Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Três em cada dez brasileiros usam máscara em local aberto, indica pesquisa

Três em cada dez brasileiros usam máscara em local aberto, indica pesquisa
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

(FOLHAPRESS) – Em um momento em que diversos estados e cidades do Brasil já desobrigaram o uso de máscara em locais fechados, 53% da população dizem utilizar o equipamento nesses ambientes e outros 29% também ao ar livre. De acordo com nova pesquisa realizada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria), de 1º a 5 de abril, apenas 17% das pessoas deixaram de aderir à proteção facial.

A edição anterior da pesquisa, de novembro, apontava que 40% usavam máscara apenas em ambientes fechados, 55% também em locais abertos e 4% já haviam deixado o hábito de lado.

Ao todo, 2.015 pessoas com idade a partir de 16 anos foram entrevistadas presencialmente pelo Instituto FSB Pesquisa nos 26 estados e no Distrito Federal. A margem de erro no total da amostra é de dois pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. A amostra foi controlada a partir de quotas de sexo, idade, região e escolaridade.

Entre os que responderam a pesquisa sobre comportamento durante a pandemia de Covid-19, mais da metade diz que só vai a certos lugares usando máscaras, como supermercados (73%), comércio de rua (64%), shoppings (61%), cinemas e teatros (52%) e restaurantes e bares (50%). Além disso, 70% afirmaram só viajar de avião ou ônibus com o equipamento, assim como 59% dos que trabalham presencialmente.

Quando perguntados sobre frequentar academias, 28% dizem que não iriam e 41% apenas com máscara. Sobre shows e eventos, são 29% e 43%, respectivamente.

O brasileiro tem mostrado, segundo o levantamento, uma retomada tímida à rotina pré-pandemia. Nos últimos três meses, 18% das pessoas frequentaram cinemas e teatros, 21% academias, 22% shows e eventos e 45% shoppings. Além de 36% terem viajado de avião ou ônibus.

A ida a bares e restaurantes já se tornou mais corriqueira (58%), assim como comércio de rua (84%) e supermercado (95%). E 62% dos brasileiros já estão trabalhando presencialmente.

COMPROVANTE DE VACINAÇÃO

A maioria dos brasileiros ainda é favorável à exigência do comprovante de vacinação para ver aulas presencialmente em escolas e faculdades. Enquanto 77% apoiam a cobrança, 17% são contra.

Além disso, 61% das pessoas que responderam à pesquisa no início de abril são a favor de apresentar o passaporte vacinal em qualquer tipo de estabelecimento, 31% são contra e 7% são nem a favor nem contra. No levantamento de novembro, os números eram 65%, 22% e 10%, respectivamente.

Muitos lugares ainda exigem a apresentação do comprovante de imunização. Nos últimos três meses, 27% dos brasileiros dizem que foram solicitados a mostrar seu passaporte vacinal, número maior do que na pesquisa de novembro, quando 18% responderam afirmativamente ao questionamento.

A fim de aumentar a população totalmente imunizada contra a Covid, a cidade de São Paulo, por exemplo, começou em fevereiro, na rede municipal de ensino, uma busca ativa de crianças que não tomaram a vacina. A imunização de crianças de 5 a 11 anos, porém, não é uma unanimidade entre os brasileiros, já que 16% se opõem à ideia e 4% são nem a favor nem contra.

Com os números de mortes diárias por Covid mais estáveis, diminuiu o temor de conviver com pessoas que não foram imunizadas, mostra ainda a pesquisa. Agora 12% têm medo muito grande e 19% têm medo grande. No levantamento de novembro, eram 14% e 27%, respectivamente.

Após a pesquisa, de acordo com os responsáveis, foi aplicado um fator de ponderação para corrigir eventuais distorções em relação ao plano amostral. Devido ao arredondamento, a soma dos percentuais pode variar de 99% a 101%.

Notícias ao Minuto Brasil – Brasil
Read More

COMPARTILHE!