Tite diz que encerrou testes, mas esconde time para mata-mata da Copa América

COMPARTILHE!

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Assim como já era esperado, Tite não revelou a escalação da seleção brasileira que entrará em campo contra o Chile às 21h desta sexta-feira (2), pelas quartas de final da Copa América.

Em entrevista coletiva na véspera da partida, o técnico evitou dar dicas e só afirmou que o período de testes que foi feito na fase de grupos não se repetirá agora no mata-mata, que começará no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

A maior pista para a equipe titular se deu, mais uma vez, na coletiva pré-jogo organizada pela Conmebol. Ederson foi escolhido para falar nesta quinta (1º), e isso indica que ele será o goleiro titular contra os chilenos.

“A gente oportunizou todas as situações, e agora é ter naqueles que iniciam, sim, uma equipe equilibrada, que mantenha aquela média de gols e de criação”, disse Tite.

Sobre a formação da zaga, há duas vagas para três atletas: Marquinhos, Thiago Silva e Éder Militão. A tendência é que os dois primeiros joguem, mas o jovem do Real Madrid vive excelente fase e coloca uma dúvida sobre a comissão técnica.

“Militão está jogando muito, merece todo o reconhecimento. Conversamos com ele antes do jogo contra a Argentina, que iria trazê-lo para uma concorrência leal com Thiago e Marquinhos, dois atletas já tarimbados, com experiência, qualidade técnica, capitães das suas equipes, com know how, chancelados. Mas ele conseguir botar pressão. E eu fico muito feliz em relação a isso.”

Sobre as laterais, Tite tem Renan Lodi voltando de dois dias de fisioterapia após uma pancada no jogo contra o Equador. O jogador fez trabalhos específicos com os preparadores físicos, e sua condição é incerta.

Além disso, o comandante revelou que Alex Sandro passará por uma avaliação após não ter participado do treino de quarta (30).

Considerando o retrospecto das Eliminatórias, a maior dúvida do comandante será pela formação do meio-campo. A briga se concentra entre Everton Ribeiro e Lucas Paquetá como terceiro homem do setor e na possibilidade da entrada de mais um atacante -nesse caso, Neymar poderia ter uma atuação mais livre da intermediária para frente.

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: 21h (de Brasília) desta sexta-feira (2)

Árbitro: Patricio Loustau (ARG)

VAR: Andrés Cunha (URU)

Transmissão: SBT e ESPN Brasil

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More