Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
COMPARTILHE!

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

O Peugeot 208 Allure é uma versão intermediária do hatch compacto da marca francesa no mercado brasileiro, ficando entre as versões Active e Griffe, passando por duas gerações do modelo fabricado no Brasil e Argentina.

Na geração atual, que usa a plataforma modular CMP, o 208 Allure é produzido em El Palomar, perto de Buenos Aires. Na geração anterior, sobre a base PF1, era produzido em Porto Real-RJ.

Mesclando itens básicos da Active com alguns elementos presentes na Griffe, a Allure é uma opção boa em custo-benefício, sendo bem valorizada ao longo do tempo por seu conteúdo e preço mais acessível que o topo de linha.

No Novo Peugeot 208, essa opção é ainda mais recheada e tem diversos que a tornam quase como uma versão top, tendo entre outros, cluster digital 3D, bancos em couro, teto solar elétrico com vidro panorâmico, etc.

O 208 Allure atual tem rodas de liga leve aro 16 polegadas, multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, seis airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de rampa, carregamento indutivo de smartphone e chave presencial.

Peugeot 208 Allure – detalhes

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

Nele são encontrados ainda tweeters, escape cromado, câmera de ré, ar condicionado dual zone, controle de cruzeiro com limitador de velocidade, volante com assistência elétrica e paddle shifts, navegador GPS, sendo estes últimos do antigo.

Com um pacote visual atraente, o Peugeot 208 Allure praticamente dispensa a versão Griffe, ainda mais por compartilhar com essa a motorização EC5M 1.6 16V com 115 cavalos na gasolina e 118 cavalos no etanol.

O câmbio automático de seis marchas da Aisin tem ainda os modos Eco e Sport, bem como mudanças manuais na alavanca e nos paddle shifts. No 208 Allure, o padrão de acabamento é muito acima da Active.

Mas, desde o início, o Peugeot 208 Allure trazia um bom conteúdo por um preço mais justo que a Griffe, sempre muita cara. Lançado em 2013, o hatch sucessor do Peugeot 207 e rival de Chevrolet Onix e Hyundai HB20, não fazia feio.

O Allure já vinha com rodas de liga leve aro 15 polegadas, multimídia com USB e Bluetooth, navegador GPS integrado, teto panorâmico, volante multifuncional em couro, chave-canivete com telecomando e faróis com luzes diurnas em LED.

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

O Novo 208 Allure vinha ainda com lanternas em LED, direção elétrica, computador de bordo, faróis de neblina, porta-luvas com luz e resfriamento, detalhes externos na cor do carro, entre outros.

Contudo, tinha somente freios ABS, airbag duplo,vidros elétricos apenas na frente, retrovisores elétricos, dois apoios de cabeça atrás, banco traseiro inteiriço, ar condicionado manual, bancos em tecido, entre outros que podiam melhorar.

Na época, o Peugeot 208 Allure tinha motor TU4M 1.5 8V com 89 cavalos na gasolina e 93 cavalos no etanol, além de um bom torque de até 14,2 kgfm a 3.000 rpm, mas só havia opção manual de cinco marchas.

Com o tempo, recebeu pequenas adições em equipamento até a chegada da atualização de estilo do 208 na linha 2017. Assim, a versão Allure incorporou alguns itens faltantes, como ar condicionado dual zone e vidros traseiros elétricos.

Também adicionou ao quinto passageiro cinto de 3 pontos e apoio de cabeça, enquanto entregava airbags laterais, pneus de baixa resistência à rolagem, sensor de estacionamento e piloto automático com limitador de velocidade, entre outros.

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

Visualmente atualizado na frente e com novas rodas de liga leve, trazia ainda um novo motor, o EB2FF de três cilindros e 1.2 litro, que entregava 84 cavalos na gasolina e 90 cavalos no etanol. O câmbio permanecia manual de cinco marchas.

Contudo, este Peugeot 208 Allure atualizado, trazia uma enorme economia de combustível com o propulsor importado da França, chegando a fazer 15 km/l na cidade e quase 17 km/l na estrada. Tinha desempenho aceitável diante da frugalidade.

