Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Flagra: Fiat 500e Abarth é visto e pode vir ao Brasil

Flagra: Fiat 500e Abarth é visto e pode vir ao Brasil
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

fiat 500e abarth 1

O Fiat 500e está por aí rodando na energia, porém, a Abarth prepara um equivalente “eletrizante” do tradicional modelo a gasolina, um Fiat 500e Abarth.

Na Itália, esse carrinho elétrico de alta performance foi flagrado finalmente e ainda com um detalhe marcante: trata-se do primeiro protótipo do pequeno bólido.

O Fiat 500e Abarth em questão levava na vigia lateral traseira um papel que indicava ser o protótipo número um (M 001) e o código do projeto na Fiat: 332.

BEV Abarth, significa 100% elétrico para a marca do escorpião, que este ano começa sua jornada brasileira como submarca oficial da Fiat, inclusive com rede autorizada exclusiva.

fiat 500e abarth 2

Por fora, a única coisa que chama atenção para o Fiat 500e em questão é o conjunto de rodas esportivas de tamanho considerável.

Conseguimos identificar que as rodas são de aro 17 polegadas com pneus 205/45 R17 e o conjunto dará ao Fiat 500e Abarth a estabilidade necessária para fazer curvas divertidamente.

Com freios a disco ventilados nas quatro rodas e sistema regenerativo, o Progetto 332 deve ainda considerar uma bateria robusta e um propulsor muito mais forte que o atual.

Hoje, o Fiat 500e tem 118 cavalos e 22,4 kgfm, enquanto sua bateria de 42 kWh lhe confere autonomia de 322 km.

fiat 500e abarth 3

Num Abarth 500e, o motor terá bem mais cavalos, mas ainda não se viu nada parecido na Fiat ou marcas oriundas da FCA.

O propulsor mais acessível no momento é o elétrico francês da ex-PSA, que move o Peugeot e-208, igualmente vendido no Brasil.

Com 136 cavalos e 26,5 kgfm, ele é o propulsor padrão do ramo francês da Stellantis.

fiat 500e abarth 4

Pode ser uma adição interessante para começar a conversa na Abarth, com possíveis variantes 595e e 695e de maior potência, usando propulsores novos das plataformas Small ou Medium STLA.

Já em relação à bateria, células de 50 kWh parecem admissíveis no pequenino italiano, sendo estas igualmente oriundas da França. Será assim? Veremos. Virá? Não seria ruim.

[Fonte: Cochespias]

Notícias Automotivas
Read More

COMPARTILHE!