Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Corinthians faz lição de casa, vence RB Bragantino e mantém quarta posição no Brasileirão

Corinthians faz lição de casa, vence RB Bragantino e mantém quarta posição no Brasileirão
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

O Corinthians superou o frio e também o RB Bragantino na noite desta segunda-feira, na Neo Química Arena, em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0 garantiu o Timão na quarta posição da tabela, agora com 42 pontos, oito atrás do líder Palmeiras. O time de Bragança segue na 11ª posição, com 31.

Mesmo com a temperatura baixa em Itaquera, o jogo foi quente dentro de campo, com chances para ambas as equipes, mas mais para os donos da casa, que se mantiveram em marcação alta durante todos os 45 minutos e chegaram ao gol merecidamente com Gustavo Mosquito. O Massa Bruta foi perigoso principalmente com Hyoran e Artur.

Na etapa complementar, Du Queiroz acertou um chute na trave e Yuri Alberto parou no goleiro Cleiton após bom contra-ataque. No final do jogo, o Bragantino pressionou e teve três chances claríssimas, duas delas defendidas por Cássio.

Agora, o Corinthians tem uma semana inteira de trabalhos até seu próximo compromisso, no domingo, às 16h (de Brasília), diante do Internacional, também em Itaquera. Já o RB Bragantino receberá o líder Palmeiras um dia antes, às 19h (de Brasília), no Nabizão.

O jogo – Os donos da casa começaram quentes em suas investidas no ataque, primeiro em belo lance de Gustavo Mosquito, na direita. Ele cruzou para Yuri Alberto, mas a zaga tirou. No rebote, Renato Augusto serviu Róger Guedes, mas o atacante chutou em cima da marcação.

Com marcação alta, o Timão seguiu tentando, em contra-ataque com Du Queiroz, que carregou a bola pela lateral, mas cruzou mal. Pouco depois, Renato cobrou escanteio e Fausto cabeceou. Os jogadores pediram toque de mão, mas o árbitro mandou seguir.

A primeira chegada do Massa Bruta foi aos seis minutos, em chute de Hyoran, longe do gol de Cássio. Du, novamente pela direita, recebeu e carregou a bola, mas foi calçado por Raul, que acabou amarelado no lance.

Aos 14 minutos, o Braga foi para cima em lançamento de Artur para Carlos Eduardo, mas o impedimento foi marcado. Ainda assim, Cássio garantiu a defesa. Aos 19, Artur recebeu na frente da área e bateu por cima do gol.

A resposta veio em belo passe de Fagner para Du, que se infiltrou na área e cruzou para Yuri Alberto, mas o camisa 9 furou. Quase na sequência, os visitantes tiveram sua melhor chance, com Hyoran, que partiu pelo lado direito e passou para Artur, que deixou Piton para trás e chutou rasteiro, raspando na trave.

A resposta veio depois, quando Du Queiroz driblou Raul e passou para Mosquito, que entrou na área e cruzou, mas Lucas Evangelista tirou, levando perigo para sua própria meta.

O Timão seguiu tentando, alçando a bola em sua área de ataque, mostrando mais entrosamento entre seus jogadores. Até que, aos 31 minutos, Róger Guedes chutou na esquerda, a bola desviou e sobrou para Gustavo Mosquito do outro lado. Ele finalizou tranquilamente na lateral da rede para abrir o marcador na Arena.

Na jogada seguinte, Lucas Evangelista encontrou um ótimo passe para Carlos Eduardo dentro da área, que finalizou, mas Cássio evitou o gol adversário. O impedimento foi marcado na sequência. Aos 41, Artur conseguiu um cruzamento mirando Carlos Eduardo, mas o goleiro espalmou antes. Já partindo para o final, Du Queiroz carregou a bola pela direita e arriscou o chute, que saiu do lado de fora da rede.

Fábio Santos entrou no lugar de Lucas Piton, que sentiu após uma dividida no primeiro tempo. O Massa Bruta chegou aos cinco minutos, quando Ramires avançou e passou para Hyoran, mas o camisa 10 pegou mal na bola.

O Timão teve uma ótima chance aos 12 minutos, quando Róger Guedes inverteu rasteiro para Du Queiroz, que chegou batendo e a bola foi no travessão. Pouco depois, Balbuena lançou, Renato ajeitou de cabeça e Yuri Alberto correu por todo o campo, mas chutou em cima do goleiro Cleiton.

Aos 17, em cruzamento certeiro após jogada ensaiada de escanteio, Alerrandro cabeceou e Cássio caiu para fazer a defesa no meio do gol. Pouco depois, falta perigosa para o Massa Bruta na frente da área, mas Luan Cândido mandou na barreira. O jogo ficou mais perigoso para o Timão, que já não encontrava tantos espaços para chegar ao campo de ataque adversário.

Em boa tabela, Fábio Santos passou e recebeu de Róger Guedes, tocou para o meio da área e, vindo de trás, Fausto pegou muito embaixo da bola e mandou por cima do gol. O jogo ficou mais truncado, mas, aos 33, em roubada de bola no campo de ataque, Ramiro chutou para grande defesa de Cleiton.

Aos 40 minutos, o Bragantino seguiu pressionando e descolou um cruzamento para dentro da área, tirado por Fábio Santos. Um minuto depois, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Artur na direita, que chutou cruzado, bem perto do ângulo.

O Braga seguiu em cima e, já no finalzinho, Cássio apareceu e garantiu o resultado em duas ótimas defesas em cabeçadas quase seguidas de Luan Cândido.

Fonte: https://www.sonoticias.com.br/category/agronoticias
Artigo extraído do site Só Notícias

COMPARTILHE!