Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Ciclone extratropical deve causar fortes chuvas no Sul do Brasil

Ciclone extratropical deve causar fortes chuvas no Sul do Brasil
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

MARIANE RIBEIRO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A formação de um ciclone extratropical deve causar chuvas intensas e volumosas, com raios e ventos fortes, na primeira semana de maio na região Sul do Brasil.

Segundo os meteorologistas, o fenômeno atingirá, principalmente, os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e trará grandes riscos de alagamentos, deslizamentos, quedas de barreiras em estradas e problemas causados pelo vento, como queda de árvores, interrupção no fornecimento de energia e destelhamento.

O ciclone, que se formou entre a Argentina e o Paraguai e que se encaminha para o Sul do país, produzirá circulação de ventos em vários níveis da atmosfera, que causarão a formação de um grande acúmulo de nuvens carregadas entre o sul de Santa Catarina e o nordeste do Rio Grande do Sul, de acordo o Climatempo.

A previsão do MetSul Meteorologia aponta que a segunda-feira (2) deve ter intensificação das chuvas no norte gaúcho. Já na terça (3), na quarta (4) e na quinta (5), as chuvas devem ser de forte a muito intensas, acompanhadas por ventos fortes.

Segundo o Climatempo, as regiões serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, assim como os litorais do norte gaúcho e do sul catarinense, devem registrar alto volume de chuva acumulado.
“Entre os dias 3 e 5 de maio essas regiões podem alcançar valores entre 200 mm e 300 mm, o que poderá significar o dobro da média de chuva para este mês em alguns locais”, aponta a empresa de serviços meteorológicos.

As outras regiões de Santa Catarina, como a Grande Florianópolis, e a maioria dos municípios do Paraná, terão precipitações entre 100 mm e 200 mm, segundo o MetSul.

Nas áreas mais atingidas pelos efeitos do ciclone extratropical, os primeiros dias de maio devem ainda registrar intensas rajadas de vento. De acordo com o Climatempo, a expectativa é que ocorram ventos de 70 a 100 km/h, com frequência do dia 3 ao 5, mas há a possibilidade dessas rajadas chegarem a 130 km/h entre quarta (4) e quinta (5).

Os especialistas pedem que as populações dessas regiões fiquem alertas às orientações que podem vir da Defesa Civil na tentativa de evitar tragédias.

Notícias ao Minuto Brasil – Brasil
Read More

COMPARTILHE!