Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Verstappen faz corrida perfeita e vence; Leclerc roda sozinho

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Mais rápido no treino classificatório, vencedor do sprint e primeiro lugar na corrida. Max Verstappen teve fim de semana perfeito e venceu o GP da Emilia-Romagna de Fórmula 1. O piloto da Red Bull liderou de ponta a ponta no autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, na Itália.

A equipe austríaca ainda conseguiu a dobradinha. Sergio Pérez fez grande prova e fechou em segundo, à frente de Charles Leclerc, da Ferrari. O monegasco largou mal, mas se recuperou e chegou a ameaçar o segundo lugar do mexicano. Porém, quando perseguia o rival, já no final da prova, rodou sozinho e acabou fora do pódio. Lando Norris, da McLaren, ganhou o terceiro lugar e acabou no pódio.

A escuderia italiana teve dia para se esquecer correndo em casa. Além do erro de Leclerc, Carlos Sainz abandonou logo no começo.

Já Lewis Hamilton largou apenas em 14º, levou volta de Verstappen e terminou em 13º, enquanto seu companheiro de Mercedes, George Russell, acabou em quarto.

Depois de chuva na sexta e pista seca no sprint de sábado, voltou a chover em Ímola antes da corrida de hoje. Todos os pilotos largaram com pneus intermediários, mas mudaram para médios ao longo da prova já que a chuva não voltou a aparecer durante a corrida. Na reta final, os líderes ainda foram de pneus macios.
Com a vitória, Verstappen chega aos 59 pontos, agora em segundo no Mundial de Pilotos, atrás do líder Leclerc, que soma 86 pontos. Pérez é o terceiro, com 54.

A Fórmula 1 retorna daqui a duas semanas, com o GP de Miami, em circuito de rua na cidade nos Estados Unidos.

LARGADA: RED BULL VAI BEM
Os dois carros da Red Bull largaram muito bem, com Verstappen em primeiro e Pérez tomando a posição de Leclerc, que ainda caiu para quarto ao também ser ultrapassado por Norris.

Ainda na primeira volta, Ricciardo e Sainz se tocaram. O piloto da Ferrari rodou, saiu da pista e acabou com o carro atolado na brita, dando adeus ao GP da Emilia-Romagna.

A corrida foi retomada após a saída do safety car no fim da quarta volta. Verstappen abriu vantagem na ponta, sendo protegido por Pérez, em segundo. Leclerc conseguiu ultrapassar Norris na oitava volta, quando as duas Red Bulls já estavam bem à frente.

ALONSO DÁ ADEUS
Fernando Alonso, da Alpine, deu adeus à corrida na sétima volta após perder um pedaço da carenagem na lateral do carro. Antes, ele havia sido atingido de leve pela Haas de Mick Schumacher.

RUSSELL E HAMILTON
George Russell largou apenas em 11º, mas logo escalou posições e assumiu a quinta posição antes da 14ª volta, quando Hamilton era apenas o 11º, sofrendo atrás de Stroll.

MUDANÇA DE PNEU
Com a pista cada vez mais seca, as equipes foram trocando os pneus intermediários por médios a partir da 18ª volta. Pérez parou antes, seguido por Verstappen e Leclerc. O mexicano conseguiu reassumir a segunda posição ao ultrapassar o monegasco logo após a saída do piloto da Ferrari dos boxes.

Já Hamilton viu a Mercedes fazer pit stop ruim e ainda levou uma fechada de Ocon nos boxes, mas o francês levou 5 segundos de punição. Mesmo assim, o britânico caiu para 14º na pista.

HAMILTON DÁ PASSAGEM A VERSTAPPEN
A direção de prova liberou a abertura da asa móvel pouco depois da metade da prova, mas Hamilton seguiu sofrendo na 14ª posição, sem conseguir ultrapassar Gasly. Na 41ª volta, o britânico ainda levou bandeira azul para abrir passagem para o líder Verstappen, seu grande rival na temporada passada. No fim, o heptacampeão acabou em 13º por causa da punição de Ocon.

LECLERC RODA
Leclerc foi para o boxe na volta 50 e colocou pneus macios, o primeiro a escolher este tipo de pneu na corrida. A estratégia da Ferrari fez a Red Bull também trocar os pneus de Pérez, e o mexicano ainda voltou na frente. Na volta seguinte, foi a vez de Verstappen também ir para os pneus macios.

Porém, a Ferrari deu adeus à briga na volta 54. Leclerc perseguiu Pérez, mas rodou sozinho, quebrou o bico e teve que entrar no boxe. O monegasco só voltou em nono e terminou em sexto.

– Classificação final do GP

1. Max Verstappen (Red Bull)
2. Sergio Pérez (Red Bull)
3. Lando Norris (McLaren)
4. George Russell (Mercedes)
5. Valtteri Bottas (Alfa Romeo)
6. Charles Leclerc (Ferrari)
7. Yuki Tsunoda (AlphaTauri)
8. Sebastian Vettel (Aston Martin)
9. Kevin Magnussen (Haas)
10. Lance Stroll (Aston Martin)
11. Alexander Albon (Williams)
12. Pierre Gasly (AlphaTauri)
13. Lewis Hamilton (Mercedes)
14. Esteban Ocon (Alpine)
15. Guanyu Zhou (Alfa Romeo)
16. Nicholas Latifi (Williams)
17. Mick Schumacher (Haas)
18. Daniel Ricciardo (McLaren)1
19. Fernando Alonso (Alpine) – não completou
20. Carlos Sainz (Ferrari) – não completou

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

COMPARTILHE!