Chelsea bate Tottenham em dia de emoção e homenagens a Jimmy Greaves e vira líder

COMPARTILHE!

O Chelsea confirmou a fama de pedra no sapato do Tottenham neste domingo, ao somar o quinto triunfo nos últimos seis jogos na casa do rival, desta vez por 3 a 0, pelo Campeonato Inglês, no qual lidera graças aos nove gols como visitante – empata nos outros critérios de desempate com o Liverpool. Antes de a bola rolar no Tottenham Stadium, a emoção tomou conta de todos com homenagens para Jimmy Greaves, que morreu neste domingo aos 81 anos. O artilheiro inglês brilhou com as camisas das duas equipes e foi reverenciado com um minuto de palmas.

Os torcedores presentes aplaudiram pela última vez a lenda do futebol inglês que morreu em sua casa, onde se recuperava de um derrame. Todos estavam em pé, olhando atentamente e com tristeza para a imagem de Greaves no telão do estádio. Jogadores e comissão técnica também prestaram a última homenagem à lenda inglesa.

Em campo, o Tottenham tinha a volta do argentino Lo Celso, envolvido em polêmica pela seleção em jogo contra o Brasil nas Eliminatórias. O jogador não podia jogar na Neo Química Arena por não cumprir a quarentena obrigatória para quem vem da Inglaterra. Foi um dos pivôs da suspensão do jogo. Ele acabou punido pelo clube londrino, porém voltou para melhorar o desempenho do time no campo.

Já o artilheiro Kane estava sob pressão por causa dos três jogos sem gols na temporada. O jejum incomoda o atacante, que esteve nos planos do Manchester City e virou alvo de cobranças por acenar com troca de clubes. Era uma esperança do time de Nuno Espírito Santo, ao lado de Son e Dele Alli.

Do lado do invicto Chelsea de Tomás Tuchel, os olhares miravam o grandalhão Lukaku. O centroavante era a esperança de gols para a equipe subir à liderança. Precisava de três gols. Mas o equilíbrio prevaleceu até a pausa para o intervalo.

Com mudanças após o descanso, o Chelsea abriu boa vantagem através de artilheiros improváveis. Logo no começo, cobrança de escanteio na cabeça de Thiago Silva e 1 a 0 no placar. O zagueiro brasileiro cabeceou sem chances de defesa. Pouco depois, pressão na marcação, bola roubada e passe para Keitá, uma das novidades de Tuchel. O volante bateu forte, contou com desvio na defesa para abrir 2 a 0.

Sair em desvantagem desmontou o Tottenham, que virou presa fácil e, além de não reagir, ainda via o Chelsea chegar a todo momento do goleiro Lloris. O bombardeio ainda rendeu novo gol, do zagueiro Rudiger, nos acréscimos, que valeu a ponta da tabela.

Com o triunfo, o Chelsea subiu para os 13 pontos, igualando o Liverpool também nos gols marcados e no saldo de gols. Ambos têm 11. Mas é líder graças aos nove gols marcados como visitante. O United caiu para terceiro por somar 9 gols positivos. O trio segue invicto e se revezando na ponta. Mas quem vem surpreendendo é o Brighton, na quarta colocação, com 12 pontos. Neste domingo, o time somou sua quarta vitória em cinco rodadas com 2 a 1 sobre o Leicester.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More