Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Lada: Renault vende AvtoVAZ por R$ 0,07

Lada: Renault vende AvtoVAZ por R$ 0,07
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

lada niva travel 1

R$ 0,07. Isso você não compra nem uma bala, mas você poderia levar a AvtoVAZ, maior fabricante de carros da Rússia. A empresa da marca Lada foi vendida pela Renault por apenas um rublo.

Esse é o valor exato da moeda russa no Brasil: R$ 0,068. Ou seja, está mais longe de comprar bala, o que os russos mais gastam nesse momento…

A informação veio da agência russa Interfax, que noticiou que a transferência dos 68% do controle sobre a AvtoVAZ serão passados pela Renault ao NAMI.

Este é um instituto estatal focado no desenvolvimento de automóveis e motores, que assumirá o controle da fabricante dos carros Lada, segundo o Ministério do Comércio do país.

lada niva travel 3

Aparentemente, o NAMI controlará a empresa por certo tempo, visto que a Renault poderá futuramente, em algo entre cinco ou seis anos, reaver sua participação na AvtoVAZ.

Sobre a recompra da Renault, o ministério local teria informado que uma cláusula dando vantagem à marca francesa na recompra da AvtoVAZ, mas suspeita-se que não será por um rublo…

Mas, quem é o NAMI? Trata-se da empresa que faz o Aurus Senat, conhecido como limusine de Putin.

lada 1

O ministro russo do Comércio, Denis Manturov, disse: “Se fizermos algum investimento nesse período, também será considerado. Não haverá presentes”.

Pois é, a Renault terá que desembolsar um dinheiro para ter a Lada de volta, mas isso ainda é bem prematuro.

Agora, o NAMI será sócio da Rostec, sendo uma empresa igualmente estatal, com 32% das ações da AvtoVAZ.

lada niva bronto 2022 1

Mesmo que seja entregue de bandeja ao instituto russo, a vida não será mais AvtoVAZ e muito menos para a NAMI.

Altamente dependente de peças externas, a Lada terá que nacionalizar muita coisa e modificar outras para produzir, assim como simplificar ao máximo.

A qualidade dos carros da Lada despencará e o nível de segurança, assim como o de emissão, por conta do embargo, voltará aos anos 90.

Segundo a Reuters, a Renault não comentou a informação russa.

[Fonte: Car Expert]

 

Notícias Automotivas
Read More

COMPARTILHE!