Após estreia pelos Pelicans na NBA, Didi Louzada é elogiado por Stan Van Gundy

Após estreia pelos Pelicans na NBA, Didi Louzada é elogiado por Stan Van Gundy
COMPARTILHE!

Didi Louzada, do New Orleans Pelicans, fez a sua estreia na NBA e marcou seus primeiros pontos na última quarta-feira, na derrota contra o Dallas Mavericks. O brasileiro foi a 35.ª escolha do Draft de 2019 e passou as duas últimas temporadas na liga australiana de basquete, atuando pelo Sydney Kings. Lá ele esteve em quadra em 45 jogos e obteve médias de 10,3 pontos, 3,8 rebotes e 1,8 assistência.

Didi entrou na partida com o cronômetro marcando 2min40s do terceiro quarto e depois jogou todos os 12 minutos no quarto período. Ele terminou com dois pontos e um rebote. “Eu realmente gosto do que ele fez defensivamente”, disse o treinador dos Pelicans, Stan Van Gundy.

“Achei que ele estava muito bem defensivamente. Ele entrou para marcar (Luka) Doncic, que é um grande jogador. Ele superou as expectativas, lutou muito, tem uma base realmente sólida, move bem seus pés. Achei muito positivo para seu primeiro jogo na NBA. Você não poderia estar em uma situação muito mais difícil”, completou o comandante.

Antes da partida, Didi não teve muito tempo de treinamento com a equipe, após assinar contrato no último dia 27. Van Gundy disse que acabaria por colocá-lo na escalação durante a última semana da temporada e fez exatamente isso na quarta-feira. Dadas as circunstâncias, o técnico achou que Didi jogou bem e seguiu com os elogios.

“Você vai jogar seu primeiro jogo, você já treinou uma vez e foi um treino ‘meia-boca’. Você passa um período no hotel e depois nós o mandamos lá e dizemos: ‘marque Luka Doncic!’. Não poderia ter sido uma estreia mais difícil que essa e eu achei que ele fez um trabalho muito bom”, disse Van Gundy.

Com a derrota, os Pelicans foram eliminados da disputa de “play-in” (fase anterior aos playoffs). A equipe tem apenas dois jogos na temporada, o que poderia abrir caminho para Didi ganhar mais minutos em quadra. A franquia de Nova Orleans acredita que o tempo na Austrália ajudou a preparar Didi para essa oportunidade na NBA e que ele pode ser um jogador chave na rotação do elenco na próxima temporada.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *