Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
COMPARTILHE!

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

O Honda City 2014 chegou ao mercado brasileiro com uma nova versão, a Sport. Ela se posicionava em preço entre as versões DX e LX, ambas com transmissão manual, custando à época R$ 56.470.

Com visual diferenciado, o City Sport tinha ainda transmissão manual, disponível também nas versões DX e LX. Além dessa nova opção, o sedã compacto da Honda trouxe pequenas alterações nas demais versões.

Nas LX e EX, a Honda introduziu novo sistema de áudio 2din com entrada USB e Bluetooth, que apresentava comandos no volante, bem como CD player. Integrado ao painel, ele tinha a companhia de rodas de liga leve aro 16 polegadas na EX.

O City LX ganhou discos de freio nas quatro rodas com sistemas ABS e EDB, mas o DX continuava com tambor atrás e sem o sistema eletrônico antitravamento.

Rival de Chevrolet Cobalt e Toyota Etios Sedan, o Honda City 2014 tinha na versão Sport um visual diferente, com grade em preto fosco, escapamento com ponteira cromada, faróis com máscara negra, lanternas escurecidas e logotipo Sport.

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

Honda City 2014 – detalhes

A grade dianteira inferior e as molduras dos faróis de neblina também eram em preto, mas brilhante. Atrás, a moldura sobre a placa era na cor do carro, mas bem que poderia ter sido em preto brilhante ou fosco também.

Por dentro, o City Sport trazia bancos em couro com padronagem exclusiva, além de nova alavanca de câmbio com um visual mais esportivo, além dos pedais em alumínio, que realçavam a proposta de desempenho do sedã da Honda.

Ainda assim, o modelo não tinha nenhum desempenho extra, sendo equipado com o propulsor L15A 1.5 i-VTEC Flex com até 116 cavalos e 14,8 kgfm, este último tanto na gasolina quanto no etanol.

Naquela geração do City, a transmissão tinha cinco marchas, tanto a manual quanto a automática, similar à usada pelo Honda Fit. Esta vinha com conversor de torque e dava um bom desempenho ao sedã, mas não um consumo exemplar.

O Honda City 2014 tinha assim as versões DX, LX e Sport com câmbio manual, mas a LX tinha opção automática, assim como a topo de linha EX. Bem equipado, o sedã compacto feito em Sumaré, tinha bom espaço interno e porta-malas.

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

Eram 506 litros repeitáveis, que podiam ser ampliados com o banco traseiro bipartido, mas o City não tinha banco traseiro bipartido, embora não houvesse o sistema ULT do Fit, que permite colocar objetos altos no espaço traseiro.

Mesmo assim, o Honda City seguia o irmão monovolume com o tanque central, mas de 47 litros. Com linhas fluidas, o modelo tinha um bom conteúdo, destacando-se ar condicionado automático e volante multifuncional igual do New Civic.

Além disso, trazia um sistema de áudio completo e piloto automático, este com comando na direção também. Sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters, direção elétrica ajustável e bancos em couro podiam fazer parte do pacote.

Não se pode esquecer que as versões mais caras tinham sensor de estacionamento traseiro, assim como a EX vinha com paddle shifts no volante em couro.

Com rodas aro 15 ou 16 polegadas, o City era um carro harmônico em suas linhas e até elegante, tendo boa posição de dirigir e suspensão com calibração ideal para as condições brasileiras.

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

Já o motor era confiável, assim como o câmbio automático, porém, o sistema flex ainda usava tanquinho de combustível com gasolina, envolvido em uma capa de aço naval.

Era necessário sempre abastecer esse tanquinho, visto que a cada partida, seja no frio ou no quente, o injetor adicionava gasolina na partida, de forma a usar o conteúdo do reservatório, evitando assim a degradação do produto por falta de uso.

Com boa dirigibilidade, o Honda City 2014 é um carro bem apreciado por clientes que querem segurança na compra de um usado, sendo um modelo bem valorizado no mercado, mesmo aqueles com alta quilometragem.

Tendo airbag duplo e freios com ABS, estes com discos atrás, exceto no DX, o Honda City também provê a segurança literal em caso de acidentes. Com boa relação custo-benefício, o sedã ainda tem confiabilidade mecânica e bom seguro.

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

Com mais crédito no mercado, o City se torna uma opção interessante para quem não pode comprar à vista. Muitas unidades também são de primeiro dono ainda ou fizeram as revisões em concessionária, mesmo fora da garantia.

Ele tinha as cores Grená Rubi Metálico, Prata Global Metálico, Branco Taffeta Sólido, Cinza Iridium Metálico, Cinza Paladium Metálico e Preto Cristal Perolizado. No City Sport, além destas (exceto Grená), tinha a Vermelho Rally Sólido.

