Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Homem recebe multa de R$ 3,2 mil por tratar policial por ‘você’

Curta nossa página e receba notícias em primeira mão!

Seis meses depois de uma conversa com um policial, um homem espanhol foi surpreendido por uma multa de 601 euros (aproximadamente R$ 3,2mil)… tudo porque tratou o agente por “você”.

Tal como revela o diário ABC, a polêmica conversa aconteceu no dia 16 de agosto de 2021 em Lugo, depois de o homem sancionado, identificado como Alejandro, mostrar preocupação pela abordagem de três agentes do Corpo Nacional de Polícia a um malabarista polaco, que não falava espanhol, e que se encontrava na rua a fazer bolhas de sabão.

Depois de questionar algumas pessoas no local, Alejandro abordou os agentes para saber o que acontecia, uma vez que o malabarista não estava entendendo o sucedido.

Depois de Alejandro dizer que o que o homem estava fazendo não era ilegal, os polícias pediram-lhe o documento de identificação e disseram-lhe que o que estava acontecendo não era “da sua conta” e que a polícia estava fazendo o seu trabalho.

A partir disto, começou a conversa que originou a multa. Destaca-se que em questão estão as palavras “tú” e “usted”. Ambas significam o mesmo, mas “usted” é considerada uma formulação mais respeitosa da abordagem.

Após tratar o policial com o termo ‘menos respeitoso’, o policial avisou que ele seria “sancionado por desrespeitar um agente de autoridade”.

“Por quê? por tratá-lo por você? Qual o motivo da reclamação?”, questionou Alejandro ao que o agente rebateu dizendo que era “falta de respeito”.

Passaram seis meses e em fevereiro, Alejandro foi surpreendido com uma multa de 601 euros por “recusar-se a identificar e deixar o local”, “sempre em atitude desafiadora”. 

À ABC, o espanhol explicou que avançou para uma denúncia contra os agentes envolvidos, acusando-os de “mentir” e por considerar que os fatos resultaram de “anteriores ações”, não se justificando “a prática dos crimes” que originaram a multa.

A multa acabou por ser arquivada e tudo graças a um vídeo que o homem gravou naquele dia captando o diálogo ocorrido.

“Se eu não conseguisse gravar aquele vídeo, significaria que ia ter problemas para pagar o aluguel da minha casa e não fiz nada de errado”, disse Alejandro.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!