O Peugeot 208 Allure 2022 vem com faróis duplos dotados de luzes diurnas em LED “sabres”, grade com elementos cromados e acabamento preto, assim como para-choque com deflexão como spoiler.

Também tem rodas de liga leve aro 16 polegadas diamantadas, bem como sensor de estacionamento, retrovisores e maçanetas na cor do carro, repetidores de direção em LED, teto solar panorâmico, antena no teto e lanternas em LED.

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

Ele vem ainda com defletor de ar traseiro, moldura preta no conjunto ótico traseiro, volante hexagonal em couro, cluster digital com efeito 3D, direção elétrica adaptativa, ar condicionado dual zone, bancos em couro, vidros e travs elétricas, etc.

Tem ainda multimídia com Apple CarPlay e Google Android Auto, podendo assim usar os apps Google Maps e Waze, além de câmera de ré, Bluetooth e USB com duas portas. O interior escurecido tem seis airbags, Isofix e cintos completos.

Retrovisores elétricos e piloto automático com limitador também fazem parte do Peugeot 208 Allure 2022, assim como porta-malas com 265 litros e chave presencial com botão de partida, pneus 195/55 R16, entre outros.

208 Allure – modelo antigo

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

O Peugeot 208 Allure 2013 foi o primeiro modelo dessa versão e tinha faróis compactos com luzes diurnas em guias de LED integrais. A grade cromada com o leão no capô era outro item, assim como os faróis de neblina cromados.

Tinha ainda rodas de liga leve aro 15 polegadas com pneus 195/60 R15, lanternas em LED, retrovisores e maçanetas na cor do carro, vidros climatizados, interior com i-Cockpit com cluster amplo e volante oval pequeno.

Direção elétrica e ar condicionado faziam parte do pacote, bem como vidros dianteiros elétricos. Os bancos em tecido tinham bom acabamento e o painel vinha com porta-luvas grande, dotado de iluminação e refrigeração.

Na atualização de 2017, destacava-se ar condicionado dual zone, controle de cruzeiro com limitador, airbags laterais, sensor de estacionamento e mais segurança para o quinto passageiro.

O Peugeot 208 Allure anterior tinha 285 litros no porta-malas e pesava pouco mais de uma tonelada. O modelo presente tem mais de 1,2 tonelada e 20 litros a menos no bagageiro, mesmo medindo 4,05 m contra 3,97 m do anterior.

Peugeot 208 Allure – equipamentos

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

 

208 Allure 1.5 Manual – Motor 1.5 e transmissão manual de cinco marchas, mais ar condicionado, direção elétrica, coluna de direção ajustável em altura e profundidade, rodas de liga leve aro 15 polegadas, faróis com luzes diurnas em LED, lanternas em LED, airbag duplo, freios ABS com EDB, multimídia com tela de 7 polegadas, navegador GPS, Bluetooth, USB, auxiliar, computador de bordo, volante com acabamento cromado, teto panorâmico,  vidros dianteiros elétricos, travamento central elétrico, chave-canivete com telecomando, volante multifuncional em couro, detalhes cromados, faróis de neblina, vidros verdes, para-brisa degradê, vidro térmico traseiro, vidros traseiros manuais, banco traseiro rebatível, fonte 12V, porta-luvas com iluminação e refrigeração, bancos em tecido, banco do motorista com ajuste em altura, cintos de 3 pontos para todos, apoios de cabeça laterais, para-sois com espelhos, retrovisor interno dia e noite, alças no teto, porta-revistas, iluminação no porta-malas, alarme, para-choques na cor do carro, maçanetas e retrovisores na cor do carro, sistema de som com quatro alto-falantes, entre outros.

208 Allure 1.2 Manual – Itens acima, mais motor 1.2, vidros elétricos nas portas traseiras, luzes de emergência em frenagem forte, cinto traseiro central de 3 pontos, apoios de cabeça para o quinto passageiro, desembaçador e limpador integrado à ré, pneus de baixa resistência à rolagem, airbags laterais, ar condicionado dual zone, sensor de estacionamento traseiro e controle de cruzeiro com limitador de velocidade.

