Linfomas têm grande chance de cura se forem diagnosticados precocemente

COMPARTILHE!

Linfomas têm grande chance de cura se forem diagnosticados precocemente

Médico explica que este tipo de câncer do sistema linfático é altamente curável e que, ao surgir ínguas pelo corpo, especialmente se doerem, o ideal é buscar auxílio profissional para diagnóstico e tratamento precoce


Assessoria

| Mato Grosso Saúde

Existem dois tipos de Linfoma, o linfoma de Hodgkin e linfoma não-Hodgkin. Ambos apresentam comportamentos, sinais e graus de agressividade diferentes. – Foto por: Getty Images

Existem dois tipos de Linfoma, o linfoma de Hodgkin e linfoma não-Hodgkin. Ambos apresentam comportamentos, sinais e graus de agressividade diferentes.

Os linfomas são um tipo de câncer que costumam a se apresentar com o aumento dos gânglios na região da coluna, do pescoço e das axilas. Com origem no sistema linfático, a doença atinge o linfonodo, um órgão de defesa, mas pode atingir outros locais, principalmente quando está em um estágio avançado.

O oncologista André Crepaldi, credenciado ao Mato Grosso Saúde pela Clínica Vida e Oncolog, alerta que é importante procurar um médico quando surgem os sintomas. “Os gânglios ou massas, algumas vezes endurecidas, podem vir acompanhados de febre baixa vespertina, sudorese noturna, palidez cutânea, e algumas lesões cutâneas”, observa o médico.

Existem dois tipos de linfoma, o linfoma de Hodgkin e linfoma não-Hodgkin. Ambos apresentam comportamentos, sinais e graus de agressividade diferentes.

O diagnóstico, de acordo com o Dr. André Crepaldi, é feito com exames laboratoriais e biópsia do linfonodo ou órgão acometido. Atualmente, as principais formas de tratamento da doença são a quimioterapia e a radioterapia. Mas, em alguns casos, também poderá ser necessário a realização de transplante de medula óssea.

“O linfoma é um câncer altamente curável, no entanto o prognóstico varia de acordo com os subtipos, mas, especialmente, com o diagnóstico precoce, assim como o tratamento”, observa o especialista.

Prevenção

Para auxiliar no diagnóstico precoce, é importante evitar exposição prolongada a produtos químicos, em especial a produtos agrícolas. Outra medida é fazer o autoexame frequentemente e procurar imediatamente um médico se notar a presença de uma íngua (gânglio aumentado) no pescoço, axila ou virilha, especialmente se ela não for dolorosa e crescer rapidamente.

Estatística

Estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que mais de 14 mil brasileiros serão diagnosticados com linfoma em 2021 e aproximadamente 4 mil pessoas morrem todos os anos vítimas da doença no Brasil. A principal causa das mortes é o desconhecimento sobre este câncer, que apresenta elevado índice de cura se for diagnosticado em sua fase inicial.

Conscientização

O 15 de setembro é o Dia Mundial de Conscientização sobre o Linfoma, oportunidade falar com a população sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.¿

C

Governo do Estado de Mato Grosso
Read More