Brasnorte comemora 32 anos com investimentos do Estado em novo aeródromo

Brasnorte comemora 32 anos com investimentos do Estado em novo aeródromo
COMPARTILHE!

Brasnorte comemora 32 anos com investimentos do Estado em novo aeródromo

Estão garantidos R$ 4,5 milhões para as obras do aeródromo; é um dos beneficiados com pavimentação de rodovias e construção de pontes de concreto; patrulha mecanizada e resfriadores de leite foram entregues para atender agricultura familiar; também foram doados cestas básicas e cobertores para famílias carentes


Jairo Sant’Ana

| Secom – MT

– Foto por: Prefeitura de Brasnorte

Brasnorte, cidade localizada no meio oeste mato-grossense, com 20.140 habitantes, distante 576 quilômetros de Cuiabá, 29º município brasileiro com maior produção agrícola em 2019, comemora 32 anos de emancipação administrativa nesta terça-feira, 1º de junho, com investimentos do Governo do Estado em infraestrutura aeroportuária e rodoviária, agricultura familiar e assistência social.

Pelo Programa Mais MT, serão investidos R$ 4,5 milhões no aeródromo do município, para a construção de cerca operacional, pavimentação da pista, sinalização luminosa e auxílio à navegação aérea.

Brasnorte será um dos 10 municípios beneficiados com pavimentação de 145,46 quilômetros e construção de 10 pontes de concreto nas MTs 242, 020, 160, 198, 220, 225, 326, 441, 479 e 487, cujos serviços de elaboração e revisão dos projetos estão contratados. Os projetos também são parte do Programa Mais MT, com investimentos de R$ 4,73 bilhões em infraestrutura na atual gestão (2019-22).

Agricultura familiar

A agricultura familiar de Brasnorte foi beneficiada, em 2019 e 2021, com a entrega de duas patrulhas mecanizadas, com trator agrícola 4×4, carreta basculante e grade aradora.

Em janeiro deste ano, recebeu também quatro resfriadores de leite com capacidade de até mil litros cada, e doses de sêmen convencional de cinco raças leiteiras.

Em parceria com a Prefeitura Municipal e Apae, a Empresa Mato-grossense de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Empaer) promoveu, em meados de 2019, o Dia de Campo sobre a expansão da fruticultura de laranja, limão e maracujá no município, com apresentação de novas tecnologias e serviços voltados para a agricultura familiar.

Dia de Campo debateu expansão da fruticultura de laranja, limão e maracujá no município. Foto Empaer

Assistência Social

Por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) foram entregues 158 cartões do Ser Família Emergencial. Além disso, famílias carentes do município receberam 900 cestas básicas entre 2020 e 2021 pelo programa Vem Ser Mais Solidário, e 107 cobertores pelo Aconchego.

Saúde e repasses

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) repassou ao município 1.675 testes rápidos para detecção do coronavírus e medicamentos para combatê-lo, num total de 72.084 comprimidos, entre azitromicina (8.863), ivermectina (7.090) e dipirona (56.131), também distribuído em gotas, com 1.379 frascos.

Entre 2020 e 2021, o Governo do Estado repassou R$ 42.879 milhões aos cofres municipais em ICMS, IPVA e Fethab; R$ 2,08 milhões em assistência social, transporte escolar e emendas parlamentares, entre 2019 e 2020; e R$ 1,875 milhão em fundos de saúde entre 2019, 2020 e 2021.

Economia

Na 29ª colocação entre os municípios brasileiros com maior produção agrícola, Brasnorte tem a agropecuária como carro-chefe de sua economia. Com R$ 433,2 milhões, o setor é o principal componente, seguido por serviços (R$ 284,25 milhões), do Produto Interno Bruto (PIB) municipal de 2018, avaliado em R$ 965,779 milhões, segundo o IBGE.

Administração pública (R$ 124,25 milhões), impostos (R$ 71,9 milhões) e indústria (R$ 52,26 milhões) fecham a soma. O PIB per capita é R$ 50.175,57.

Em 2020, foi incorporado ao universo empresarial brasnortense, um frigorífico da JBS, com capacidade inicial de processamento de 500 animais por dia e investimento de R$ 70 milhões.

Oitavo maior produtor estadual de milho em 2019, segundo o IBGE, com 828 mil toneladas, Brasnorte respondeu ainda com 772,8 mil toneladas de soja, 40,8 mil de algodão, 9,36 de arroz, além feijão, mandioca, abacaxi, banana, batata-doce, cacau, cana-de-açúcar, laranja, limão, mamão, maracujá, melancia, melão, tomate.

Ficou em segundo no ranking brasileiro na colheita de girassol, com 14,8 mil toneladas.

Brasnorte é o segundo maior produtor brasileiro de girassol – Foto Secom MT

O rebanho bovino é composto por 443,5 mil cabeças, com 3,7 vacas ordenhadas e uma produção de 5,8 milhões de litros de leite; o rebanho galináceo por 41 mil cabeças, das quais 17,8 mil galinhas e 109 mil dúzias de ovos; 10.542 suínos (1.079 matrizes), 5.642 ovinos, 4.263 equinos, 429 bubalinos e 253 caprinos, além de 211 toneladas de peixe em cativeiro e 655 kg de mel de abelha.

Brasnorte explorou, ainda em 2019, mais de 100 mil m3 de lenha (80%) por silvicultura e 35 mil m3 de madeira em tora, dos quais 23 mil m3 por extrativismo; castanha do brasil, borracha, 2,7 mil hectares de eucalipto e 2,1 mil com árvores de outras espécies.

História

O início foi em 1978, com a chegada de contingentes vindos do Oeste do Paraná, especialmente de locais alagados pela Usina de Itaipu. As primeiras casas foram construídas com madeira subida em balsa pelos rios do Sangue e Cravari. A primeira serraria é de 1979, ano de fundação da primeira escola.

O nome Brasnorte é uma sigla Brasil-Norte e o distrito foi criado em novembro de 1980, subordinado a Diamantino. Nas eleições de 1982, elegeu o vice-prefeito de Diamantino, com resultados positivos – instalação da rede elétrica, patrolamento de ruas, arborização da principal avenida, construção de cinco escolas rurais e instalação de sala cirúrgica no Posto de Saúde.

O município foi criado em setembro de 1986, mas a emancipação definitiva ocorreu quase três anos depois, em 1º de junho de 1989.

C

Governo do Estado de Mato Grosso
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *