Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Custeio mensal do milho tem nova alta em Mato Grosso, indica IMEA

Custeio mensal do milho tem nova alta em Mato Grosso, indica IMEA
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O custeio mensal da safra 2022/23 ficou em R$ 3.585,06/hectare, em maio, no Estado, o que representa uma leve queda mensal de 0,38%, contudo, valorização de 12,84% frente à safra 2021/22. “A alta se deve a forte influência do acréscimo nos preços dos macronutrientes, uma vez que durante esse período, o KCl , MAP e a ureia tiveram um avanço de 43,79%, 43,38% e 41,36%, respectivamente, em suas cotações”, aponta o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) no boletim semanal do milho.

“Isso se deve, principalmente, à crise energética chinesa no fim de 2021, o que desfalcou a oferta de fertilizantes no mercado, bem como ao estopim dos conflitos entre a Rússia e a Ucrânia, que vem dificultando o escoamento desses produtos para exportação e impactando diretamente na oferta mundial”, acrescenta

Com o preço ponderado do milho em maio da safra 22/23 em R$ 65,23/saca, a relação de troca do MAP ficou em 95,70 sc/t, KCl em 85,39 saca/tonelada e ureia em 71,16 saca/tonelada, alta de 27,47%, 66,92% e 20,92%, respectivamente, se comparado com a safra passada do cereal.

Agronotícias – Só Notícias
Read More

COMPARTILHE!