Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Rússia bloqueia Google News e diz que ferramenta distribui conteúdo falso sobre a guerra

Rússia bloqueia Google News e diz que ferramenta distribui conteúdo falso sobre a guerra
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A agência reguladora de comunicações da Rússia bloqueou o Google News, agregador de notícias da empresa americana. O órgão alegou que a ferramenta permite o acesso a conteúdos falsos sobre a guerra na Ucrânia.

Para o Kremlin, nesse contexto, fake news são, por exemplo, textos que chamem a guerra por seu nome -Moscou autoriza apenas a expressão “operação militar especial”- ou que falem em mortes de civis provocadas pelas tropas russas.

“Confirmamos que algumas pessoas estão tendo dificuldades para acessar o aplicativo e o site do Google News na Rússia e que isso não se deve a nenhum problema técnico do nosso lado”, disse o Google em comunicado na quarta (23).

Segundo a agência de notícias russa Interfax, o órgão regulador agiu a pedido do procurador-geral da Rússia, ligado ao Kremlin. “O recurso de notícias online americano em questão forneceu acesso a inúmeras publicações e materiais contendo informações inautênticas e publicamente importantes sobre o curso da operação militar especial no território da Ucrânia.”

A medida veio horas depois de o Google anunciar que não permitirá que seus usuários monetizem conteúdos que “explorem, refutem ou tolerem” a guerra.
Desde o início do conflito, vários meios de comunicação já foram banidos da Rússia e redes sociais, bloqueadas.

COMPARTILHE!