Criminosos que combinavam programa para roubar vítimas são presos em flagrante pela Polícia Civil

COMPARTILHE!

Criminosos que combinavam programa para roubar vítimas são presos em flagrante pela Polícia Civil

A vítima desta semana teve roubados R$ 6,8 mil que ela foi obrigada a transferir para duas contas informadas pelos criminosos


Raquel Teixeira

| Polícia Civil-MT

– Foto por: Polícia Civil

Uma investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) para apurar o roubo cometido contra uma profissional do sexo levou à prisão em flagrante de dois suspeitos do crime, na noite desta quinta-feira (13). Um homem de 30 anos e outro de 26 monitorado por tornozeleira eletrônica, foram presos em diferentes bairros da capital após a equipe da Derf apurar as informações passadas por uma vítima.

De acordo com o delegado Marcelo Carvalho, os suspeitos marcavam com garotas de programa em motéis da cidade para depois roubá-las, forçando-as a realizar transferências bancárias ou mesmo utilizando o cartão da vítima para saques.

O delegado informou que pode haver outras vítimas da mesma dupla, que não compareceram à delegacia com receio de se exporem.

Roubo em motel

Na quarta-feira, uma vítima procurou a delegacia e informou que recebeu uma mensagem via aplicativo de mensagem de um homem perguntando o valor do programa. Depois de dizer o valor, o suspeito combinou de encontrá-la em um motel em Cuiabá. Ao chegar no local, a vítima foi surpreendida por dois suspeitos armados, que exigiram dela uma transferência via Pix para a conta de uma empresa. Foram feitas duas transferências que totalizaram R$ 6,8 mil.

Após fazer as transações bancárias, um dos suspeitos pagou a conta do motel enquanto o outro a vigiava. Ela foi obrigada a sair o motel com um dos suspeitos em seu carro, que era seguido pelo outro criminoso em outro veículo, até chegar a um bairro nas proximidades do Centro Político.

Investigação

A partir das informações fornecidas pela vítima, a equipe da Derf Cuiabá iniciou a apuração para identificar e localizar os suspeitos.

Com base nas imagens das câmeras de segurança do motel, os policiais conseguiram identificar a dupla e a empresa que teria recebido o dinheiro que a vítima foi obrigada a transferir.

Um dos suspeitos, de 30 anos, foi localizado e confirmou aos policiais a participação no crime e disse que sua parte com o dinheiro do roubo ele investiu em ações. O comparsa, de 26 anos, foi encontrado em uma residência no bairro Jardim Vitória.

Em buscas em endereços dos suspeitos, os investigadores apreenderam diversos aparelhos eletrônicos e dois cilindros de gás para air soft.

Na apuração para chegar aos autores do roubo, os policiais da Derf Cuiabá identificaram outra roubo realizado pelos suspeitos, com o mesmo modus operandi, no ano passado.

“Eles não chegavam a fazer programas com as vítimas. Elas eram atraídas para serem roubadas. Até o momento é o que conseguimos apurar, que acontece nesses dois casos, da mesma forma”, esclareceu o delegado Marcelo Carvalho.

Os dois suspeitos foram autuados em flagrante por roubo majorado (cometido com grave ameaça  e em concurso de duas ou mais pessoas). Eles serão encaminhados para audiência de custódia do Poder Judiciário.

C

Governo do Estado de Mato Grosso
Read More