Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Falta de espaço em armazéns de Mato Grosso segue influenciando na comercialização da soja

Falta de espaço em armazéns de Mato Grosso segue influenciando na comercialização da soja
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

A falta de espaço nos armazéns de Mato Grosso continua influenciando na comercialização da soja. As vendas da safra 2021/22, mês passado, avançaram 3,41 pontos percentuais ante a maio, negociando 82,08% da produção. A evolução nas negociações só não foi maior devido ao recuo de 1,09% no preço médio da oleaginosa em jun-22, precificado em R$ 164,49/saca no Estado, pautado pela desvalorização da soja em Chicago (EUA).

Para a safra 2022/23, a comercialização praticamente não avançou no mês de jun-22, ampliação mensal de apenas 0,98 ponto percentual chegando a 25,35% da produção negociada. Os altos patamares dos fertilizantes (relação de troca desfavorável) e as incertezas quanto à produção ainda limitam o avanço das negociações, que apresentam atraso de
9,23 pontos percentuais  ante a safra passada. No entanto, com o avanço do dólar no mês de junho, o preço médio da soja em Mato Grosso valorizou 1,07% no comparativo mensal, alcançando a média de R$ 153,51/saca.

A informação é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), no boletim semanal da soja, divulgado ontem à tarde.

Agronotícias – Só Notícias
Read More

COMPARTILHE!