Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

São Paulo mira classificação antecipada na Sul-Americana contra o Everton

São Paulo mira classificação antecipada na Sul-Americana contra o Everton
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O São Paulo pode garantir uma vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana com duas rodadas de antecedência se derrotar o Everton, no Chile, nesta quinta-feira, às 19h15, e torcer para o Ayacucho-PER não vencer o Jorge Wilstermann-BOL. A equipe tricolor é líder do Grupo D, com nove pontos, e apenas o primeiro colocado avança para a próxima fase.

O técnico Rogério Ceni deve mandar a campo um time misto para a partida. O lateral-direito Rafinha e o centroavante Calleri sequer viajaram com a delegação, poupados para o confronto diante do Fortaleza, pelo Brasileirão. Já os jovens Léo Silva e Luiz Henrique foram relacionados pela primeira vez na equipe principal e acompanham o time no Chile.

Rodar a equipe tem sido uma constante para muitos treinadores do futebol brasileiro, como Ceni. Conseguir a classificação antecipada pode significar poupar ainda mais jogadores nas duas partidas restantes. Já foram 26 jogos neste ano e serão, pelo menos, mais 38 (contando Copa do Brasil, Brasileirão e Copa Sul-Americana), totalizando 64. O calendário brasileiro, claro, exige muitos cuidados quanto à parte física. O Liverpool, por exemplo, está na final da Liga dos Campeões e da Copa da Inglaterra, e fará um total de 63 partidas nesta temporada.

Para sair do Chile com uma vitória, a equipe pode seguir apostando nos gols de bola aérea, que tem se mostrado uma arma importante. No início do ano, o cenário era bem diferente. Rogério Ceni foi criticado pelos excessos de cruzamentos na área e dificuldade para furar as defesas adversárias. A movimentação dos jogadores de frente melhorou, o entrosamento fluiu e, ao mesmo tempo, a equipe passou a enfrentar menos times mais postados à defesa.

No geral, o time tricolor evoluiu ofensivamente em comparação aos primeiros jogos do ano no Campeonato Paulista. A equipe não fica sem balançar a rede adversária desde a goleada sofrida para o Palmeiras por 4 a 0 na final do Paulistão. De lá para cá, foram 18 gols marcados nas últimas oito partidas, representando uma ótima média de 2,25 por jogo.

O assistente técnico francês Charles Hembert, que comandou o São Paulo na vitória sobre o Santos por 2 a 1, na última rodada do Brasileirão, reconheceu o mérito do time na bola aérea, mas disse que a equipe tem repertório ofensivo. “Tentamos sempre procurar diversificar as maneiras de fazer gols para sermos um time menos previsível possível e termos mais atributos a nosso favor”, avaliou Hembert.

Notícias ao Minuto Brasil – Esporte
Read More

COMPARTILHE!