Após nova frustração, Diniz assume culpa e prega trabalho para recuperar o Santos

Após nova frustração, Diniz assume culpa e prega trabalho para recuperar o Santos
COMPARTILHE!

Derrotado por 3 a 0 para o Bahia na estreia do Campeonato Brasileiro, no último sábado, o Santos voltou a frustrar o torcedor pouco tempo depois da eliminação precoce na Copa Libertadores e o técnico Fernando Diniz assumiu a responsabilidade pelo novo tropeço. Ao comentar sobre os próximos passos do time, ele evitou buscar culpados no elenco e pregou trabalho para buscar a recuperação.

“A gente vai melhorar trabalhando, sem procurar culpados. Não tivemos problemas apenas nas duas laterais. Perdemos como um todo, assim como ganhamos do Boca Juniors como um todo. Temos que melhorar no geral, com todos ajudando na organização defensiva. Não tem setor ou jogador que perdeu, foi uma equipe. E se tem um principal responsável, sou eu”, avaliou o treinador.

O que mais preocupou o torcedor santista durante a partida contra o Bahia foi a facilidade com a qual o time tricolor marcou três gols, com apenas sete minutos de bola rolando no segundo tempo. Com dificuldade para explicar o fato, Fernando Diniz destacou que o Santos terá a chance de se recuperar do baque já nesta terça-feira, quando enfrenta o Cianorte-PR, no estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR), pela rodada de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

“Difícil especular, fazer uma explicação lógica pra três gols em sete minutos. A saída estava mais longe de mim e os três gols mudaram a história do jogo”, disse. “Temos que melhorar a equipe, virar a chave e termos chance de um grande jogo em Cianorte”, completou.

Na disputa do Brasileirão, a equipe paulista tentará mais uma vez somar os primeiros três pontos. O próximo compromisso é contra o Ceará, em partida marcada para o próximo sábado, no estádio da Vila Belmiro, em Santos.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *