Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT

Pulse: Fiat terá de devolver R$ 4.000 de aumento

Pulse: Fiat terá de devolver R$ 4.000 de aumento
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

fiat pulse drive avaliacao na 50

O Fiat Pulse chegou ao mercado nacional no ano passado com imbróglio envolvendo os primeiros compradores do SUV compacto da marca, o primeiro do tipo fabricado no Brasil.

Quando foi anunciada a reserva do produto, a Fiat divulgou preços sugeridos para o Pulse e os clientes que reservaram o carro, receberam um voucher para assegurar seu direito de compra, válido mediante um valor de R$ 3.000.

Tal valor seria descontado do preço sugerido do Pulse no faturamento do veículo. Porém, ainda durante o período de reservas, a Fiat aumentou os preços do SUV em até R$ 4.000.

Com isso, os clientes que receberam o voucher sem a mencionada a alteração de preço, tiveram que pagar a diferença para ter seu veículo.

Esse foi o caso do leito Victor Nunes, de Natal-RN. Ele reservou um Fiat Pulse Drive 1.3 manual na cor Cinza Strato.

fiat pulse drive avaliacao na 16

O preço sugerido no momento da reserva era de R$ 81.490,00. No faturamento, porém, o valor havia aumentado R$ 4.000.

Nunes pagou a diferença para ter seu carro, no entanto, entrou com uma ação junto ao Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, pedindo o ressarcimento à Fiat da diferença de preço pago no faturamento do veículo.

A Fiat foi ouvida e disse ter informado os clientes que “o preço final a ser pago poderia sofrer alterações até o faturamento junto à concessionária” e que a condição havia informada no voucher, porém, Nunes afirma que a mesma só ocorreu após o aumento de preços.

A marca disse ainda que os consumidores das reservas seriam informados sobre o reajuste para decidirem se continuariam com o processo de compra ou não.

fiat pulse drive avaliacao na 11

Com decisão favorável ao reclamante, no caso Victor Nunes, o MP-RN ainda solicita ao mesmo uma lista de outros clientes em igual situação para que também façam valer o direito de compra no valor que lhes foi anunciado. Existe até um grupo de Whatsapp sobre a questão.

Assim, a contar de 25 de abril de 2022, a Promotoria da Defesa do Consumidor dá um prazo de 15 (quinze) dias para quem ainda não enviou a documentação, que o faça, de modo a assegurar o direito ao ressarcimento.

Victor enviou endereço e e-mail da Promotoria:

PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DO CONSUMIDOR DE NATAL

Rua Nelson Geraldo Freire, 255, Lagoa Nova, Natal-RN – CEP 59064-160, Telefone: (84) 996147003 – e-mail: consumidor.natal@gmail.com

Notícias Automotivas
Read More

COMPARTILHE!
WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE