Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

EUA decretam emergência de saúde pública por varíola dos macacos

EUA decretam emergência de saúde pública por varíola dos macacos
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

WASHINGTON, EUA (FOLHAPRESS) – A varíola dos macacos é uma emergência nacional de saúde pública nos Estados Unidos, decretou o governo Joe Biden nesta quinta-feira (4).

O decreto de emergência, anunciado pelo secretário de Saúde, Xavier Becerra, na prática libera verbas de emergência e dá às agências federais a possibilidade de fazer contratações emergenciais de funcionários, vacinas e remédios.

De 18 de maio até agora, os EUA somam 6.617 casos confirmados da doença, sem nenhuma morte. A decisão vem depois que os estados de Nova York, Califórnia e Illinois, onde ficam as três maiores cidades do país, declararam emergência nos últimos dias. Esses três estados concentram 46% dos casos confirmados nos EUA, seguidos de Texas, Flórida e Geórgia.

“Estamos preparados para elevar nossa resposta ao vírus a outro nível, e clamamos que cada americano leve a varíola dos macacos a sério”, disse Becerra a jornalistas.

Há uma preocupação quanto a quantidade e disponibilidade de vacinas no país. Só há um imunizante autorizado pela FDA, o órgão equivalente à Anvisa, e o governo anunciou na última semana que distribuiria 1,1 milhão de vacinas, o equivalente para imunizar 550 mil pessoas –o que tem provocado críticas de que o governo Biden não tem feito esforços suficientes para aumentar a oferta.

A Casa Branca diz ainda que tem capacidade para fazer 80 mil testes da doença por semana.

Segundo o portal Our World in Data, da Universidade de Oxford, até quarta-feira (4), foram confirmados 26.073 casos de varíola dos macacos em 83 países. A doença já é considerada emergência global em saúde pela OMS desde 23 de julho.

Apesar de elogios da área da saúde, que pressionava Biden pelo decreto de emergência nacional, o ato desta quinta-feira pode trazer certo constrangimento político ao democrata, que também faz pressão para o governo para declarar a violência armada e o acesso ao aborto como emergências de saúde pública.

A varíola dos macacos é causada por um vírus do gênero orthopoxvirus. Os sintomas iniciais da doença são principalmente dores no corpo, febre, mal-estar e cansaço. Depois, os doentes apresentam lesões no corpo em formato de bolhas.

Em maio, quando ocorreu a disseminação do patógeno em regiões não endêmicas (até então, era um vírus endêmico na África central e ocidental), como na Europa e nos Estados Unidos, que o alerta disparou pelo mundo.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/rss/mundo
Artigo extraído do site Notícias Ao Minuto

COMPARTILHE!