Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

São Paulo pega o Everton com nova oportunidade a reservas na Copa Sul-Americana

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

Externamente, o São Paulo não trata a Copa Sul-Americana como prioridade, mas sabe que o torneio continental é um dos mais acessíveis ao clube na temporada. Nesta quinta-feira, às 19h15, diante do chileno Everton, Rogério Ceni opta novamente por escalar um time alternativo. Como o duelo acontece no Morumbi, diferentemente do que ocorreu na estreia em Lima-PER, terá os titulares à disposição no banco de reservas para evitar que qualquer zebra invada o gramado.

A vitória sobre o Ayacucho deu ao São Paulo a liderança do Grupo D na primeira rodada. O time de Viña del Mar, rival desta noite, tropeçou em casa ao empatar com o boliviano Jorge Wilstermann. Na Copa Sul-Americana, apenas o primeiro colocado de cada grupo avança à fase de oitavas de final. Por isso, o clube tricolor trata como imprescindível um novo triunfo sobre o Everton.

“Esse time do Everton é mais forte do que o Ayacucho, é bem mais competitivo e vai gerar muitas dificuldades. O jogo de domingo (diante do Flamengo) também será muito difícil e muito importante para a gente. Então, vamos pensar no que podemos fazer nesses dois jogos. A diferença é que, como não temos viagem (jogo com o Everton será no Morumbi), aqueles que não começarem jogando, poderão estar no banco de reservas e entrar durante a partida”, avaliou Rogério Ceni.

O treinador são-paulino pode ter novidades, ao menos no banco de reservas. Os jovens Rodrigo Nestor e Gabriel Sara treinaram com o restante do grupo ao longo da semana e podem voltar à equipe após recuperação de lesão. Ceni entende que Nestor, por ter ficado parado menos tempo, está com bom condicionamento físico. O caso de Sara é um pouco diferente. Apesar de ser um dos jogadores com melhor preparo no elenco, o meia está há mais de um mês fora dos gramados.

TENTE OUTRA VEZ

Outra preocupação de Rogério Ceni é com o sistema defensivo. A equipe sofreu com a velocidade do Ayacucho em Lima e sofreu dois gols. Ajustes no posicionamento são necessários para o momento em que o adversário está com a posse de bola. O técnico explica que o São Paulo tem importantes diferenças de qualidade e característica entre os atletas titulares e reservas, e qualquer mudança impacta diretamente no desempenho da equipe.

“Se trocar os 11 jogadores, acho difícil (manter o padrão) pelas características dos jogadores. Os zagueiros, por exemplo, se jogarem Diego e Leo, a velocidade de saída de jogo é diferente da apresentada por Miranda e Arboleda. Na lateral já é diferente, com Rafinha, Igor Vinícius, Reinaldo e Welington com qualidades semelhantes”, apontou Rogério Ceni.

Miranda, Arboleda, Patrick, Tiago Volpi e Rigoni podem render mais e terão nova oportunidade para exibir bom futebol e se colocar na briga por uma vaga de titular. Somente Luciano se credenciou para tal com a partida no Peru na última semana.

O Everton chegou à Copa Sul-Americana após ser eliminado na fase prévia da Libertadores pelo Estudiantes de La Plata. O time de Viña del Mar ocupa atualmente a sétima posição no Campeonato Chileno, somando três vitórias, quatro empates e duas derrotas. A equipe sustentava invencibilidade de três jogos na temporada, mas perdeu no último sábado para o Huachipato, em casa, por 1 a 0. O jovem técnico Francisco Meneghini, de apenas 33 anos, tem como grande destaque em seu elenco o centroavante argentino Lucas Di Yorio, que já marcou oito gols no ano.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

COMPARTILHE!