Preço do algodão em Mato Grosso valoriza 7,6%

COMPARTILHE!

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informou, ontem, no boletim do algodão, que com os reflexos dos preços atrativos mundiais da pluma, o indicador no Estado teve valorização de 7,62%, quando comparado à semana anterior registrando cotação de R$ 187,84/@.

A paridade para o contrato julho do ano que vem melhorou 7,68%, ante a semana passada, cotada a uma média de R$
197,46/@. Com uma maior oferta no mercado, o preço do caroço de algodão registrou queda de 4,30%, quando comparado à semana anterior, precificado a R$ 1.556,45/tonelada, acrescenta o instituto.

A comercialização da pluma disponível em Mato Grosso alcançou 85,95% da produção em setembro, avanço de 3,44 pontos percentuais ante a agosto. Os principais motivos da evolução nas vendas estão atrelados à valorização do preço da fibra, aumento do dólar e a maior demanda do mercado  interno. Desse modo, o preço médio da pluma ficou em R$ 163,96/@.

Para a safra 2021/22, as vendas da fibra avançaram 8,06 pontos percentuais no mês de agosto, alcançando 48,35% da produção, pautadas pelo aumento no preço futuro da pluma na bolsa de Nova Yorque (EUA) e pela forte demanda
externa. Já em relação ao preço da pluma, a médio em Mato Grosso fechou a R$ 151,84/@. Para a safra 2022/23, a negociação da fibra é a mais adiantada de toda a série histórica do Instituto e, no mês de setembro, as vendas já comprometeram 5,20% da produção aguardada no Estado. O preço médio mensal ficou em R$ 146,54/@, conclui IMEA.

Agronotícias – Só Notícias
Read More