Polícia Civil prende dona de bar usado como ponto de prostituição na zona rural de Paranaíta

COMPARTILHE!

Polícia Civil prende dona de bar usado como ponto de prostituição na zona rural de Paranaíta

A equipe policial flagrou o momento em que uma adolescente de 16 anos foi acariciada sexualmente por um dos frequentadores do local


Raquel Teixeira

| Polícia Civil-MT

A dona de um bar que funciona como ponto de prostituição, localizado na zona rural de Paranaíta (851 km ao norte de Cuiabá), foi presa em flagrante no fim de semana por favorecimento à prostituição e exploração sexual de adolescentes. Um homem, de 48 anos, também foi preso pelo mesmo crime. 

Policiais da Delegacia de Paranaíta foram até o bar para averiguar uma denúncia do Conselho Tutelar do município de que haveria menores de idade sendo exploradas sexualmente no estabelecimento comercial, localizado em um assentamento na Comunidade Santa Marta. 

Na noite de sexta feira (27.08), os policiais veladamente, se passando por clientes, observaram a movimentação no bar às margens da MT-208, com objetivo de verificar se havia menores se prostituindo no bar. 

A equipe policial então flagrou o momento em que uma adolescente de 16 anos foi acariciada sexualmente por um dos frequentadores do local. Imediatamente, o homem recebeu voz de prisão e durante a abordagem, a equipe identificou outra menor de idade que fugiu do local. 

A dona do estabelecimento, de 61 anos, também recebeu voz de prisão e foi encaminhada à delegacia de Paranaíta. 

O delegado Antenor Pimentel Marcondes vai ouvir clientes do bar e também a adolescente. 

A mulher e o homem foram autuados em flagrante e encaminhado para audiência de custódia da Justiça e responderão pelos crimes de favorecimento à prostituição e exploração sexual de menor de idade, previstos no artigo 218, do Código Penal, conforme a nova legislação sobre crimes sexuais.

C

Governo do Estado de Mato Grosso
Read More