizava com a Fiat Doblo, mas essa encarecia na medida que seus opcionais dominavam o preço, elevando-o bem mais. Fabricada em São Caetano do Sul, a minivan também tinha atenção de frotistas e taxistas de aeroportos, em especial.

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

A Spin 2014 tinha uma carroceria bem alta e volumosa, com linha de cintura elevada e boa área envidraçada, tendo frente com faróis arredondados, com lentes simples e piscas integrados, bem como lanternas.

A grade dupla tinha barra central na cor do carro e a gravata dourada da Chevrolet ao centro, oferecendo ainda contornos cromados. Já o para-choque vinha com molduras envolventes e faróis de neblina circulares. A grade inferior era central.

Nas laterais, retrovisores e maçanetas na cor do carro, com frisos laterais na cor do carro na versão Advantage. Aliás, esta vinha ainda com faróis escurecidos, assim como retrovisores pretos. Na traseira, a Spin trazia vigia ampla.

Ela tinha lavador e limpador, além de desembaçador. A tampa trazia maçaneta e logotipo Chevrolet, enquanto o para-choque agregava ainda um suporte de placa com iluminação e vincos pronunciados.

As lanternas compactas eram verticais e tinha ainda o complemento da luz auxiliar de freio na vigia. Por dentro, a Spin 2014 trazia um painel moderno para sua época, embora simples em acaabmento.

Em dois tons de cinza ou marrom, o habitáculo da minivan tinha painel com difusores de ar pequenos, cluster análogo-digital com iluminação Ice Blue e coluna de direção com ajuste manual em altura.

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

Com assistência hidráulica, a direção tinha volante revestido em couro com comandos de mídia e telefonia, assim como de piloto automático. O computador de bordo ficava na haste dos limpadores.

Já a multimídia MyLink tinha tela de 7 polegadas touchscreen com ecrã avançado, tendo ícones de várias funcionalidades e aplicativos, pode ter como acessórios TV digital, navegador GPS e câmera de ré, mas havia Bluetooth e USB de série.

O ar condicionado era manual, enquanto o porta-luvas tinha tampa abrindo para cima, além de bancos altos e em tecido ou couro. O assento do motorista vinha com ajuste em altura.

Com transmissão manual de curso curto, a Spin 2014 tinha alavanca moderna na automática com botão para trocas manuais na função M, bem como seletor com acabamento cinza e iluminação Ice Blue.

Freio de estacionamento manual ficava perto dos porta-copos, que ainda existiam nas portas dianteiras. Os vidros elétricos tinham comandos nas portas, que ainda tinham acabamento em tecido ou couro, dependendo da versão.

A Spin 2014 tinha ainda fonte 12V no túnel e banco traseiro bipartido com dois apoios de cabeça, bem como cinto central de dois pontos e cintos laterais de três pontos retráteis, sendo os dianteiros com ajustes de altura e pré-tensionadores.

Porta-revistas nos encostos dos bancos traseiros, iluminação interna geral, espelhos nos para-sóis, retrovisor interno dia e noite, alças de teto, iluminação no bagageiro, cobertura interna de bagagens, rede de carga opcional e bancos destacáveis.

Com 710 litros, o porta-malas ficava com pouco menos de 200 litros com a terceira fileira, que era dobrável para adicionar mais espaço para bagagens, mas no total chegava a 1.841 litros.

Spin 2014 – versões

  • Chevrolet Spin LT 1.8 manual
  • Chevrolet Spin LT 1.8 automática
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 manual
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 automática
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 manual
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 automática

Equipamentos

Chevrolet Spin LT 1.8 manual – Motor 1.8 e transmissão manual de cinco marchas, mais ar-condicionado, direção hidráulica, coluna de direção ajustável em altura, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas com acionamento remoto pela chave, para-choques na cor do carro, retrovisores e maçanetas na cor do carro, freios ABS com EBD, airbag duplo, rodas de aço aro 15 polegadas, banco do motorista com ajuste em altura, cintos de segurança dianteiros ajustáveis em altura e com pré-tensionamento, retrovisores externos com controle interno, bancos em tecido, calotas integrais, pneus 195/65 R15, lavador e limpador do vidro traseiro, desembaçador traseiro, vidros verdes, para-brisa degradê, luz interna, alças de teto, barras longitudinais no teto, antena no teto, multimídia MyLink com tela sensível ao toque de 7 polegadas, sistema de som com quatro alto-falantes, alarme, banco traseiro bipartido, cobertura interna no porta-malas, cluster análogo-digital, fonte 12V, USB/auxiliar, Bluetooth, comandos de mídia e telefonia no volante, espelhos nos para-sois, retrovisor interno dia e noite, entre outros.

Chevrolet Spin LT 1.8 automática – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças manuais por botão e piloto automático.

