Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Celebridades homenageiam ex-jogador Freddy Rincón, ídolo do Corinthians

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O ex-jogador de futebol colombiano Freddy Eusebio Rincón Valencia, mais conhecido como Freddy Rincón, morreu nesta quarta-feira (13) aos 55 anos. Ídolo do Corinthians, o ex-atleta estava internado após sofrer um acidente de carro na última segunda-feira (11).

Após a notícia, divulgada em um comunicado, fãs famosos e clubes esportivos brasileiros prestaram homenagens ao ex-craque. “Sem palavras. Descanse em paz, capitão”, escreveu o ator Dan Stulbach. “Descanse em paz, Rincon! Obrigado por tudo! Pelo Corinthians, com muito amor, até o fim!”, disse o humorista Victor Sarro.

“É com muita tristeza que nos despedimos de um grande ídolo. Nosso capitão no primeiro título mundial, Freddy Rincón faleceu na madrugada desta quinta-feira. Eternamente em nossos corações”, escreveu o perfil oficial do Corinthians em seu Twitter.

“Descanse em paz, você é eterno, Rincón!”, homenageou o comentarista Marco Bello Jr. “O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente o falecimento do ex-jogador colombiano Freddy Rincón. Que Deus conforte seus familiares e amigos de Rincón, que foi ídolo de sua seleção e de vários clubes brasileiros em sua trajetória vitoriosa no futebol”, escreveu o time Flamengo.

“O Santos FC lamenta profundamente o falecimento do ex-jogador Freddy Rincón. A lenda colombiana defendeu o Peixão entre os anos de 2000 e 2001. Nossos sentimentos a todos os amigos e familiares do craque, que jamais será esquecido pela nação santista. Descanse em paz, Rincón!”, homenageou o Santos Futebol Clube.

ENTENDA

O veículo em que ele estava se chocou com um ônibus na madrugada de segunda-feira (11), em Cali, no bairro de San Fernando. De acordo com as autoridades locais, o carro desrespeitou um sinal vermelho em alta velocidade e foi atingido lateralmente. Havia duas mulheres com Rincón, que tiveram ferimentos leves. O motorista do ônibus teve fratura na perna.

Internado na Clínica Imbanaco com traumatismo cranioencefálico, Rincón passou por uma cirurgia de quase três horas. Os primeiros boletins médicos apontaram que ele estava em “estado muito crítico” e “com medidas avançadas de suporte”. Na noite de quarta, já madrugada de quinta no Brasil, a clínica anunciou a morte.

Rincón recebeu homenagens de diversos clubes por que passou, como Independiente Santa Fe, América de Cali, Palmeiras, Santos e Corinthians. Após retornar ao Palmeiras em 1996, trocou de camisa e passou a vestir a do Corinthians em 1997.

Em preto e branco, Rincón, que fora atacante e meia, transformou-se em excepcional volante, inicialmente por decisão do técnico Joel Santana. Em 1998, quando conquistou o Campeonato Brasileiro pela primeira vez, passou a formar com Vampeta, Ricardinho e Marcelinho um meio-campo histórico alvinegro.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

COMPARTILHE!