Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Fortaleza não é páreo para o River Plate e segue sem vencer na Libertadores

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

Não foi desta vez que o Fortaleza conquistou a sua primeira vitória na história da Copa Libertadores. Depois de estrear com derrota para o Colo-Colo-CHI, mesmo em casa, o time cearense teve uma dura missão nesta segunda rodada e mais uma vez não conseguiu um resultado positivo, perdendo para o River Plate, pelo placar de 2 a 0, no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires (ARG). A vitória foi construída com gols de Enzo Fernández e De La Cruz, ambos no primeiro tempo.

Com o resultado, o Fortaleza segue sem pontuar e está na lanterna do Grupo F. Além de ter visto o River Plate-ARG ir aos seis pontos na primeira colocação, o Colo-Colo-CHI venceu o Alianza Lima nesta noite, pelo placar de 2 a 1 e também se isolou na frente, com o mesmo número de pontos dos argentinos. A partir de agora, o time brasileiro terá que correr atrás dessa larga desvantagem para conseguir se classificar.

O River Plate começou o duelo tomando às rédeas da partida, com mais posse de bola e fazendo pressão na área adversária. Apesar do Fortaleza ter criado a primeira boa chance do jogo em um chute de Renato Kayser defendido por Armani, foram os argentinos que tiveram as principais oportunidades dos minutos iniciais. Tanto que não demorou para abrir o placar.

Aos nove minutos, Yago Pikachu saiu jogando errado e a bola ficou com De La Cruz, que cruzou na área; o zagueiro Juninho Capixaba interceptou no primeiro momento, mas Enzo Fernández pegou o rebote e mandou a bola para o fundo das redes. Aos 16 minutos, o time argentino ainda teve um gol anulado, marcado por Matías Suárez, mas como ele estava em posição irregular, o lance foi invalidado.

O Fortaleza ainda tentou responder em um chute forte de Yago Pikachu que saiu por cima, mas o River Plate deu um banho de água fria com mais um gol aos 32 minutos. Depois de uma cobrança de escanteio, a bola sobrou para De La Cruz que de primeira marcou um golaço.

Na volta do intervalo, o jogo seguiu da mesma forma com o River Plate controlando o jogo e o Fortaleza tentando responder em contra-ataques rápidos. Apesar do técnico Juan Vojvoda ter tentado fazer mudanças no time brasileiro, foi o River que seguiu controlando as melhores chances. Logo aos dois, De La Cruz apareceu na área e parou em grande defesa de Max Walef.

Já aos 21 minutos, Casco arriscou um chute cruzado e acertou o travessão. Nos últimos minutos, o Fortaleza ainda tentou as últimas cartadas com a força que tinha. Aos 47 minutos, Romero puxou contra-ataque, invadiu a área, mas na hora do chute, a defesa fez um desvio providencial.

Os times voltam a campo pela Libertadores daqui duas semanas para a disputa da terceira rodada da fase de grupos. Na quarta-feira (27), o River Plate visita o Colo-Colo, no Chile. No mesmo dia, o Fortaleza recebe o Alianza Lima-PER, na Arena Castelão. Antes disso, o time cearense joga contra o Internacional pelo Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

RIVER PLATE-ARG 2 X 0 FORTALEZA

RIVER PLATE – Armani; Marcelo Herrera, Paulo Díaz, David Martínez e Casco; Enzo Pérez, Enzo Fernández (Palavecino), Simón (Braian Romero) e De La Cruz (Pochettino); Julián Álvarez e Matías Suárez (Quintero). Técnico: Marcelo Gallardo.

FORTALEZA – Max Walef; Tinga, Marcelo Benevenuto e Ceballos; Yago Pikachu (Romarinho), José Welison (Matheus Vargas), Matheus Jussa, Lucas Lima (Hércules) e Juninho Capixaba; Moisés (Depietri) e Renato Kayzer (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

GOLS – Enzo Fernández, aos 9 e De La Cruz, aos 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Andrés Matonte (URU).

CARTÕES AMARELOS – David Martínez e Enzo Pérez (River Plate) e Marcelo Benevenuto, Matheus Vargas, Tinga e Yago Pikachu (Fortaleza).

RENDA E PÚBLICO – Não divulgados.

LOCAL – Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires (ARG).

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

COMPARTILHE!