Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Com 2 do zagueiro Iago Maidana, América-MG goleia Juventude no Independência

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

Na sua estreia no Independência neste Brasileirão, o América-MG mostrou um futebol consistente e goleou o Juventude por 4 a 1, neste sábado, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vitória da equipe mineira na competição, após a derrota para o Avaí na rodada de abertura.

O América já tinha mostrado evolução no meio de semana, quando empatou com o Atlético-MG por 1 a 1 em jogo válido pela fase de grupos da Copa Libertadores. Agora soma três pontos em dois jogos, ocupando a quarta posição. O Juventude, que estreou empatando com o Red Bull Bragantino por 2 a 2, segue com um ponto, em 15º lugar.

O Juventude, mesmo na condição de visitante, surpreendeu e impôs um ritmo intenso nos primeiros minutos. Chegou ao ataque duas vezes com perigo, porém, ambas com posição de impedimento de seus atacantes.

A história começou a mudar aos 16 minutos, quando Paulo Miranda chegou atrasado na bola e cometeu pênalti sobre Paulinho Bóia. A penalidade só foi confirmada pelo VAR. Na cobrança, o zagueiro Iago Maidana deu paradinha na bola e chutou no canto esquerdo do goleiro Cesar, que foi bem, mas não evitou o gol aos 18 minutos.

Este gol desarrumou o time gaúcho, que passou a ser pressionado. Aos 21 minutos, Patric soltou a bomba e César espalmou para frente. Dois minutos depois, Paulinho Bóia fez a assistência perfeita para Everaldo, já dentro da área. O atacante tentou desviar de César, que desviou a bola com o pé esquerdo.

Na cobrança de escanteio saiu o segundo gol americano. O Juventude levantou na medida para Felipe Azevedo se antecipar à marcação e desviar de cabeça. A bola subiu, encobrindo o goleiro César.

O time gaúcho tentou equilibras as ações, mas sofreu uma baixa aos 37 minutos. Paulinho Moccelin dividiu com o volante Zé Ricardo e acertou a canela do rival. O árbitro Ramon Abatti Abel, inicialmente, advertiu Moccelin com o cartão amarelo, porém, alertado pelo VAR sobre a gravidade da falta, acabou aplicando o cartão vermelho.

No intervalo, o técnico Eduardo Baptista tentou reorganizar o Juventude. O time gaúcho voltou para o segundo tempo com três alterações. Edinho no lugar de Chico, Guilherme Parede na vaga de Capixaba e Pitta entrou para a saída de Ricardo Bueno.

Mesmo atrás no placar, o Juventude se posicionou na defesa para, talvez, explorar algum contra-ataque. Mas puxou para cima o América, que ficou com total domínio das ações, à espera de uma chance para ampliar.

O terceiro gol saiu aos 18 minutos, após jogada ensaiada em cobrança de escanteio. O toque curto ficou com Everaldo que levantou na segunda trave, onde apareceu o zagueiro Iago Maidana para tocar de cabeça de cima para o chão. No lance, porém, ele pisou em falso e torceu o tornozelo, deixando o campo de maca. Em seu lugar, entrou Conti.

Com o resultado definido, os dois times passaram a jogar com mais calma. O Juventude, porém, não desistiu de tentar o ataque. Aproveitou o relaxamento natural do adversário e fez o gol de honra aos 38 minutos. Do lado esquerdo, Busanello fez o levantamento e Rômulo, do outro lado, saiu de trás de João Paulo e cabeceou com força.

Quando o placar parecia fechado, o meia Pedrinho marcou um belo gol aos 43 minutos. Ele recebeu a bola na intermediária e soltou a bomba no ângulo esquerdo de César. Fim de jogo: 4 a 1.

A semana vai ser de trabalho para os dois times que voltam a campo no outro fim de semana pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O América-MG vai enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, às 16h de domingo. No mesmo dia, mas às 18h, o Juventude vai receber o Cuiabá no estádio Alfredo Jaconi.

FICHA TÉCNICA:

AMÉRICA-MG 4 x 1 JUVENTUDE

AMÉRICA-MG – Jailson; Patric (Raúl Cáceres), Iago Maidana (Conti), Éder e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê (Henrique Almeida); Felipe Azevedo, Everaldo (Índio Ramírez) e Paulinho Bóia (Pedrinho). Técnico: Vagner Mancini.

JUVENTUDE – César; Rodrigo Soares (Rômulo), Paulo Miranda, Rafael Forster e Busanello (William Matheus); Yuri Lima, Jadson e Chico (Edinho); Capixaba (Guilherme Parede), Ricardo Bueno (Pitta) e Paulinho Moccelin. Técnico: Eduardo Baptista.

GOLS – Iago Maidana (pênalti), aos 18, e Felipe Azevedo, aos 24 minutos do primeiro tempo. Iago Maidana, aos 18, Rômulo, aos 38, e Pedrinho aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Patric e Éder (América-MG).

CARTÃO VERMELHO – Paulinho Moccelin (Juventude).

ÁRBITRO – Ramon Abatti Abel (SC).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

COMPARTILHE!