Taleban toma distrito estratégico perto de Cabul pouco antes de cessar-fogo

Taleban toma distrito estratégico perto de Cabul pouco antes de cessar-fogo
COMPARTILHE!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Forças de segurança do Afeganistão tentam recuperar um distrito estratégico capturado pelos Talebans nos arredores da capital, Cabul, pouco antes da entrada em vigor de um cessar-fogo de três dias.

Localizado a menos de uma hora de Cabul, o distrito de Nerkh, na província de Wardak, é usado há tempos como ponto de acesso à capital ou como base para lançar ataques. Cerca de 60 mil pessoas vivem no local.

O prefeito de Wardak, Zarifa Ghafari, disse que se o distrito não for recuperado logo, os combates chegarão à capital em poucos dias.

Desde 1º de maio, o Taliban iniciou uma campanha para expandir sua influência após o anúncio de que as tropas americanas, que passaram duas décadas no país, serão totalmente retiradas de lá até 11 de setembro.

Em Nerkh, os insurgentes mataram ou capturaram alguns soldados do governo e forçaram outros a se retirarem após bombardear o centro do distrito.

O ministro da Defesa disse nesta quarta-feira (12) que forças especiais foram enviadas ao distrito após um “recuo tático” na terça e que efetuaram bombardeios aéreos.

Um alto funcionário do governo afirma que a intenção é recuperar o controle antes do início do cessar-fogo acordado com o Taleban para o feriado religioso do Eid, que começa na quinta-feira, porque a trégua daria mais tempo aos insurgentes.
Os territórios na província de Wardak estão em disputa há anos pelos Talebans.

Os combatentes do Taleban rodeiam cada vez mais os grandes centros urbanos, e acredita-se que após a retirada dos americanos eles farão mais ofensivas contras as cidades.

Neste mês, na província de Helmand, no sul, houve ataques intensos que obrigaram milhares de habitantes a fugir, e o exército americano mandou reforços para apoiar as forças afegãs.

No dia 8 de maio, mais de 50 pessoas morreram e cerca de cem ficaram feridas em um bairro do oeste da capital, após uma série de bombas terem explodido na saída de uma escola de meninas. Foi o ataque mais mortal em um ano.

Na segunda-feira, ao menos 11 pessoas morreram devido à explosão de uma bomba na província de Zabul, no sul.

Na terça-feira, o exército americano anunciou que avançou entre 6% e 12% em sua retirada do Afeganistão, que deve se completar antes do dia 11 de setembro.

Notícias ao Minuto Brasil – Mundo
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *