Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

‘Tigresa VIP’ é pré-candidata a deputada estadual pelo PT em Mato Grosso

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

Famosa por seus vídeos ‘picantes’, a mato-grossense Esther Caroline, conhecida como Tigresa, se filiou ao Partido dos Trabalhadores e é pré-candidata a deputada estadual pela sigla. A informação foi confirmada pelo deputado Lúdio Cabral (PT). A pré-candidatura foi confirmada na tarde da última quinta-feira (14), durante evento realizado na Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Além das pré-candidaturas nas chapas de estadual e federal, o partido também defendeu, no encontro, o lançamento de nomes próprios para o Governo e ao Senado. São eles: James Cabral, ex-candidato a prefeito de Cáceres e irmão de Lúdio, ao Senado, e Reginaldo Araújo, diretor-geral da Adufmat (UFMT), e Domingos Savio presidente da Adunemat (Unemat) ao Governo.

A ideia desta ala do PT vai de encontro à do grupo liderado pela deputada federal Rosa Neide (PT), que tenta articular uma candidatura pela Federação com PV e PCdoB, e não necessariamente que o PT tenha nome próprio. Para Lúdio, no entanto, ter estes candidatos é fundamental para marcar posição e também para ter mais tempo de TV.

“Se o PT não tem candidatura majoritária, o PT não ocupa o tempo de TV da disputa majoritária. Nós vamos abrir mão de ter minutos de televisão, de ter inserções ao longo de todo o dia para falar do voto do 13? Para falar dos problemas de Mato Grosso? Para falar das tarefas que temos para mudar e melhorar a vida do povo em Mato Grosso?”, questionou, na reunião.
 
Além de Esther, se apresentaram como pré-candidatos a deputados estaduais na reunião em defesa das candidaturas majoritárias:

Professora Graciele, de Sinop
Fanize Albues, professora Cuiabá
Ester Caroline, Alta Floresta e Barao de Melgaço
Eliane Xunakalo, indígena Bakairi
Lúdio Cabral

E a deputados federais:

Julier Sebastião
Kleber Amorim, médico de Rondonópolis
Nilton da Fetagri
Adriano Placido, Professor Lucas do Rio Verde
Leonardo Rondon, Cuiabá Juventude revolução
Jusci Rondon, servidora federal de Cuiabá

Quem é Tigresa?

A jovem de Alta Floresta ficou famosa a internet quando tinha 17 anos, em 2015. Na época, fazia vídeos pornográficos ao lado do marido, que eram compartilhados no WhatsApp. Ela também chegou a fazer das fotos pelada como forma de criticar e chamar atenção para os buracos nas estradas de Mato Grosso.

Tigresa posou em vários pontos de Alta Floresta, como: agência bancária, praças, postos de combustíveis e até em frente ao portal de entrada da cidade. O próprio marido dela à época era quem gravava os vídeos. Em um dos vídeos, ela explicava o motivo da exibição: “O pessoal me pergunta porque eu faço vídeo pelada. Eu faço porque dá Ibope, se não tiver pelada, o povo não curte, não da Ibope. Tem que fazer vídeo pelada, não pode ter medo de nada”, disse a garota na ocasião.

Hoje, Esther tem site próprio para assinantes e também publicações no XVídeos, ainda um canal no Youtube com 1,5 mil seguidores. Lá, conta suas experiências com as gravações, além da sua rotina.

Também foi aprovado um manifesto. Leia a íntegra:

O PT DEVE SE APRESENTAR AO POVO DE MATO GROSSO

O Partido dos Trabalhadores tem a tarefa de apresentar ao povo trabalhador de Mato Grosso candidatos ao governo do Estado e ao Senado nas eleições deste ano.

Essa tarefa se prende ao fato de que o governo Mauro Mendes e os partidos que lhe dão apoio estão totalmente identificados com os interesses de uma minoria de privilegiados, de ricaços, de barões do agronegócio, que fazem de Mato Grosso uma espécie de puxadinho de suas fazendas, ignorando as necessidades da maioria do povo trabalhador do Estado.

Aumentam seus lucros e patrimônio com os benefícios das isenções e incentivos fiscais, da Lei Kandir e de investimentos em infraestrutura que alavancam os seus negócios.
Esses milionários têm todo o apoio do governo Bolsonaro para seguir destruindo o meio ambiente, para pagar poucos impostos e ainda para se apropriar de terras indígenas para a mineração e para ampliar as suas plantações de soja, milho e algodão, e de criação de gado.

Mauro Mendes e Bolsonaro são carne e unha, defendendo os interesses dessa minoria de privilegiados.

E Mauro Mendes se gaba de não ter adversários, de estar como candidato único ao governo do Estado, de poder vencer por WO.

O povo trabalhador de Mato Grosso sofre com serviços públicos de baixa qualidade, resultado da ausência de investimentos na Saúde, na Educação, na Assistência, nenhum apoio à agricultura familiar que produz alimentos, mas principalmente ausência de reconhecimento dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras dos serviços públicos, que são aqueles que atendem à população, mas cujas carreiras estão sendo destruídas com ausência de concursos, com o sucateamento dos órgãos e com arrocho salarial.

E o valor dos serviços públicos ficou demonstrado agora na pandemia da COVID19, quando os trabalhadores e trabalhadoras da Saúde salvaram milhares de vidas, os trabalhadores e trabalhadoras da Educação se esforçaram para manter as aulas e garantir a continuidade das atividades escolares, quando os trabalhadores e trabalhadoras da Segurança Pública procuraram garantir a segurança da população. Enquanto o governo Mauro Mendes ignorou as necessidades do povo trabalhador e Mato Grosso se transformou no Estado com o maior índice de mortes per capita do Brasil.

Diante desses fatos, o Partido dos Trabalhadores tem que se colocar à altura de suas responsabilidades e oferecer uma alternativa a essa política que privilegia essa minoria de ricaços do agronegócio. O PT tem que lançar candidatos ao governo do Estado e ao Senado, que se contraponha a Bolsonaro, a Mauro Mendes, a Wellington Fagundes e a Neri Gueller.

O PT precisa ter candidatos que defendam Lula presidente.
Por isso, nesta quinta feira iremos fazer um ato político de lançamento de pré-candidatos ao governo do Estado e ao Senado pelo PT, para abrir o debate no partido e cobrar uma ação incisiva na defesa da candidatura Lula presidente, em oposição a Bolsonaro e seus generais, e ao governo Mauro Mendes, para defender os direitos do povo trabalhador de Mato Grosso. Serão lançados os nomes do professor Domingos Sávio da Cunha Garcia e do professor Reginaldo Araújo como pré-candidatos ao governo do Estado, e do agrônomo James Cabral, como candidato ao Senado.

O ato será na sede da CUT-MT, na Rua São Benedito, nº 874, bairro Areão, em Cuiabá.

Fonte: Isabela Mercuri do Olhar Direto

COMPARTILHE!