Falando em City Sport, esta versão foi oferecida somente no ano/modelo 2014, visto que a linha 2015 era composta da sexta geração do sedã da Honda, bem diferente em sua composição. Por isso, pode não ser fácil encontrar.

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

O Honda City 2014 tinha frente com faróis simples, tendo piscas e lanternas integrados, mas com máscara negra na versão Sport. A grade com frisos pretos ou cromados, dependendo da versão, é preto fosco na Sport.

O para-choque tinha grade inferior simples e molduras laterais com faróis de neblina, dependendo da versão, inclusive com detalhes em preto brilhante. Nas laterais, rodas de aço com calotas e aro 15 polegadas na versão DX.

Esta tinha pneus 175/65 R15, mas da EX em diante era 185/55 R16, além de rodas de liga leve diamantadas. No Sport eram em preto brilhante. Retrovisores e maçanetas eram na cor do carro e havia antena no teto.

Na traseira, as lanternas pentagonais eram compactas e recortavam a tampa do porta-malas, com moldura na cor do carro ou cromada (EX) sobre a placa. O para-choque tinha refletores e sensor de estacionamento.

Por dentro, o Honda City 2014 tinha painel com linhas exclusivas, com cluster analógico dotado de velocímetro, nível de combustível e conta-giros, além de computador de bordo. O rádio 2din tinha Bluetooth, CD player e USB.

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

O ar condicionado era digital e automático apenas na versão EX, que tinha ainda bancos em couro e volante multifuncional em couro com piloto automático. O City vinha com vidros e travas elétricas, assim como retrovisores.

Atrás, o banco era bipartido e todos os cintos eram de três pontos. Nas demais versões, os bancos eram em tecido. Na versão Sport, havia ainda pedais esportivos de alumínio, bancos em couro, alavanca de câmbio em couro e volante idem.

Já o porta-malas tinha bons 506 litros, com forração em tecido e iluminação. Tinha travamento elétrico pela chave canivete ou internamente por cabo.

Honda City 2014 – versões

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

  • Honda City DX 1.5 manual
  • Honda City LX 1.5 manual
  • Honda City LX 1.5 automático
  • Honda City EX 1.5 automático
  • Honda City Sport 1.5 manual

Equipamentos

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

Honda City DX 1.5 manual – Motor 1.5 com transmissão manual de cinco marchas, mais rodas de aço aro 15 polegadas, calotas integrais, pneus 175/65 R15, para-choques na cor do carro, grade preta, retrovisores e maçanetas na cor do carro, vidros verdes, para-brisa degradê, vidro térmico traseiro, retrovisores externos com controle elétrico, vidros elétricos nas quatro portas, vidro elétrico com one touch para motorista, travamento central elétrico das portas e porta-malas, abertura interna do porta-malas e bocal do tanque, abertura interna do bocal do tanque flex, bancos em tecido, banco do motorista com ajuste de altura, coluna de direção com ajuste em altura, direção elétrica, ar condicionado, preparação para som com quatro alto-falantes e antena no teto, airbag duplo, para-sois com espelhos, espelho retrovisor interno dia e noite, luzes de leitura, iluminação geral, alças no teto, banco traseiro bipartido, cintos de segurança de três pontos para todos, quatro apoios de cabeça, cintos dianteiros com ajustes de altura e pré-tensionadores, porta-copos, porta-objetos, porta-revista, fonte 12V, porta-malas com iluminação e forração em tecido, entre outros.

Honda City LX 1.5 manual – Itens acima e freios a disco nas quatro rodas, computador de bordo, freios com ABS e EDB, sistema de áudio 2din com CD player/aux/USB/Bluetooth, comandos de mídia e telefonia no volante, coluna de direção com ajuste em altura e profundidade, chave canivete com telecomando, rodas de liga leve aro 15 polegadas e sensor de estacionamento.

Honda City LX 1.5 automático – Itens acima, além de transmissão automática de cinco marchas bloqueio de marchas 1, 2 e 3.

Honda City EX 1.5 automático – Itens acima, além de rodas de liga leve aro 16 polegadas, pneus 185/55 R16, bancos em couro, grade cromada, faróis de neblina, volante em couro, piloto automático, ar condicionado automático, volante com paddle shifts, sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters, portas com revestimento em couro e cluster com iluminação branca.

Honda City  Sport manual – Itens do LX manual, mais grade em preto fosco, faróis com máscara negra, grade inferior e molduras frontais em preto brilhante, faróis de neblina, rodas de liga leve aro 16 polegadas, pneus 185/55 R16, rodas em preto brilhante, escape com ponteira cromada, moldura traseira da placa na cor do carro, logotipo Sport, pedais esportivos de alumínio, bancos em couro, volante em couro e alavanca de câmbio em couro.

