Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Anvisa aprova uso emergencial de pílula da MSD contra Covid

Anvisa aprova uso emergencial de pílula da MSD contra Covid
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A diretoria colegiada da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância de Saúde) aprovou nesta quarta-feira (4) o uso emergencial do antiviral molnupiravir para Covid-19. O medicamento foi desenvolvido pela farmacêutica MSD (conhecida como Merck nos Estados Unidos e no Canadá).

De acordo com a agência, nos ensaios clínicos, o molnupiravir mostrou efeitos benéficos no tratamento de pacientes adultos com quadros leves e moderados da doença, com capacidade de reduzir os casos de hospitalização e mortes.

A farmacêutica pediu à Anvisa a autorização de seu medicamento em novembro do ano passado.

A venda do medicamento ocorrerá sob prescrição médica. Ele é contraindicado para menores de 18 anos e para grávidas. Também não é recomendado para o início de tratamento em pacientes com Covid que precisam de hospitalização, para uso por mais de cinco dias consecutivos e durante a amamentação.

Segundo a Anvisa, o medicamento deve ser usado durante os cinco primeiros dias após o início dos sintomas, e a dosagem em adultos é de 800 mg (quatro cápsulas de 200 mg) por via oral, a cada 12 horas, e por cinco dias.

Ao votar a favor do molnupiravir, a relatora do processo na agência, Meiruze Freitas, ressaltou que o medicamento não substitui a vacina.

“A vacinação continua sendo a melhor estratégia para evitar a Covid-19 grave, hospitalizações e óbitos”, afirmou.

O medicamento já foi aprovado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e também nos Estados Unidos, na Europa, no Reino Unido, no Japão e na Austrália. Ao todo, está em uso em 17 países.

Em fevereiro, a farmacêutica MSD divulgou os resultados preliminares de um ensaio clínico que apontou uma eficácia na redução do risco de hospitalização por Covid superior a 65%, quando comparada ao tratamento padrão sozinho.

Recentemente, no fim de março, a diretoria colegiada da Anvisa aprovou também o uso emergencial da Paxlovid, a pílula da Pfizer para a Covid-19.

A pílula é composta por comprimidos de nirmatrelvir e ritonavir, sendo indicada para o tratamento da Covid-19 em adultos que não requerem oxigênio suplementar e que apresentam risco aumentado de progressão para a forma grave da doença.

Notícias ao Minuto Brasil – Brasil
Read More

COMPARTILHE!