Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Santos vence clássico na Vila, mas Corinthians avança às quartas da Copa do Brasil

Santos vence clássico na Vila, mas Corinthians avança às quartas da Copa do Brasil
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O Corinthians está classificado para as quartas de final da Copa do Brasil de 2022. Na noite desta quarta-feira, pelo jogo de volta das oitavas, o Santos até venceu o Timão por 1 a 0, na Vila Belmiro, mas não foi o suficiente para reverter a vantagem construída pela equipe de Vítor Pereira na ida.

No primeiro embate, na Neo Química Arena, o clube do Parque São Jorge goleou o Alvinegro Praiano por 4 a 0. No agregado, portanto, o placar ficou 4 a 1 para o time da capital.

O clássico desta noite ficou marcado por uma enorme confusão após o apito final. Alguns torcedores do Santos invadiram o gramado e partiram para cima de jogadores do Corinthians. O goleiro Cássio chegou a ser agredido duas vezes. Enquanto isso, diversas bombas foram atiradas.

Agora, o Corinthians espera o sorteio da CBF, marcado para a próxima terça-feira, para saber quem será o seu adversário na próxima fase do torneio.

Já o Santos volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O time volta a campo no sábado, às 19 horas (de Brasília), quando visita o Avaí, pela 17ª rodada. No mesmo dia, mas às 21 horas, o Timão encara o Ceará, na Arena Castelão.

O jogo – A primeira etapa foi bem morna na Vila Belmiro. Atuando diante de seus torcedores, os anfitriões tentaram partir para cima nos primeiros minutos. O time, no entanto, encontrou muitas dificuldades para encontrar espaços na forte marcação rival e ser perigoso.

Dessa forma, a primeira finalização do clássico saiu apenas aos 22 minutos. Ângelo recebeu pela direita, cortou para o meio e bateu rasteiro pelo lado. Aos 27, Marcos Leonardo subiu mais que a defesa após cobrança de escanteio e obrigou Cássio afazer grande defesa.

Do outro lado, o Corinthians só assustou aos 34 minutos. Adson enfiou bom passe para Róger Guedes, que ganhou de Maicon na corrida, foi até a linha de fundo e, mesmo sem ângulo, tentou a finalização. A bola morreu na rede pelo lado de fora.

Na volta do intervalo, o jogo seguiu no mesmo ritmo. O Santos começou dominando a posse de bola e buscando encontrar espaços na defesa corintiana,. Os donos da casa, entretanto, seguiram com muitas dificuldades para acertarem o último passe.

Enquanto isso, o Timão apostava nos contra-ataques. E a primeira boa chance da etapa final foi justamente dos visitantes. Com 12 minutos, Mosquito pegou a sobra após cobrança de escanteio e devolveu para a área. A bola caiu nos pés de Gil, que dominou e bateu com muito perigo.

Instantes depois, Giovane teve uma chance de ouro de abrir o placar. O garoto recebeu ótimo lançamento e saiu cara a cara com João Paulo, mas bateu para fora.

E o tento perdido acabou custando caro. Isso porque, logo na sequência, o Peixe abriu o placar. Com 21 minutos, Marcos Leonardo recebeu em profundidade e foi derrubado por Cássio na área. O árbitro, então, marcou pênalti. O próprio atacante assumiu a responsabilidade e converteu a cobrança.

O Alvinegro Praiano seguiu rondando a área do Corinthians em busca de mais tentos. Com o relógio marcando 37 minutos, porém, o clima esquentou no gramado. Raul Gustavo e Marcos Leonardo se desentenderam e geraram uma grande confusão. Imediatamente, a torcida santista se inflamou nas arquibancadas e passou a atirar sinalizadores no campo. Os jogadores visitantes, então chegaram a ir para o banco de reservas, mas logo voltaram.

Após cerca de cinco minutos de paralisação, a bola enfim voltou a rolar no Urbano Caldeira. Nos instantes finais, os mandantes seguiram pressionando, mas não foi o suficiente para reverter a vantagem do Timão.

Acesse o artigo original em > sonoticias.com.br
Fonte: Só Notícicas

COMPARTILHE!