Preços

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

  • Honda City DX 1.5 manual – R$ 50.990
  • Honda City LX 1.5 manual – R$ 57.390
  • Honda City LX 1.5 automático – R$ 60.450
  • Honda City EX 1.5 automático – R$ 64.990
  • Honda City Sport 1.5 manual – R$ 56.470

Honda City 2014 – motor

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

O Honda City 2014 empregava o motor L15A, um propulsor de quatro cilindros e bloco feito de alumínio, que a marca japonesa lançou em 2000. Esse propulsor tinha ainda cabeçote de alumínio com sistema i-VTEC.

Este sistema, surgido nos anos 80 com a Fórmula 1, permite sincronização e gerenciamento de abertura e fechamento de válvulas em qualquer rotação, garantindo que a cada regime de trabalho, o motor possa obter o melhor rendimento.

Assim, por exemplo, o VTEC pode abrir somente 8 das 16 válvulas em baixas rotações, de modo a obter uma carga de torque maior, que seria naturalmente perdida com todas as válvulas abertas.

Em rotações mais altas, as 16 ficam plenamente em funcionamento, mas variando os tempos com a oscilação das rotações e exigências da condução. O sistema é acionado por corrente, que move uma engrenagem ligada ao eixo comando único.

Um sistema eletro-hidráulico move balancins especiais que são independentes do movimento do eixo comando, garantindo assim a variação. Ainda assim, o comando mecânico precisa mover todas as válvulas.

Com bobinas individuais, coletor de admissão em plástico e coletor de escape integrado, o L15A tem 1.496 cm3 e entregava no Honda City 2014 uma potência de 115 cavalos na gasolina e 116 cavalos no etanol, ambos a 6.000 rpm.

Já o torque era único com 14,8 kgfm a 4.800 rpm para os dois combustíveis, sendo que boa parte é oferecida em baixa rotação. No caso da transmissão, a manual tem cinco marchas e embreagem de acionamento hidráulico.

Para as versões LX e EX, o câmbio automático de cinco marchas com conversor de torque, sem modo Sport, mas com bloqueio de mudança de marchas na primeira, segunda e terceira, com Drive envolvendo quarta e quinta.

Desempenho

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

  • Honda City 1.5 manual – 10,2 segundos e 180 km/h
  • Honda City 1.5 automático – 12,7 segundos e 175 km/h

Consumo

  • Honda City 1.5 manual – 7,8/8,6 km/l e 11,0/12,5 km/l
  • Honda City 1.5 automático – 7,7/8,2 km/l e 11,3/14,0 km/l

Honda City 2014 – manutenção e revisão

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

O serviço de pós-venda do Honda City 2014 inclui plano de manutenção com revisões a cada 10.000 km ou 12 meses, incluindo neles troca de óleo do motor, filtro de óleo, arruela do dreno, filtro de ar do motor, filtro de combustível e velas.

Inclui ainda filtro de ar da cabine, fluido de freio, complemento de óleo da transmissão automática, fluido de refrigeração e correia em V. Pastilhas de freio, lonas de freio, discos de freio, tambores de freio, rolamentos, buchas de balança, etc.

Também podem ser trocados coxins de motor e câmbio, amortecedores e molas, pneus, pivôs de direção, bieletas, entre outros. A rede Honda atende ainda com funilaria, pintura, higienização, limpeza oxi-sanitária e recall com agendamento.

Honda City 2014 – ficha técnica

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

Motor 1.5 i-VTEC
Tipo
Número de cilindros 4 em linha
Cilindrada em cm3 1496
Válvulas 16
Taxa de compressão 10,4:1
Injeção eletrônica Indireta
Potência máxima 115/116 cv a 6.000 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 14,8 kgfm a 4.800 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas ou automático de 5 marchas
Tração
Tipo Dianteira
Direção
Tipo Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson
Traseira Eixo de torção
Rodas e Pneus
Rodas Aço ou liga leve aro 15 ou 16 polegadas
Pneus 175/65 R15 ou 185/55 R16
Dimensões
Comprimento (mm) 4.440
Largura (mm) 1.695
Altura (mm) 1.480
Entre eixos (mm) 2.550
Capacidades
Porta-malas (L) 506
Tanque de combustível (L) 47
Carga (kg) 350
Peso em ordem de marcha (kg)  1.122 (MT) 1.178 (AT)
Coeficiente aerodinâmico (cx) ND

Honda City 2014 – fotos

Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes
Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes

© Noticias Automotivas. A notícia Honda City 2014: motor, consumo, preço, equipamentos, detalhes é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *