Prefeitura busca solução para o atual Lixão de Alta Floresta

Prefeitura busca solução para o atual Lixão de Alta Floresta
COMPARTILHE!

Transformar o lixão em aterro sanitário é o que Alta Floresta almeja. Uma batalha antiga do município que sempre foi muito cobrado na questão “Resíduos Sólidos” e o verdadeiro tratamento que a ele deve ser dado, ou seja, no tocante ao tratamento correto do lixo. Uma situação que vem se arrastando há anos com recordações amargas, inclusive de desleixo, chegando até a ser tomado pelo fogo,  o que não impediu que ações bem intencionadas fossem realizadas, muito embora sem sucesso.

Respaldada pela atual gestão do prefeito Chico Gamba, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, regida pela secretária Gercilene Meira, não tem medido esforços no sentido de buscar uma solução para o problema.

Na última quinta-feira, 20 de maio, a Secretária de Meio Ambiente Gercilene Meira juntamente com a engenheira sanitarista Eloisa Pianoviski recebeu integrantes da empresa SANORTE, sediada no município de SINOP e, na ocasião, representada pelo seu diretor Emerson Basso.

A empresa foi conhecer in-loco o chamado “lixão” e alí analisar a possibilidade de um futuro investimento. A Sanorte é uma empresa que atua no ramo há alguns anos, operando já há dez  no município de sorriso e há oito anos em Sinop.

A empresa que no período da tarde também esteve com o prefeito Valdemar Gamba vê o município com potencial já que Alta Floresta é um polo de desenvolvimento o que segundo o seu diretor Emerson Basso, suscita interesse da empresa em gerar soluções sustentáveis. “O que a nossa empresa faz é contribuir nesse segmento de meio ambiente, de destinação de resíduos sólidos, contribuindo para que Alta Floresta realmente tenha uma politica de desenvolvimento sustentável”, disse o diretor Basso.

Para a secretária de Meio Ambiente Gercilene Meira é uma necessidade do município de Alta Floresta fazer a gestão eficiente dos resíduos sólidos urbanos, então “a gente está em busca de como e de quando fazer, pra que a gente solucione isso e o que é hoje um lixão  transforme  num aterro sanitário, dando condições da sustentabilidade dos resíduos no nosso município”, prevê Gercilene, acrescentando que “Receber a SANORTE é muito importante para o município porque é uma empresa que tem experiência e vamos avaliar todas as possibilidades de como a gente pode estar conversando, dialogando para fazer da melhor forma possível essa gestão dos resíduos no município”.

A secretária destaca que esse contato com a SANORTE foi um primeiro contato como possibilidades, uma vez que a prefeitura está aberta, recebendo varias empresas que também tem interesse em estar visitando o município e fazendo propostas.

Bastante entusiasmado o prefeito Valdemar Gamba promete analisar com carinho a posição da empresa e estará fazendo uma consulta na SEMA em Cuiabá como inicio de uma provável futura negociação uma vez que para o diretor “temos interesse e condições de implantar o nosso projeto no município”.

Fonte: Carlos Alberto de Lima/Assessoria – Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *