Câmara dos EUA aprova projeto de lei para coibir crimes de ódio contra asiáticos

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para coibir crimes de ódio contra asiáticos
COMPARTILHE!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Os deputados dos EUA aprovaram, nesta terça-feira (18), o projeto de lei que prevê a coibição de crimes de ódio contra asiático-americanos e cria orientações sobre como mitigar o uso de linguagem racialmente discriminatória para descrever a pandemia de coronavírus.

A proposta, apresentada em março por Mazie Hirono, senadora do Havaí de origem japonesa, ocorreu dias antes do ataque a tiros que provocou oito mortes -incluindo de seis mulheres asiáticas- em Atlanta.

Com 364 votos favoráveis e 62 contra, todos de deputados republicanos, a legislação também visa criar formas mais assertivas de investigação contra práticas como a do ex-presidente Donald Trump, que usou expressões como “kung flu” e “vírus chinês” para se referir ao coronavírus.

O deputado republicano Jim Jordan, de Ohio, opôs-se ao projeto de lei sob o argumento de que os ataques contra asiático-americanos ocorreram em “cidades democratas”, que, segundo ele, defendem cortes no financiamento da polícia e agora estariam atuando para criar “uma polícia do discurso”.

A oposição republicana na Câmara contrasta com o amplo apoio bipartidário que o projeto recebeu no Senado americano no mês passado -94 votos a 1. O texto agora precisa ser assinado pelo presidente Joe Biden para se tornar lei, o que deve ocorrer até o final da semana, segundo a Casa Branca.

Notícias ao Minuto Brasil – Mundo
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *