Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Fluminense joga mal e perde para o Junior, por 3 a 0, em Barranquilla

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

O Fluminense sofreu sua primeira derrota na Copa Sul-Americana, ao ser derrotado pelo Junior, nesta quarta-feira, em Barranquilla, na Colômbia, por 3 a 0, em duelo válido pela segunda rodada do Grupo H. Junior e Union lideram a chave, com quatro pontos, um a mais que o time carioca. O Oriente Petrolero ainda não pontuou.

O Fluminense entrou com a intenção de suportar a pressão inicial do Junior, mas não teve êxito. Em 15 minutos, os colombianos conseguiram cinco finalizações e em uma delas, aos dez, abriu o placar com Didier Moreno.

O Junior não ficava muito tempo com a bola nos pés, preferindo agredir o mais rápido possível o time carioca, que, por sua vez, só conseguiu chegar na área do adversário aos 16 minutos, quando passou a pressionar a saída de bola. David Braz, em cabeçada, fez o goleiro Viera fazer uma defesa.

Mas o domínio voltou logo para o time da casa, que abusou das bolas enfiadas no meio da zaga do Fluminense. Todas as ‘segundas bolas’ ficavam com os jogadores colombianos, que estiveram perto de aumentar a vantagem no placar, mas falharam nas finalizações.

Após o ritmo intenso, o Junior diminuiu o ritmo nos últimos dez minutos da primeira etapa. Foi aí que surgiu a possibilidade de o Fluminense tocar a bola, sob orientação de Ganso. Aos 42, após cruzamento de Cris Silva, Cano cabeceou com perigo.

Mas uma bobeira da zaga do Fluminense, com um pênalti de André em Giraldo, propiciou o segundo gol do Junior, marcado por Borja, ex-Palmeiras e Grêmio, aos 47 minutos.

O Fluminense voltou completamente diferente para a etapa final. Com Luiz Henrique e Pineida em campo, o time do técnico Abel Braga foi para o ataque e em dois minutos já finalizou duas vezes, a mesma quantidade dos primeiros 45 minutos.

Com muita catimba e algumas faltas ríspidas, o Junior conseguiu diminuir o ímpeto do Fluminense, que voltou a cadenciar demais o jogo, sem objetividade no ataque. Uma nova finalização só aos 23 minutos, com Ganso, em cobrança de falta. Viera fez boa defesa.

Como o Fluminense se lançou à frente, o Junior teve chances nos contra-ataques para fazer o terceiro gol. Com isso, foi acabando com o ânimo da equipe carioca, que mesmo assim fez oito finalizações na etapa final. Fred, que entrou no lugar de Cano, também tentou, mas não teve sucesso.

Nos acréscimos, para completar a péssima noite do Fluminense, Sambueza fez mais um para o Junior, aumentando o gosto amargo na garganta dos jogadores e do técnico Abel.

FICHA TÉCNICA

JUNIOR 3 X 0 FLUMINENSE

JUNIOR – Sebastián Viera; Viáfara, Rosero, Arias e Fuentes; Didier Moreno (Serje), Giraldo, Hinestroza, Cabrera (Sambueza) e Albornoz (Cetré); Borja (Valencia). Técnico: Juan Cruz Real.

FLUMINENSE – Fábio; Nino, Manoel (Martinelli) e David Braz; Calegari (Luiz Henrique), Yago Felipe, André, Ganso e Cris Silva (Pineida); Arias (Willian) e Cano (Fred). Técnico: Abel Braga.

GOLS – Didier Moreno aos dez e Borja aos 47 minutos do primeiro tempo. Sambueza, aos 49 do segundo.

CARTÕES AMARELOS – Giraldo, Cris Silva, Yago Felipe, Cabrera, Manoel, Borja, Hinestroza.

RENDA E PÚBLICO – não fornecidos.

LOCAL – Barranquilla.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

COMPARTILHE!