Nova York: Supremo suspende licença de Giuliani para exercer advocacia

Nova York: Supremo suspende licença de Giuliani para exercer advocacia
COMPARTILHE!

O Supremo Tribunal do estado de Nova York suspendeu, esta quinta-feira, a licença de exercício de advocacia de Rudy Giuliani, ex-advogado de Donald Trump e presidente da Câmara de Nova York.

O tribunal considerou que Rudy Giuliani prestou declarações “falsas e enganadoras” nas suas tentativas de anular, na Justiça, os resultados da última eleição presidencial.  

Concluímos que a conduta do réu ameaça o interesse público“, pode ler-se num comunicado divulgado pelo tribunal, citado pela imprensa internacional. 

Giuliani foi uma figura central na tentativa do ex-presidente encontrar maneiras de desacreditar o então adversário político na corrida à Casa Branca, o democrata Joe Biden – que venceu as eleições presidenciais de 3 de novembro – através da criação de polémicas sobre Hunter Biden, um dos filhos do democrata, que está atualmente a ser acusado de fraude fiscal pelo Departamento de Justiça.

Notícias ao Minuto Brasil – Mundo
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *