Bem-vindo(a). Hoje é - Alta Floresta - MT
Anúncio Anúncio

Maior serpente venenosa: Bombeiros capturam Surucucu-pico-de-jaca na avenida do aeroporto em Alta Floresta

Maior serpente venenosa: Bombeiros capturam Surucucu-pico-de-jaca na avenida do aeroporto em Alta Floresta
Nos siga no Instagram para receber as notícias em primeira mão!

Na noite do dia 09/09/2022, às 19h53, a Central de Registro de Solicitações de Ocorrências da 7ª CIBM recebeu ligação de um homem informando ter visto uma cobra surucucu-pico-de-jaca na Avenida do Aeroporto, na região conhecida como Lago da C.

Uma equipe de militares foi despachada para o local e, ao sair, o solicitante fez novo contato telefônico informando que a serpente havia adentrado na mata que fica às margens da avenida.

Entretanto, a equipe de atendimento prosseguiu para o local, encontrando o solicitante e sua esposa subindo a Avenida do Aeroporto, sentido Centro, tendo reportado à guarnição o local onde a cobra foi vista entrar na área de mata.

Assim, foi-se ao local, e por meio de averiguação na margem da mata, com a utilização de lanterna, encontrou-se o animal que estava há alguns metros da margem da avenida, porém dentro da área de vegetação.

Fazendo-se a utilização de um gancho de manejo de ofídios e um pinção, a serpente foi retirada do local onde estava e colocada na margem da pista, com uma relativa dificuldade, devido ao seu porte e às características do local em que se encontrava, um declive já dentro da mata, fazendo-se a sinalização do local, considerando a passagem de pessoas que costumeiramente praticam corrida e fazem caminhada nesta avenida.

Constatou-se ser uma cobra da família Viperidae, da espécie Lachesis muta, que é popularmente conhecida como surucucu-pico-jaca, bico de jaca, surucutinga, dentre outras denominações populares, compreendendo um dos gêneros de serpentes brasileiras que são peçonhentas, isto é, possuem mecanismo de inoculação de peçonha para predar seu alimento ou como meio de defesa. A pico de jaca capturada é uma fêmea com um tamanho aproximado de 02 metros.

Considerando que o município de Alta Floresta possui fragmentos de floresta do bioma amazônico no entorno da cidade e até mesmo circundando alguns bairros, bem esporadicamente esta espécie de serpente Lachesis muta costuma ser encontrada, sendo que já houve outros registros de aparecimento da surucucu-pico-de-jaca na região em que foi encontrada esta última serpente.

Deste modo, o Corpo de Bombeiros Militar alerta a população que frequenta a Avenida do Aeroporto para realizar caminhadas, correr, andar de bicicleta, dentre outras atividades, que há uma relativa incidência da Lachesis Muta na reduzida área florestal das proximidades do Lago da C, sabendo-se que a Prefeitura da cidade fez a colocação de placas de alerta nesta avenida quanto ao risco de acidente ofídico.

Os acidentes ocorrem porque as vítimas não percebem a presença destas serpentes e se aproximam demasiadamente. Por isso, quando se está em seu habitat, deve-se ter atenção redobrada, além de se estar devidamente calçado, com botas de cano alto ou perneiras de couro, botinas, sapato fechado, uma vez que, a maioria dos acidentes (cerca de 80%) ocorrem nos membros inferiores (pés e pernas).

Fonte: Assessoria do Corpo de Bombeiros

COMPARTILHE!