Chevrolet Spin Advantage 1.8 manual – Itens da LT manual, mais faróis com máscara negra, retrovisores externos, molduras de proteção lateral e adesivos da coluna central em preto brilhante, faróis de neblina, retrovisores com comandos elétricos, computador de bordo, sensor de estacionamento, rodas de liga leve aro 15 polegadas escurecidas e comandos de mídia e telefonia no volante.

Chevrolet Spin Advantage 1.8 automática – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças manuais por botão e piloto automático.

Chevrolet Spin LTZ 1.8 manual – Itens da LT, faróis de neblina, retrovisores com comandos elétricos, computador de bordo, sensor de estacionamento, comandos de mídia e telefonia no volante, direção revestida em couro, bancos em couro e tecido, terceira fileira de assentos, rodas de liga leve aro 15 polegadas diamantadas, navegador BringGo, portas com revestimento em couro, detalhes externos exclusivos, faróis de neblina, entre outros.

Chevrolet Spin LTZ 1.8 automática – Itens acima, mais transmissão automática de seis marchas com mudanças manuais por botão.

A Spin 2014 era oferecida nas cores Branco Summit, Azul Macaw, Bege Desert, Cinza Aztec, Cinza Mond, Prata Swichblade e Preto Global.

Preços

  • Chevrolet Spin LT 1.8 manual – R$ 49.190
  • Chevrolet Spin LT 1.8 automática – R$ 55.690
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 manual – R$ 56.590
  • Chevrolet Spin Advantage 1.8 automática – R$ 63.090
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 manual – R$ 58.990
  • Chevrolet Spin LTZ 1.8 automática – R$ 65.490

Spin 2014 – motor

Em 1982, a Adam Opel AG, com sede em Rüsselsheim, Alemanha, lançou o motor GM Família que equipa da Spin 2014. Trata-se da versão menor do Família II, que chegou ao Brasil no ano seguinte, a bordo do Chevrolet Monza.

O desenvolvimento dos dois motores foi feito em paralelo pela Opel, sendo eles uma resposta à VW/Audi com seus EA111/113 (827), mas a GMB apenas trouxe o maior, pois, havia o Chevrolet Chevette, um Opel Kadett dos anos 70.

Assim, o Família II seguiu Brasil adentro com versões 1.6 e 1.8, sendo a primeira extinção em pouco tempo e abrindo espaço para a 2.0. Somente nos anos 90, quando a GMB acabou com o Chevette, o Família I chegou com o Corsa.

Com bloco de quatro cilindros em fero fundido e cabeçote de duas válvulas por cilindro, movidas por um eixo comando único com tuchos hidráulicos e acionado por correia dentada.

Dotado de injeção eletrônica multiponto, o GM Família I teve várias versões no Brasil, como 1.0 8V, 1.0 16V, 1.4 8V, 1.6 8V, 1.6 16V e 1.8 8V. Este último foi um desenvolvimento nacional a partir do antigo 1.6 da Família I.

Na Spin 2014, a GM preferiu usar somente o 1.8, que trazia nessa versão FlexPower coletor de admissão em plástico, sistema de injeção de gasolina na partida flex com tanquinho, bobinas individuais nas velas, entre outros.

Com 1.796 cm3 de volume, o mesmo da Família II, o 1.8 FlexPower entregava 106 cavalos na gasolina e 108 cavalos no etanol, ambos a 5.400 rpm e torques de 16,4 kgfm no primeiro e 17,1 kgfm no segundo, ambos a 3.200 rpm.

Além da transmissão manual de cinco marchas F17, a Spin 2014 tinha ainda a caixa automática GF6 de segunda geração, que tinha conversor de torque e seis marchas, além de modo manual com mudanças através de um botão na alavanca.

A Chevrolet Spin mantém essa transmissão até os dias de hoje, mas alterando apenas a programação de acordo com o ano/modelo. Já o motor receberia boa atualização em 2016, assim como a carroceria da minivan.

Desempenho

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

A Spin 2014 tinha desempenho bom para sua proposta, sendo que o conjunto motriz estava bem dimensionado para porte e peso do produto, que assim acelerava de 0 a 100 km/h em 10,6 segundos no 1.8 manual.

Já no automático, a minivan da GM fazia o mesmo em 11,9 segundos, indicando que mesmo com seis marchas, a transmissão era longa para reduzir o consumo e aumentar o conforto ao dirigir.

Na velocidade final, a Chevrolet Spin alcança 173 km/h na versão com câmbio manual. No caso da transmissão automática, o monovolume chegava até 168 km/h.