208 Allure 1.6 Automático – Itens acima, mais motor 1.6 e transmissão automática de seis marchas com modos Eco e Sport, volante com paddle shifts, rodas de liga leve aro 16 polegadas, pneus 195/55 R16, retrovisores com repetidores de direção, escapamento cromado, cluster digital 3D, bancos em couro, airbags de cortina, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, Isofix, câmera de ré, chave presencial, botão de partida, dois tweeters, carregamento de smartphone por indução, direção elétrica variável, teto solar panorâmico, ganchos para bagagem no bagageiro, projeção para Apple Carplay e Android Auto, reconhecimento de voz, 2 USB, entre outros.

Preços

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

  • 208 Allure 1.5 Manual – R$ 45.990
  • 208 Allure 1.2 Manual – R$ 54.990
  • 208 Allure 1.6 Automático – R$ 86.590

Peugeot 208 Allure – motor

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

O Peugeot 208 Allure foi equipado com três motores e mais adiante receberá um quarto, mas antes disso, falemos dos anteriores. Essa versão do hatch compacto francês começou com o TU4M, que era o 1.5 com o qual estreou em 2013.

Com bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio, ele era derivado do TU4 1.4, que foi usado no 206 e no 207. A PSA modificou o propulsor para aumentar seu volume para 1.449 cm3.

Além disso, manteve as duas válvulas por cilindro do 1.4, porém, aumentou potência e torque. Com taxa de compressão de 12,5:1, o motor ganhou injeção eletrônica multiponto com partida a frio dotada de pré-aquecimento do combustível.

Isso permitiu a eliminação do tanquinho de gasolina no cofre do motor e partidas mais rápidas. Com correia dentada, o TU4M foi um tapa buraco usado também nos Citroën C3 e Aircross.

A linhagem TU é muito antiga e remonta a 1982, sendo um motor equivalente ao Família I da GM e às séries D, K e F da Renault. Com essa modificação, o 1.5 8V passou a ter 89 cavalos na gasolina e 93 cavalos no etanol, ambos a 5.500 rpm.

Os torques vinham a 3.000 rpm, garantindo boa resposta, sendo o primeiro de 13,5 kgfm e o segundo com 14,2 kgfm. Mas, o Peugeot 208 Allure trocaria este TU4M pelo EB2FF (FlexFuel) no modelo 2017.

Importado da França, o EB2 é conhecido como Puretech, mas teve seu projeto feito com a Renault, onde é conhecido como H4, sendo construído em alumínio e com bloco de três cilindros. O cabeçote tem duplo comando variável.

Com 12 válvulas, o Puretech 1.2 foi flexibilizado em combustível para atuar no Brasil, mas somente na versão aspirada, que na França tem 82 cavalos. Aqui, com seus 1.199 cm3, o propulsor entregou mais por causa do álcool na gasolina.

Assim, ele passou a ter 84 cavalos na gasolina e 90 cavalos no etanol, ambos a 5.750 rpm. Os torques eram menores que do 1.5, tendo assim 12,2 kgfm no derivado de petróleo e 13,0 kgfm no combustível vegetal, a 2.750 rpm.

Infelizmente esse motor só é usado no Novo 208 vendido na Argentina, dado que é de alta economia e bom desempenho. O EB2 tem variantes com turbo e injeção direta, entregando 110/116 ou 130/136 cavalos. Recentemente ganhou versão 1.3.

Por fim, o Peugeot 208 Allure atual o longevo EC5M, o mesmo propulsor que foi atualizado na geração anterior, sendo uma evolução do antigo TU4 e rebatizado de EC5 quando também estreou no 208 em 2013.

Com bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio de 16 válvulas, com variação apenas na admissão, o propulsor de quatro cilindros com 1.587 cm3 recebeu modificações para ficar mais econômico no 208 anterior.

