Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Covid: pessoas a partir dos 40 anos já podem tomar 4ª dose no Rio

Covid: pessoas a partir dos 40 anos já podem tomar 4ª dose no Rio
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Começou hoje (21) na cidade do Rio de Janeiro a aplicação da segunda dose de reforço da vacina contra a covid-19 para as pessoas que tem a partir de 40 anos. É preciso esperar um intervalo de 4 meses desde o primeiro reforço para receber a quarta dose. O Ministério da Saúde liberou ontem a aplicação da quarta dose nesta faixa etária.

Para os trabalhadores da saúde, a quarta dose já está disponível para todos a partir dos 18 anos. O segundo reforço foi disponibilizado para as pessoas com 50 anos ou mais no dia 3 de junho. Até o momento, 43,3% do público alvo estimado na cidade recebeu a quarta dose, segundo os painéis da prefeitura. A terceira dose foi aplicada em 69,2% da população a partir dos 18 anos.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) esclarece também que as pessoas que receberam a dose única da Janssen no esquema básico de vacinação precisam tomar duas doses de reforço, caso tenha de 18 a 39 anos. A partir dos 40 anos, a recomendação é para receber a terceira dose de reforço, ou seja, a quarta dose. O intervalo é de 2 meses entre a dose inicial e o primeiro reforço e de 4 meses para os reforços seguintes. Podem ser utilizadas para o reforço as vacinas da Pfizer, Astrazeneca ou Janssen.

Quanto ao esquema básico de imunização contra a covid-19, ainda faltam 21% das crianças de 5 a 11 anos serem levadas para iniciar a vacinação, um total de 115,5 mil. Ao todo, 53% da população do município nessa faixa etária tomou as duas doses da vacina.

Nas últimas semanas, a SMS vem registrando aumento no número de casos da doença, assim como a Secretaria de Estado de Saúde (SES). No dia 10 de junho, a média móvel de casos na capital chegou a 2.904 e, nesta semana, ainda está acima de mil novos registros por dia. Nos meses de março e abril, a média móvel chegou a ficar abaixo de 100 casos por dia.

A taxa de positividade dos testes diagnósticos feitos na cidade chegou a 26% esta semana e no momento há 154 pessoas internadas com covid-19 na capital.

No estado, a taxa de positividade chegou a 30%, mas a requisição de leitos para internação por covid-19 continua em baixa. A média diária está em 22 para UTI e 22 para enfermaria.

Fonte: Notícias Ao Minuto
Artigo extraído do site www.noticiasaominuto.com.br

COMPARTILHE!