  • Chevrolet Spin 1.8 manual – 10,6 segundos e 173 km/h
  • Chevrolet Spin 1.8 automática – 11,9 segundos e 168 km/h

Consumo

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

No consumo, a Spin 2014 ainda não havia passado pela atualização de motor e estrutura que aconteceria em 2016. Sendo assim, seu consumo não era tão bom assim, com médias na cidade muito ruins com o etanol.

Nesse caso, a Spin 1.8 manual fazia 7,6 km/l, enquanto a automática ficava em horríveis 6,1 km/l. Já na estrada, o GM Família I 1.8 FlexPower fazia péssimos 9,7 km/l no manual e apenas 8,2 km/l no automático.

Indo para a gasolina, a Spin manual não chegava aos 10 km/l, fazendo 9,8 km/l. Na versão automática, a minivan da Chevrolet fazia apenas 7,9 km/l, o que era bem ruim para se usar na cidade.

Com o derivado de petróleo na estrada, a familiar da GM fazia bons 12,6 km/l no câmbio manual e apenas 10,6 km/l no automático, mostrando que economia não era seu forte…

  • Chevrolet Spin 1.8 manual – 7,6/9,7 km/l e 9,8/12,6 km/l
  • Chevrolet Spin 1.8 automática – 6,1/8,2 km/l e 7,9/10,6 km/l

Spin 2014 – manutenção e revisão

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

A rede Chevrolet tem o serviço de pós-venda com revisões da Spin 2014 a cada 10.000 km ou 12 meses, o que acontecer primeiro. Nas concessionárias, técnicos treinados fazem a inspeção de diversos itens após a chegada do carro.

Elementos são analisados na suspensão, freios, direção, parte elétrica, sistema de segurança, carroceria, entre outros. Pneus também são verificados, assim como alguns equipamentos básicos.

São feitos serviços de troca de pastilhas de freio, lonas de freio, discos de freio, coxins de motor e câmbio, pivôs de direção, buchas de balança de suspensão, batentes das torres dos amortecedores, molas, amortecedores, rolamentos, etc.

Há serviços de troca de pneus, alinhamento, balanceamento, cambagem, rodízio de pneus, funilaria, pintura, higienização, limpeza oxi-sanitária, descarbonização do corpo da borboleta, reparos de conectores, atendimento de recall, etc.

Além disso, na revisão são trocados óleo do motor, filtro de óleo, velas, filtro de combustível, filtro de ar do motor, filtro de ar da cabine, fluido de freio, líquido de arrefecimento, complemento da transmissão automática, correias em V e dentada.

Revisão 10.000 km 20.000 km 30.000 km 40.000 km 50.000 km 60.000 km Total
1.8 R$ 328,00 R$ 652,00 R$ 852,00 R$ 560,00 R$ 1.064,00 R$ 876,00 R$ 4.332,00

Spin 2014 – ficha técnica

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

A Spin 2014 tinha uam carroceria monobloco sobre a plataforma Gamma II, tendo suspensão dianteira McPherson e a traseira por eixo de torção. O tanque era de 54 litros e o bagageiro tinha 710 litros.

Com espaço para sete pessoas, a Spin media 4,360 m de comprimento, 1,735 m de largura, 1,664 m de altura e 2,620 m de entre eixos. Largura e a base eram as mesmas do Chevrolet Cobalt.

Tendo esta estrutura com carroceria alta e volumosa, o cofre do motor tinha um enorme espaço entre o propulsor e o capô, onde bem poderia ter sido criado um compartimento adicional, não fosse a alta temperatura do motor.

Por dentro, grandes espaços sob os assentos não foram aproveitados com gavetas para colocação de objetos importantes, o que ampliaria a versatilidade do modelo.

Motor 1.8
Tipo
Número de cilindros 4 em linha
Cilindrada em cm3 1796
Válvulas 8
Taxa de compressão 10,5:1
Injeção eletrônica Indireta
Potência máxima 106/108 cv a 5.400 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 16,4/17,1 kgfm a 3.200 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas ou automática de 6 marchas
Tração
Tipo Dianteira
Direção
Tipo Hidráulica
Freios
Tipo Discos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson
Traseira Eixo de torção
Rodas e Pneus
Rodas Aço ou liga leve aro aro 15 polegadas
Pneus 195/65 R15
Dimensões
Comprimento (mm) 4.360
Largura (mm) 1.735
Altura (mm) 1.664
Entre eixos (mm) 2.620
Capacidades
Porta-malas (L) 710
Tanque de combustível (L) 53
Carga (Kg) 510 (MT) 450 (AT)
Peso em ordem de marcha (Kg)  1.202 (MT) 1.255 (AT)
Coeficiente aerodinâmico (cx) ND

Spin 2014 – fotos

Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho
Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho
Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho
Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho
Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho
Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho

© Noticias Automotivas. A notícia Spin 2014: consumo, versões, motor, fotos, preços, desempenho é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

COMPARTILHE!