Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Corinthians joga mal contra Atlético-GO e sai atrás nas quartas de final da Copa do Brasil

Corinthians joga mal contra Atlético-GO e sai atrás nas quartas de final da Copa do Brasil
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O Corinthians foi até o estádio Antônio Accioly, em Goiânia, e saiu atrás por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. O Timão jogou mal e perdeu de 2 a 0 do Atlético-GO, com um gol em cada tempo. Diante disso, no dia 17 de agosto, na Neo Química Arena, precisará reverter o marcador na partida de volta para avançar.

O primeiro tempo do Alvinegro foi muito abaixo do esperado, com nenhum poderio ofensivo, sem armas no meio-campo, e poucos acertos. O gol do Dragão surgiu em bela jogada pela direita e em chute de primeira de Jorginho, aos 22 minutos, que desviou em Raul.

Na segunda etapa, para além da estreia do recém-chegado Fausto Vera, o Timão pouco produziu e acabou sofrendo um golaço de Léo Pereira no final do jogo, deixando a situação mais complicada para Itaquera.

O Corinthians volta a entrar em campo neste sábado, às 19h (de Brasília), diante do Botafogo, na Neo Química Arena, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Atlético-GO visita o Flamengo no mesmo dia, no Maracanã, mas às 20h30 (de Brasília).

O jogo – O jogo começou movimentado, com o primeiro chute dos donos da casa. Aos três minutos, Marlon Freitas lançou para Jorginho, que ajeitou de cabeça para Ricardinho. O camisa 9 bateu de direita e Cássio fez a primeira defesa. Aos oito, nova defesa do camisa 12 após finalização de Wellington Rato e desvio no meio do caminho.

Perto dos 15 minutos, Marlon Freitas perdeu a bola no meio de campo para Maycon, que tentou puxar o ataque ao tocar para Yuri Alberto, mas o centroavante foi travado. Pouco depois, Willian lançou para Piton, que tocou para Róger Guedes, mas novamente a defesa chegou.

Depois de um breve momento melhor, o Timão, porém, acabou vazado após uma bela jogada do Dragão. Marlon Freitas lançou para Dudu, na direita, que cruzou e Jorginho chutou de primeira. A bola desviou em Raul e enganou Cássio, entrando devagarinho no gol.

A resposta tentou acontecer na sequência, quando Yuri Alberto fez uma boa jogada pela direita e cruzou, mas a bola acabou desviada. Foi somente aos 38 minutos que o Corinthians tentou outra finalização, com Willian, de longa distância, pela direita, que ficou facilmente nas mãos de Ronaldo.

Já quase nos acréscimos, Maycon sofreu uma falta perigosa na entrada da área, praticamente na única chance clara para o Corinthians no primeiro tempo. Na cobrança, Róger Guedes parou na barreira.

Buscando consertar os principais problemas apresentados, Vítor Pereira promoveu as entradas de Giuliano e Adson nos lugares de Du Queiroz e Róger Guedes já no intervalo. No primeiro minuto, Giuliano deixou para Yuri Alberto na direita, cortou o marcador, mas não conseguiu chutar. Na sobra, o camisa 11 foi bloqueado.

Mais ligado, o Alvinegro seguiu tentando se infiltrar na defesa adversária, porém, aos sete minutos, foi o Atlético quem chegou novamente e quase ampliou o marcador. Peglow tabelou na esquerda, deixou Gil para trás e cruzou rasteiro para Jorginho, na área, que chutou raspando na trave.

Aos 18 minutos, em outro contra-ataque, Jorginho mandou para Wellington Rato nas costas de Gil, que cruzou para Marlon Freitas. O camisa 8 chutou por cima do gol. A resposta veio pouco depois: Willian carregou a bola pela lateral esquerda e passou para Giuliano, que chutou cruzado perto do gol.

O Dragão chegou com perigo novamente aos 25 minutos, quando Jefferson recebeu a bola na esquerda e cruzou na área. Wellington Raton chegou por trás da zaga, mas não conseguiu chutar. Aos 30 minutos, Raul Gustavo sentiu dores na virilha e precisou ser substituído por Balbuena.

O jogo seguiu truncado para o Corinthians, sem conseguir criar e nem ser agressivo no ataque, além de sofrer com contra-ataque adversário. Aos 38 minutos, Hayner conseguiu escanteio, tirando pela defesa. Willian correu com a bola para o campo de ataque, mas acabou cometendo falta. Pouco depois, o camisa 10 cruzou e Adson subiu para cabecear, mas a bola foi para fora.

Já partindo para o final do duelo, Léo Pereira recebeu a bola na esquerda e, na entrada da área, dominou e chutou bonito por cima de Cássio, quase na gaveta. O resultado permite que o Atlético-GO perca por um gol de diferença em Itaquera que ainda assim avança para a próxima fase.

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/category/agronoticias
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!