SES retoma reforma da sede do órgão em outubro

COMPARTILHE!

SES retoma reforma da sede do órgão em outubro

A locação de um imóvel para receber parte dos servidores da pasta possibilitará o retorno seguro das melhorias estruturais na sede da secretaria


Fernanda Nazário

| SES-MT

As melhorias estruturais no interior da unidade foram interrompidas no final de 2020, mas serão retomadas – Foto por: Marcos Vergueiro/Secom-MT

As melhorias estruturais no interior da unidade foram interrompidas no final de 2020, mas serão retomadas

As obras de reforma no prédio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) estão previstas para retornarem no mês de outubro deste ano. As melhorias estruturais no interior da unidade foram interrompidas no final de 2020, mas serão retomadas após a pasta concluir a locação de um imóvel que comportará os servidores de um dos quatro andares do órgão. 

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, informou o retorno das obras nesta terça-feira (20.07), durante audiência realizada com deputados estaduais na Assembleia Legislativa de Mato Grosso e Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso (Sisma-MT).

“A minha vontade era de começar a reforma primeiramente no interior da SES de forma a proporcionar um melhor ambiente de trabalho aos servidores, mas devido alguns percalços não foi possível concluir. Em breve vamos retornar a obra e posso garantir que nesse governo vamos entregar uma secretaria moderna e salubre para que os servidores possam exercer suas funções”, disse o secretário durante a audiência. 

Conforme a Superintendência de Obras da SES, para dar continuidade na reforma de modo que não prejudique as atividades laborais dos servidores, foi necessário alugar um prédio, localizado no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá. O imóvel está passando por adaptações para receber o setor de vigilância. 

Após a equipe de Vigilância ser transferida para o novo espaço, serão retomadas as melhorias no segundo piso da Secretaria avançando gradativamente nos demais andares.

O órgão estadual já concluiu a reforma da fachada e da recepção da secretaria. A ação integra o projeto de modernização dos Hospitais Regionais e das Unidades Especializadas da SES-MT, previsto no Programa Mais MT, idealizado e colocado em prática pela atual gestão estadual. 

Outras melhorias

Além das melhorias na sede da SES, há diversas frentes de trabalho em andamento no Estado. Na capital, foi retomada a obra do Hospital Central que, após mais de 30 anos paralisada, marca uma nova história na Saúde de Mato Grosso.

Outra obra em andamento é a de reforma e ampliação do Hospital Adauto Botelho. O serviço de saúde mental do Estado contará com mais melhorias estruturais, pois o Centro de Atenção Psicossocial Adauto Botelho (Lar Doce Lar) também está em reforma. 

Em Cuiabá, as melhorias ainda estão ocorrendo no Hemocentro, Centro Estadual de Média e Alta Complexidade (Cermac) e a Superintendência de Assistência Farmacêutica (Saf).

No interior, estão passando por reforma os Hospitais Regionais de Sorriso, Sinop e Rondonópolis. Também passam por reparos, adequações e modernizações da infraestrutura os Escritórios Regionais de Saúde de Pontes e Lacerda e Cáceres.

Obras entregues

Em dois anos e seis meses de gestão, o Governo do Estado entregou obras de reforma e ampliação na infraestrutura de diversas unidades de saúde de Mato Grosso, entre elas está o Hospital Metropolitano, que é a maior modernização do Estado até o momento. O local passou por uma grande reforma que totalizou o investimento de R$ 24.260.521,94. 

O Hospital Estadual Santa Casa foi totalmente readequado pela atual gestão que, em maio de 2019, passou a gerir a unidade – até então filantrópica –, depois de quatro meses fechada. No Hospital, já foram investidos cerca de R$ 3 milhões.

O Governo do Estado também construiu e entregou 20 leitos de enfermarias e 10 leitos de UTI para o enfrentamento ao coronavirus no Hospital Regional de Cáceres. A obra foi avaliada em R$5.018.288,32. Além disso, para diminuir a contaminação do vírus no Estado, o Governo ainda estruturou o Centro de Triagem da Covid-19 na Arena Pantanal, com um recurso de R$1.290.226,30.

A SES ainda investiu R$ 160 mil na reforma da nova estrutura do Centro Estadual de Odontologia para Pacientes Especiais (Ceope). Também passaram por reforma os Escritórios Regionais de Saúde de Alta Floresta (R$1.634.096,00), Peixoto de Azevedo (R$186.589,30) e Sinop (R$336.000,00). Houve ainda modernização na ordem de R$800.000 da nova UTI e nova cozinha do Hospital Regional de Alta Floresta.

Próximas obras

Está em licitação a readequação predial da Escola de Saúde de Mato Grosso, do Complexo Regulador, do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi), Laboratório Central do Estado (Lacen), da Superintendência de Vigilância. De acordo com o programa de investimentos da Secretaria Estadual, também serão construídos mais quatro hospitais regionais, nas cidades de Alta Floresta, Juína, Confresa e Tangará da Serra. Há ainda na SES o projeto de reforma no prédio da Farmácia de Auto Custo.

C

Governo do Estado de Mato Grosso
Read More