Tendo seus comandos acionados por correia dentada, o EC5M tem 115 cavalos na gasolina e 118 cavalos com etanol, ambos a 5.750 rpm. Já os torques são de 15,4 kgfm no primeiro e 15,5 kgfm no segundo, obtidos a 4.000 rpm.

Esse motor também tem injeção multiponto com partida a frio por pré-aquecimento, trabalhando com uma caixa automática de seis marchas da Aisin, que substituiu no anterior a AT8 de quatro marchas, evolução da polêmica AL4.

Com modos Eco e Sport, traz ainda mudanças sequenciais na alavanca ou em paddle shifts. O Peugeot 208 Allure futuramente receberá o motor GSE Turbo Firefly 1.0 da Stellantis.

Desempenho

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

  • 208 Allure 1.5 Manual – 10,9 segundos e 181 km/h
  • 208 Allure 1.2 Manual – 12,8 segundos e 177 km/h
  • 208 Allure 1.6 Automático – 12,0 segundos e 190 km/h

Consumo

  • 208 Allure 1.5 Manual – 8,0/9,6 km/l e 11,6/14,3 km/l
  • 208 Allure 1.2 Manual – 10,9/11,7 km/l e 15,1/16,9 km/l
  • 208 Allure 1.6 Automático – 7,5/9,0 km/l e 10,9/13,1 km/l

Peugeot 208 Allure – manutenção e revisão

Revisão 10.000 km 20.000 km 30.000 km 40.000 km 50.000 km 60.000 km Total
1.5 R$ 493,00 R$ 858,00 R$ 493,00 R$ 1.153,00 R$ 493,00 R$ 858,00 R$ 4.348,00
1.2 R$ 495,00 R$ 866,00 R$ 495,00 R$ 1.129,00 R$ 495,00 R$ 866,00 R$ 4.346,00
1.6 AT R$ 493,00 R$ 982,00 R$ 493,00 R$ 1.271,00 R$ 493,00 R$ 982,00 R$ 4.714,00

Peugeot 208 Allure – ficha técnica

Motor 1.5 (PF1) 1.2 (PF1) 1.6 (CMP)
Tipo
Número de cilindros 4 em linha 3 em linha 4 em linha
Cilindrada em cm3 1449 1199 1587
Válvulas 8 12 16
Taxa de compressão 12,5:1 12,5:1 12,5:1
Injeção eletrônica Indireta Indireta Indireta
Potência máxima 89/93 cv a 5.500 rpm (gasolina/etanol) 84/90 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol) 115/118 cv a 5.750 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 13,5/14,2 kgfm a 3.000 rpm (gasolina/etanol) 12,2/13,0 kgfm a 2.750 rpm (gasolina/etanol) 15,4/15,5 kgfm a 4.000 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas Manual de 5 marchas Automático de 6 marchas
Tração
Tipo Dianteira Dianteira Dianteira
Direção
Tipo Elétrica Elétrica Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e tambores traseiros Discos dianteiros e tambores traseiros Discos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson McPherson McPherson
Traseira Eixo de torção Eixo de torção Eixo de torção
Rodas e Pneus
Rodas Liga leve aro 15 polegadas Aço aro 15 polegadas Liga leve aro 16 polegadas
Pneus 195/60R15 195/60R15 195/55 R16
Dimensões
Comprimento (mm) 3.966 3.975 4.055
Largura (mm) 1.702 1.702 1.738
Altura (mm) 1.472 1.472 1.453
Entre eixos (mm) 2.541 2.541 2.538
Capacidades
Porta-malas (L) 285 285 265
Tanque de combustível (L) 55 55 47
Carga (Kg) ND ND ND
Peso em ordem de marcha (Kg) 1.086 1.073 1.249
Coeficiente aerodinâmico (cx) 0,32 0,33 0,33

Peugeot 208 Allure – fotos

Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços
Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços

© Noticias Automotivas. A notícia Peugeot 208 Allure: anos, motores, consumo, equipamentos, preços é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *