Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
COMPARTILHE!

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

O Pajero Dakar 2012 chegou ao mercado com opção de motor diesel 3.2, tendo ainda recebido versões mais simples com transmissão manual ou automática, ambos com diesel, além de alguns itens série.

Entre eles bancos em couro de série, acabamento geral em preto e ainda rodas de liga leve aro 17 polegadas na versão de entrada, que era oferecida somente com diesel. A versão HPE era a única com opção de V6 3.5 Flex e sete lugares.

Além disso, o Pajero Dakar recebeu sete novas cores, sendo elas Verde Pantanal, Vermelho Bordeaux, Branco Alpino, Prata Técno, Cinza Londrino, Prata Rodhium e Preto Ônix. O SUV de chassi de longarinas tinha quatro versões ao todo.

Irmão da Mitsubishi L200 Triton e rival da Toyota SW4, o Pajero Dakar 2012 era apresentado com os motores 4M41 e 6G74, sendo o primeiro um diesel 3.2 com turbo, intercooler e injeção eletrônica Common Rail.

Com 165 cavalos e 38,1 kgfm, era o mesmo motor do Pajero Full e dava ao Pajero Dakar uma boa autonomia, assim como também força suficiente para enfrentar o fora de estrada com sua tração 4×4 com modos do Super Select 4WD.

Pajero Dakar 2012 – detalhes

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

Estes eram associados com a transmissão automática INVECS-II (Intelligent & Innovative Vehicles Electronic Control System) de quatro velocidades. No V6 3.5 Flex, que tinha 200 cavalos na gasolina e 205 cavalos no etanol, era diferente.

O câmbio automático tinha cinco marchas e também o INVECS-II. Esse sistema tinha ainda o Sports Mode, com trocas manuais, além de armazenar informações da condução e assim adaptar-se ao estilo do motorista.

A tração nas quatro rodas tinha um sistema que permitia selecionar 4×2, 4×4 e 4×4 com reduzida, sendo que a segunda podia ser trocada até 100 km/h, enquanto a última apenas com o veículo parado.

Além disso, o 4×4 com reduzida só podia ser usada em condições extremas, para evitar desgaste ou quebra do sistema em velocidades maiores. Com suspensão elevada, tendo duplo braço dianteiro e eixo rígido traseiro, era ótima para off-road.

O ângulo de entrada era de 36° e o de saída tinha 25°, bem como inclinação lateral de 45° e ângulo de subida de 35°. Assim, o Pajero Dakar 2012 podia enfrentar lamaçais e outras condições ruins, como cursos d’água e alagados.

Leia também sobre o Pajero Dakar 2019.

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

Com espaço para até sete passageiros, o SUV oferecia conforto para dirigir e para passageiros, tendo bom espaço interno e ajustes da segunda fileira, bem como extensão do ar condicionado e um porta-malas com 450 ou 115 litros (7 lugares).

Era bem equipado, com ar condicionado, multimídia com DVD, CD e GPS, acabamento em couro, banco do motorista elétrico, rodas de liga leve aro 17 polegadas, faróis de neblina, entre outros.

Adequado para viagens longas, o Pajero Dakar podia rodar quase 800 km com um tanque de diesel, que era menor que o da versão flex, tendo apenas 70 litros contra 90 do V6. Se tivesse o mesmo, faria mais de 1.000 km de autonomia.

Ainda que os atributos fossem bons, o visual já estava datando e isso ficou evidente diante da Chevrolet Trailblazer e da segunda geração da Toyota SW4. Por muito tempo, a Mitsubishi sustentou o modelo Dakar até a nova Pajero Sport.

O Pajero Dakar 2012 tinha um visual fluido com frente envolvente, tendo ela faróis retangulares com dupla parábola com projetor de facho baixo, incorporando ainda lanternas e repetidores de direção.

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

A grade era dupla e tinha cinco frisos cromados em cada lado, além da parte central com o logotipo dos três diamantes, enquanto o para-choque era alto e envolvente, tendo faróis de neblina com molduras prateadas e boca de refrigeração.

A grelha inferior era protegida ainda por um enorme skid plate metálico, reforçando a presença do Pajero Dakar no fora de estrada. Nas extremidades, acabamento preto. O capô era curvado, assim como os para-lamas.

Já as laterais tinham saias de rodas com molduras abauladas, frisos protetores nas portas (na cor do carro) e estribos para facilitar o ingresso no veículo. Na versão de acesso, retrovisores e maçanetas eram na cor da carroceria.

No caso da HPE, eles eram cromados e os espelhos externos eram rebatidos automaticamente. No teto, barras longitudinais pretas e antena pronunciada. Com para-barros nas rodas, o Pajero Dakar tinha rodas de liga leve aro 17.

Eles iam com pneus 265/65 R17, tendo ainda um estepe sob o chassi. A traseira apresentava lanternas de desenho fluido, cortadas pela tampa do bagageiro. Esta vinha com vigia ampla dotada de limpador e lavador, bem como desembaçador.

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

Abaixo, a tampa tinha suporte de placa é um logotipo que remetia ao rali Paris-Dakar. O para-choque envolvente trazia a parte inferior em cor preta, tendo esta refletores, luz de ré e sensores de estacionamento.

Por dentro, o Pajero Dakar 2012 trazia um interior coerente com a proposta, tendo volante esportivo – o mesmo do último Mitsubishi Eclipse – com acabamento em couro e comandos de mídia, telefonia e piloto automático.

A coluna de direção tinha assistência hidráulica e ajuste em altura, enquanto o cluster analógico tinha conta-giros, velocímetro, nível de combustível, temperatura da água e computador de bordo. Na parte central, o acabamento era prata.

Havia uma tela de multimídia com sensibilidade ao toque, tendo ainda reprodutor de DVD, CD e mídias através de Bluetooth e USB ou auxiliar. Um navegador GPS tinha 1.270 cidades mapeadas num sistema já bem desatualizado.

O ar condicionado era manual, mas havia um segundo aparelho para as duas fileiras traseiras. No túnel, a alavanca tinha pomo em couro e tinha seletor com opção de mudança manual. Essa opção também ativava o modo Sport.

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

Ao lado, ficava a alavanca do sistema 4×4, com opção de 4×2, 4×4 ou 4×4 com reduzida. Atrás, ficava o freio de estacionamento com porta-copos ao lado e apoio de braço com porta-objetos.

Os bancos eram em couro com ajuste em altura para o motorista ou elétrico na versão HPE. Atrás, o banco era bipartido com ajustes de inclinação e distância do assento, possibilitando ingresso na terceira fileira com bancos individuais.

No teto, difusores de ar e alças, além de luzes de leitura e para-sois com espelhos iluminados, além de retrovisor interno dia e noite. Cintos de segurança de 3 pontos para todos os ocupantes, incluindo na terceira fileira, como apoio de cabeça.

No bagageiro, iluminação e cobertura retrátil, tendo ainda travas de segurança nas portas traseiras e vidros com bloqueio eletrônico. Além disso, trazia airbag duplo e cintos dianteiros com pré-tensionadores.

Pajero Dakar 2012 – versões

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Manual
  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Automática
  • Mitsubishi Pajero Dakar HPE 3.5 Flex Automática 7 Lugares
  • Mitsubishi Pajero Dakar HPE 3.2 Diesel Automática 7 Lugares

Equipamentos

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Manual – Motor diesel 3.2 e transmissão manual de cinco marchas, mais faróis duplos, faróis de neblina, rodas de liga leve aro 17 polegadas, pneus 265/65 R17, grade cromada, retrovisores e maçanetas na cor do carro, estribos, repetidores de direção nos para-lamas, freios a disco nas quatro rodas, freios com ABS, airbag duplo, lavador e limpador do vidro traseiro, vidro traseiro térmico, vidros verdes, para-brisa degradê, antena no teto, barras longitudinais no teto, sensor de estacionamento, ar condicionado, direção hidráulica, coluna de direção ajustável em altura, vidros elétricos, travamento central elétrico, retrovisores externos com controle elétrico, chave-canivete com telecomando, alças nas colunas e teto, bancos em couro, banco do motorista com ajuste em altura, cinco lugares, cobertura do bagageiro, luzes de leitura, saídas de ar condicionado traseiras, porta-copos, porta-luvas com iluminação, porta-garrafas, computador de bordo, multimídia com tela de 7 polegadas sensível ao toque, navegador GPS, reprodutor de DVD e CD, Bluetooth, MP3, volante em couro multifuncional, controle de cruzeiro, sensor de chuva, sensor crepuscular, fonte 12V, travas de segurança nas portas traseira, bloqueio eletrônico dos vidros, regulagem elétrica dos faróis, sistema 4×4 com seletor de modos de tração, bloqueio do diferencial traseiro, 4×4 com reduzida, bagageiro iluminado, banco traseiro bipartido, cintos de segurança de 3 pontos, apoios de cabeça para todos, encostos traseiros reclináveis e assentos ajustáveis em distância, estepe sob o chassi, entre outros.

Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Automática – Itens acima, mais transmissão automática de quatro marchas com conversor de torque e mudanças manuais na alavanca.

Mitsubishi Pajero Dakar HPE 3.5 Flex Automática 7 Lugares – Itens acima, mais motor V6 3.5 flex e transmissão automática de cinco marchas com conversor de torque e mudanças manuais na alavanca, retrovisores e maçanetas cromados, friso cromado traseiro, sete assentos, ar condicionado independente para duas fileiras traseiras e banco do motorista com ajuste elétrico.

Mitsubishi Pajero Dakar HPE 3.2 Diesel Automática 7 Lugares – Itens acima, mais motor diesel 3.2 litros e transmissão automática de quatro marchas com conversor de torque e mudanças manuais na alavanca.

Preços

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Manual – R$ 129.990
  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Automática – R$ 135.990
  • Mitsubishi Pajero Dakar HPE 3.5 Flex Automática 7 Lugares – R$ 134.990
  • Mitsubishi Pajero Dakar HPE 3.2 Diesel Automática 7 Lugares – R$ 151.990

Pajero Dakar 2012 – motor

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

O Pajero Dakar 2012 foi equipado com dois motores diferentes no mercado nacional, sendo o V6 3.5 6G74 e o diesel 3.2 4M41. O primeiro é parte da série Cyclone, que surgiu em 1986, partindo de um interessante V6 2.0 litros.

É a mesma série do motor V6 3.8 do Pajero Full, mas este tem volume menor, com 3.497 cm3, sendo parte da família 6G7 e lançado em 1992, tendo versões com comando simples ou duplo em cada cabeçote, com 2 ou 4 válvulas.

O 6G74 equipou os grandes sedãs da Mitsubishi, além da L200 Triton aqui no Brasil e em outras regiões. Com bloco de ferro fundido e 24 válvulas sem variação, além de injeção multiponto e tecnologia flex com tanquinho de gasolina.

Com taxa de compressão de 9:1, o 6G74 do Pajero Dakar entregava 200 cavalos na gasolina e 205 cavalos com etanol, ambos a 5.000 rpm, além de 31,5 kgfm no primeiro e 33,5 kgfm no segundo, ambos a 3.500 rpm.

Ele era equipado unicamente com uma caixa automática de cinco marchas e mudanças manuais. Já o 4M41 era um 3.2 com exatos 3.200 cm3, introduzindo turbo, intercooler e injeção Common Rail.

Com quatro cilindros e duplo comando no cabeçote, acionado igualmente por corrente, tinha quatro válvulas por cilindro sem variação e entregava 165 cavalos a 3.800 rpm com 38,1 kgfm a 2.000 rpm.

Sua transmissão podia ser manual de cinco marchas ou automática com quatro velocidades, mas ainda com mudanças manuais na alavanca, como no V6 3.5 de cinco marchas.

Desempenho

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Manual – 13 segundos e 180 km/h
  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Automática – 14 segundos e 175 km/h
  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.5 Flex Automática – 13 segundos e 182 km/h

Consumo

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Manual – 9,5/11,5 km/l
  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.2 Diesel Automática – 9,0/11,0 km/l
  • Mitsubishi Pajero Dakar 3.5 Flex Automática – 4,5/6,0 km/l e 6,0/8,0 km/l

Pajero Dakar 2012 – manutenção e revisão

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

A Mitsubishi tem plano de manutenção para o Pajero Dakar 2012 com revisões a cada 10.000 km ou 12 meses, mas em condições de uso severo, a marca japonesa recomenda intervalos cortados pela metade, de modo a proteger o veículo.

Na rede MIT, os serviços incluem inspeção de um determinado número de itens, assim como a troca de itens comuns da revisão, como óleo do motor, filtro de óleo, filtro de combustível, filtro de ar do motor, filtro de ar da cabine e velas.

Também são trocados fluido de freio, fluido de direção hidráulica, correia em V, líquido de refrigeração, filtro separador de partículas (diesel), entre outros. Ainda são feitos serviços para as peças de desgaste natural com custo à parte.

Nesses, estão incluídos pastilhas de freio, discos de freios, coxins de motor e câmbio, buchas de bandejas, pivôs de direção, bieletas, buchas das barras estabilizadoras, amortecedores, batentes da carroceria, molas, rolamentos, etc.

Há também complemento do fluido do sistema hidráulico do 4×4, fluido hidráulico da transmissão automática, rodízio de pneus, troca de pneus, alinhamento, balanceamento, cambagem, pintura, funilaria, recall, instalação de acessórios, etc.

Pajero Dakar 2012 – ficha técnica

Motor 3.2 diesel 3.5 V6
Tipo
Número de cilindros 4 em linha 6 em V
Cilindrada em cm3 3200 3497
Válvulas 16 24
Taxa de compressão 17:1 9:1
Injeção eletrônica Direta, turbo Indireta
Potência máxima 165 cv a 3.800 rpm (diesel) 200/205 cv a 5.000 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 38,1 kgfm a 2.000 rpm (diesel) 31,5/33,5 kgfm a 3.500 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Manual de 5 marchas ou automático de 4 marchas Automático de 5 marchas
Tração
Tipo 4×4 4×4
Direção
Tipo Hidráulica Hidráulica
Freios
Tipo Discos dianteiros e tambores traseiros Discos dianteiros e tambores traseiros
Suspensão
Dianteira Braços sobrepostos Braços sobrepostos
Traseira Eixo rígido Eixo rígido
Rodas e Pneus
Rodas Liga leve aro 17 polegadas Liga leve aro 17 polegadas
Pneus 265/65 R17 265/65 R17
Dimensões
Comprimento (mm) 4.695 4.695
Largura (mm) 1.815 1.815
Altura (mm) 1.840 1.840
Entre eixos (mm) 2.800 2.800
Capacidades
Porta-malas (L) 115 (7L) 450 (5L) 115 (7L) 450 (5L)
Tanque de combustível (L) 70 90
Carga (Kg) 625 (MT) 615 (AT) 595
Peso em ordem de marcha (Kg) 2.090 (MT) 2.095 (AT) 2.005
Coeficiente aerodinâmico (cx) ND ND

Pajero Dakar 2012 – fotos

Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão
Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão

© Noticias Automotivas. A notícia Pajero Dakar 2012: preço, consumo, ficha, motor, versões revisão é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.

Notícias Automotivas
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *